Connect with us

Agro Veracidade

Vazio sanitário da soja termina neste sábado (15) em Mato Grosso

Publicado em

Defesa Agrícola

Vazio sanitário da soja termina neste sábado (15) em Mato Grosso

Produtores rurais do estado estão autorizados a iniciar a semeadura a partir deste domingo


Lucas Ninno

13/09/2018

Os agricultores de Mato Grosso estão autorizados a plantar soja a partir do dia 16 de setembro. É que no sábado (15) termina o vazio sanitário no estado, período de 90 dias em que é proibida a existência de plantas vivas de soja nas lavouras.

Segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), a estimativa é de uma produção de 32,3 milhões de toneladas da oleaginosa, cultivados em 9,5 milhões de hectares no estado.

De acordo com o gerente de Defesa Agrícola da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Daniel Pasculli, o plantio não começará massivamente após o final do Vazio Sanitário. “O tempo ainda está seco na maioria das regiões do estado e é preciso aguardar a regularização das chuvas”, diz.

Pasculli reforça que os agricultores precisam se ater, no início da safra, à qualidade das sementes que estão chegando às propriedades rurais. “As condições de transporte e armazenagem das sementes na fazenda são fundamentais para manter a qualidade até a hora da semeadura”, afirma.

A Aprosoja desenvolve o programa Semente Forte, que tem o objetivo de coletar sementes, dentro das especificações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), para fazer um levantamento de qualidade do insumo que está chegando na propriedade e, também, fazer uma orientação de como deve ser armazenada. O produtor rural que quiser entender mais sobre o programa pode entrar em contato com a gerência de Defesa Agrícola, pelo e-mail [email protected].

 

 

 

 

Fonte: Ascom Aprosoja


Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215

Email: [email protected]

Comentários Facebook
Advertisement

Agro Veracidade

ALGODÃO/CEPEA: Preços sobem com força e se aproximam dos R$ 6,30/lp

Published

on

Cepea, 17/8/2022 – Os preços do algodão em pluma voltaram a registar alta nos últimos dias, impulsionados pela posição firme de vendedores. De acordo com colaboradores do Cepea, esses agentes vêm disponibilizando baixos volumes de pluma no spot, especialmente de lotes de melhor qualidade, dando prioridade ao cumprimento de contratos a termo. Além disso, as recentes e fortes elevações na Bolsa de Nova York (ICE Futures) e da paridade de exportação também reforçaram os aumentos no Brasil. Do lado comprador, indústrias adquirem o necessário para seguir com suas atividades e ainda têm dificuldades em acordar preço e qualidade. Já comerciantes buscam fazer novas aquisições para cumprir com suas programações e/ou realizar negócios “casados”. Nesse cenário, de 9 a 16 de agosto, o Indicador CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, subiu expressivos 4,1%, fechando a R$ 6,2962/lp nessa terça-feira, 16. Na parcial do mês, o Indicador acumula alta de 5,15%. Na primeira quinzena de agosto (até dia 15), o preço no Brasil ficou, em média, 14,6% superior à paridade de exportação. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas