Connect with us

Tecnologia

Urnas eletrônicas serão fiscalizadas pela Anatel no segundo turno das eleições

Publicado em


Segundo equipe de técnicos da Anatel, envio de dados das urnas eletrônicas para o TSE transcorreu normalmente ontem
Nelson Jr./ ASICS/ TSE

Segundo equipe de técnicos da Anatel, envio de dados das urnas eletrônicas para o TSE transcorreu normalmente ontem

A Agência Nacional de Telecomunicações confirmou que as urnas eletrônicas utilizadas nos dois turnos das eleições para presidente e governador (em 13 estados e DF) serão fiscalizadas, assim como ocorreu no pleito do último domingo (7).

Leia também: TSE troca 1.695 urnas eletrônicas; em SP, urna sugeriu voto nulo para presidente

De acordo com os responsáveis pela fiscalização da Anatel, não houve nenhum problema com as urnas eletrônicas 
na votação desse domingo no tocante ao funcionamento das redes utilizadas na transmissão dos dados das urnas de todo o Brasil para o sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O coordenador de fiscalização de serviços da Gerência de Fiscalização, Alexandre Ataíde, e o servidor José Maria da Cruz, da Unidade Operacional do Distrito Federal, estiveram a postos no centro de monitoramento do TSE, em Brasília, para garantir a resolução, pelas prestadoras, de qualquer problema ou interrupção no funcionamento das redes, garantindo o melhor funcionamento da tecnologia.

Leia também: Em discurso após resultado do 1º turno, Bolsonaro fala em fraude nas eleições

Empresas de telecomunicações viram funcionamento de urnas eletrônicas


1.695 urnas eletrônicas foram substituídas nas eleições de primeiro turno no País
Divulgação/Polícia Militar Santa Catarina

1.695 urnas eletrônicas foram substituídas nas eleições de primeiro turno no País

Representantes de diferentes empresas de telecomunicações
, tais como Vivo, Oi, Claro e Embratel estiveram presentes. Nos estados, os responsáveis pelas Gerências Regionais e Unidades Operacionais da Anatel ficaram disponíveis em caso de necessidade de ação local junto às unidades do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Antes das eleições, a Anatel
emitiu ofícios a outros órgãos para garantia da plena transmisão de dados das urnas para que fossem realizadas as apurações. A interação com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), o Exército e outros departamentos buscou evitar a realização de obras que pudessem danificar a infraestrutura das redes prestadoras de serviço.

Leia também: Em discurso após resultado do 1º turno, Bolsonaro fala em fraude nas eleições

A Justiça Eleitoral teve que substituir 1.695 urnas eletrônicas
– 0,33% – em todo o País, de acordo com boletim divulgado pelo TSE e as agência regulamentadoras que trabalham no processo já se preparam para o segundo turno, marcado para 28 de outubro. As informações são do portal da Anatel.

Comentários Facebook
Advertisement

Tecnologia

Xiaomi lança Redmi Note 9S no Brasil com bateria que dura dois dias

Published

on


.
Redmi Note 9S arrow-options
Reprodução

Xiaomi lança Redmi Note 9S


A Xiaomi anunciou o Redmi Note 9S no Brasil nesta segunda-feira (20) em um evento online. O smartphone intermediário chega ao país custando a partir de R$1799 em pré-venda, valor competitivo para as especificações interessantes que o dispositivo traz. 

Um dos maiores chamativos do modelo é o conjunto de quatro câmeras traseiras, com lente principal de 48MP. As demais lentes são uma macro, uma ultra-wide e um sensor de profundidade. 

Isso permite que o Redmi Note 9S produza fotografias tanto com campo mais aberto quanto de objetos bastante próximos com qualidade. Além disso, o smartphone consegue entregar efeitos queridos pelos usuários, como o modo retrato com fundo desfocado. 

Uma novidade da câmera do smartphone é que ela tem um modo de digitalização de documentos, que otimiza as imagens. Além disso, a Google Câmera, que melhora imagens, já vem integrada ao dispositivo.

Leia também: Celular da Xiaomi roda Windows 10; confira

Já a câmera frontal é de 16MP. Bons recursos estão presentes no modo selfie , como o efeito retrato, a foto panorâmica, vídeos em câmera lenta e full HD. A lente frontal fica localizada em um pequeno notch em formato de círculo no topo da tela, otimizando o espaço.

Bateria poderosa 

Outra especificação interessante do Redmi Note 9S é a bateria poderosa. Com 5020 mAh, a promessa é de que o smartphone tenha autonomia de até mais de dois dias, dependendo da frequência de uso. Além disso, o carregamento rápido suporta 18 watts. 

A respeito do processamento, o Redmi Note 9S vem com chipset Snapdragon 720G de oito núcleos. O processador gamer permite que o celular rode jogos com tranquilidade. O aparelho tem opções com 4GB e 6GB de memória RAM. Também há duas opções de armazenamento interno, com 64GB ou 128GB.

Leia também: Xiaomi lança boné inteligente contra a calvície

O celular é lançado com Android 10 , e a versão da interface adaptada da Xiaomi é o MIUI 11.

O modelo

O Redmi Note 9s é a versão global do Redmi Note 9 Pro, lançado no início de março da Índia. O lançamento global do modelo aconteceu no dia 23 de março e, agora, ele desembarca no Brasil. 

O smartphone tem especificações intermediárias premium e chega ao país com a expectativa de agradar pelo bom custo-benefício. Esse é justamente o motivo pelo qual a Xiaomi tem ganhado bastante destaque por aqui, com seus modelos intermediários ocupando o topo das listas de celulares mais buscados. 

O Redmi Note 9S chega com 6,67 polegas e proteção de Gorila Glass 5 na parte frontal e traseira, incluindo as câmeras. O debloqueio da tela pode ser feito por reconhecimento facial ou por impressão digital – o sensor fica localizado na lateral direita do aparelho, prometendo mais conforto.

Leia também: Celular da Xiaomi explode e empresa culpa usuário

O celular começa a ser vendido no Brasil em duas versões. A pré-venda já começou e vai até às 23h de hoje (20) ou enquanto durarem os estoques. A venda posterior não tem data para começar. O modelo com 4GB de RAM e 64GB de armazenamento vai custar R$2799 (ou R$1799 para quem comprar hoje), enquanto a versão com 6GB de RAM e 128GB de memória será vendida por R$2999 (ou R$1999 para quem comprar hoje). Ambos estão disponíveis nas cores branco glacial, azul aurora e cinza interestelar.

Especificações completas do Redmi Note 9S

  • Tamanho: 6,67 polegadas
  • Resolução da tela: 1080 x 2400
  • Proteção: Gorilla Glass 5
  • Cores: Branco glacial, azul aurora e cinza interestelar
  • Sistema operacional: Android 10, MIUI 11
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 720G
  • Memória RAM: 4GB/6GB
  • Armazenamento interno: 64GB/128GB
  • Bateria: 5020 mAh
  • Câmera frontal: 16MP
  • Câmera traseira: Sensor principal de 48 MP; Sensor secundário de 8 MP (ultra-wide 190º); Sensor de 5 MP (Macro) Sensor de 2 MP (profundidade)
Fonte:

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas