conecte-se conosco


Tecnologia

Urnas eletrônicas apresentam falhas de segurança

Publicado

Olhar Digital

urna eletrônica arrow-options
Nelson Junior/ASICS/TSE/Dedoc

Testes mostram falha de segurança em urnas eletrônicas


De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ), investigadores responsáveis pela realização de testes de segurança no sistema eletrônico de votação , encontraram duas vulnerabilidades de sistema em urnas eletrônicas.

Realizado periodicamente com o objetivo de encontrar problemas de segurança , o teste permite que as falhas sejam corrigidas antes do período de votação. Ainda de acordo com o TSE, os problemas apontados não oferecem ameaça à segurança da votação.

Por enquanto, o registro das vulnerabilidades foi encaminhado para um time de técnicos da Justiça Eleitoral para que elas sejam corrigidas. Após esse procedimento, as urnas serão submetidas a uma nova rodada de testes.

Leia também: Biometria: TSE permite que eleitores registrem suas digitais por aplicativo

Giuseppe Janino, secretário de tecnologia da informação do TSE, declarou: “Houve achados importantes. Vamos trabalhar no fortalecimento dessas barreiras e vamos chamá-los novamente para testar a eficácia. O sistema vai para a eleição muito mais fortalecido”.

Como são os testes?

Neste ano, cinco grupos e três investigadores individuais participaram do  Teste Público de Segurança das urnas eletrônicas , criado para aprimorar o processo eletrônico de votação. Nele, todos apresentaram um plano de ataque ao sistema de votação.

Para que os testes sejam realizados, eles têm acesso facilitado ao sistema dos equipamentos. As barreiras normalmente presentes durante as eleições são removidas completamente para que todas as hipóteses sejam avaliadas.

Leia também: Mais de 85% das eleições no mundo são influenciadas pela internet, diz pesquisa

No primeiro teste, apenas o grupo formado por peritos da Polícia Federal obteve sucesso em vencer o sistema e apontar as falhas presentes. Eles conseguiram vencer barreiras de segurança responsáveis por garantir o armazenamento de informações como o nome dos candidatos e a lista de eleitores.

Após as correções serem realizadas, a segunda parte dos testes, que novamente coloca em xeque a segurança das urnas , será realizado no dia 10 de dezembro.

Em anos anteriores, falhas também foram encontradas e posteriormente corrigidas. Essa é apenas uma das etapas de preparação para as eleições, que serão realizadas em 2020 para eleger prefeitos e vereadores de cidades de todo o Brasil.

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Isolamento social: HBO Go libera parte do catálogo de graça

Publicado


source

Olhar Digital

HBO Go arrow-options
Unsplash/Glenn Carstens-Peters

Conteúdo do HBO Go é disponibilizado gratuitamente


Com o surto do novo coronavírus (Sars-Cov-2) afetando o mundo todo, algumas empresas ligadas ao entretenimento e até plataformas de streaming tem liberado o seu acervo ou parte deles de forma gratuita. Aqui no Brasil, por exemplo, o Telecine liberou o acesso a mais de dois mil filmes por 30 dias sem a necessidade de ter uma assinatura ativa.

Por sua vez, após ter liberado o acesso ao seu acervo nos Estados Unidos, a HBO Brasil liberou uma pequena parte de seu catálogo para ser assistida sem ter que assinar o serviço ou ter um cartão de crédito cadastrado. Os títulos disponíveis de graça por tempo limitado são estes:

  • A primeira temporada completa de O negócio;
  • O primeiro episódio de Avenue 5;
  • O primeiro episódio de Euphoria;
  • O primeiro episódio de His Dark Materials;
  • O primeiro episódio de Outsider;
  • O primeiro episódio de WatchMen.

Leia também: Veja quais serviços de streaming e canais de TV estão de graça na quarentena

A HBO não informou até quando o acesso a esses seriados durará. Entretanto, assim que eles expirarem, é claro, será necessário realizar uma assinatura do serviço para continuar a assisti-los.

Como acessar a plataforma HBO Go

Apesar de ter liberado essa pequena parte de seu acervo de graça, ainda é necessário criar uma conta no HBO Go para utilizá-lo. Veja como o processo é feito usando um celular:

  1. Acesse a Google Play ou a App Store e realize o download do aplicativo HBO Go;
  2. Ao abrir o aplicativo pela primeira vez, ele pode solicitar a permissão para ser executado em segundo plano. Apenas conceda-a caso você vá realizar outras tarefas enquanto está assistindo um de seus conteúdos;
  3. Já na próxima tela, leia os seus termos de privacidade e de uso. Estando de acordo, toque em “Aceitar” para continuar;
  4. Agora, toque em “Aproveite seu teste grátis” e preencha os campos para criar sua conta;
  5. Já na tela em que ele solicita escolher um tipo de assinatura mostrando os seus valores, basta clicar em “Cancelar” e em “Aceitar” para não concluir o processo, que pedirá um método de pagamento.

Leia também: Serviços de streaming diminuem qualidade para não sobrecarregar rede de internet

A partir desse momento você já verá todo o catálogo da HBO Go , sendo que o conteúdo grátis não está separado do pago. Então, você precisará usar a busca do serviço para encontrar um dos títulos listados acima. Caso selecione um conteúdo que não está na lista acima, o serviço pedirá para completar a sua “assinatura”.

Pronto! Agora, você já sabe como aproveitar o conteúdo que está de graça durante tempo limitado na plataforma do HBO Go. Apesar de o processo mostrado ter sido feito em um celular, vale lembrar, o HBO Go também pode ser acessado pelo computador através deste link.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas