conecte-se conosco


Entretenimento

Viúva de Roberto Bolaños fica chocada com o fim do “Chaves” no SBT

Publicado


source

Florinda Meza, viúva de Roberto Gómez Bolaños, falou sobre o que acha do fim da parceria do SBT com a Televisa, que fez com que “Chaves”, “Chapolin” e “Chespirito” deixassem de ser exibidos no Brasil.

Florinda Meza, Roberto Bolaños
Reprodução/Instagram/SBT

Florinda Meza e Roberto Bolaños


“Minha opinião sobre que se deixe de transmitir o programa Chespirito? Ainda que eu não tenha nada a ver porque, inexplicavelmente, eu não fui convocada para as negociações, acredito que justo agora, quando o mundo mais precisa de diversão, fazer isso é uma agressão às pessoas. Além do mais, vai contra seus próprios interesses comerciais, porque, neste momento, queremos ver tudo que nos faça lembrar de um mundo que foi melhor. Chespirito já é um programa cultuado. É parte do DNA dos latinos, o levamos na memória genética. Pretender eliminá-lo do nada é uma medida pouco inteligente”, começou ela.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Sikêra Jr é condenado a pagar R$ 30 mil por chamar trans de “raça desgraçada”

Publicado


source

Mais uma polêmica para a conta de Sikêra Jr. O apresentador da RedeTV! foi condenado a pagar R$ 30 mil reais por ter ofendido a modelo Viviany Belboni, de acordo com o colunista Rogério Gentile da Folha de S. Paulo. A modelo é trans e ficou famosa por performar na Parada LGBTQI+ de São Paulo vestida de Jesus Cristo. 

sikêra jr e viviany belboni
Reprodução/Instagram

Sikêra Jr é condenado a pagar R$ 30 mil de indenização

Durante um programa, Sikêra Jr noticiava um crime cometido por duas lésbicas e usou uma foto de Viviany para ilustrar a matéria, sendo que ela não tinha nenhuma relação com o que havia acontecido. Além disso, o apresentador ainda se referiu a ela como “lixo”, “bosta” e “raça desgraçada”. 

Segundo a defesa do apresentador do “Alerta Nacional”, ele “apenas emitiu opinião sobre movimentos que, como a Parada Gay e seus adeptos, tratam com chacota os símbolos do cristianismo”. “Ao sair desfilando vestida de Jesus Cristo, deveria ter previsto que tal manifestação chocaria a sociedade”, declarou a advogada do funcionário da RedeTV!, Viviane Barros Vidal.

O juiz Sidney da Silva Braga foi responsável pela decisão favorável à modelo. “O fato de a autora ser artista reconhecida não autoriza que possa ter sua imagem exposta sem autorização e ser chamada de ‘raça desgraçada’ em contexto de crítica à prática de um crime que com ela não tem qualquer relação”, justificou o magistrado. Sikêra Jr ainda pode recorrer.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas