conecte-se conosco


Policial

Três suspeitos de tráfico e porte ilegal de arma de fogo são presos em Pontes e Lacerda

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Três suspeitos de tráfico de drogas e posse e porte ilegal de arma de fogo, em Pontes e Lacerda foram presos na última semana pela Polícia Civil. Os suspeitos são investigados pela Delegacia do município na Operação Progressão, realizada em outubro deste ano, para desarticular a atuação suspeitos envolvidos com tráfico doméstico e crimes contra o patrimônio.

 

Em dois endereços alvos de mandados de busca e apreensão, os policiais civis apreenderam pacotes e porções de drogas, duas armas de fogo, 79 munições de calibres 900 e 38 e quase R$ 6 mil.

Dois suspeitos, de 27 e 32 anos tiveram as prisões em flagrante convertidas em preventiva. O outro, de 18 anos, recebeu liberdade provisória da Justiça. Um deles, de 32 anos, responde por tráfico e o outro, tem passagem por homicídio, ambos na Comarca de Nova Mutum.

Com o suspeito de 18 anos foram apreendidas deenas de porções de entorpecentes, uma arma e munições.

Ao chegar em um dos endereços, no bairro Morada da Serra, os policiais notaram os suspeitos fugindo, mas logo foram detidos em uma casa na vizinhança. Um deles portava uma arma de fogo, que tentou esconder dos investigadores. Os entorpecentes, dinheiro e munições foram localizados em diferentes cômodos da casa.

 

Foram apreendidos também objetos de procedência duvidosa, televisor, caixa de som, caixa térmica, receptor de sinal de TV, chinelos novos e uma motocicleta honda.

Um dos suspeitos apresentou um documento de identificação com a foto dele, mas nome de outra pessoa. Ele responderá também pelo crime de uso de documento falso. O investigado de 27 anos saiu recentemente da prisão, em outubro.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil prende dois envolvidos em tentativa de latrocínio contra casal no distrito da Guia

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois homens envolvidos no crime de tentativa de latrocínio cometido contra um casal em uma residência no distrito da Guia em Cuiabá tiveram os mandados de prisão temporária cumpridos pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (26.01), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá.

Os suspeitos de 18 e 19 anos foram identificados como autores da tentativa de roubo seguido de morte, ocorrida na madrugada de 02 de outubro, quando equipes policiais foram acionadas por vizinhos das vítimas que relataram ter ouvidos disparos de arma de fogo, vindos da residência do casal.

No local, os policiais encontraram o portão da casa fechado e as vítimas alvejadas por disparo de arma de fogo, caídas dentro da piscina. As vítimas foram socorridas e conseguiram sobreviver aos ferimentos.

Ainda no local dos fatos, a equipe da Derf Cuiabá deu início as diligências para identificar e prender os autores do crime. Com base nas apurações, foi possível identificar dois envolvidos no crime, um deles que teria invadido a residência e efetuado os disparos e o segundo que teria dado apoio à fuga utilizando uma motocicleta.

Com base nos levantamentos, o delegado responsável pelas investigações, Henrique Trevizan, representou pela prisão temporária dos suspeitos que foram deferidas pela Oitava Vara Criminal de Cuiabá. As ordens judiciais foram cumpridas nesta quarta-feira (26) pelos policiais da Derf, sendo os suspeitos localizados no distrito da Guia. 

As investigações seguem em andamento para total esclarecimentos dos fatos e conclusão do inquérito, podendo a prisão dos suspeitos ser convertida de temporária para preventiva.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas