Connect with us

Policial

Suspeito de matar filho adolescente na Capital é preso pela Polícia Civil

Publicado em

Assessoria PJC | MT

Investigado pela lesão corporal com resultado morte que vitimou o próprio filho, um adolescente de 14 anos, em 2017, um homem foi preso pela Delegacia Especializada de Defesa da Criança e Adolescente (Deddica), na quarta-feira (10), na Capital.

A captura do suspeito se deu em cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido no mês passado pelo Judiciário, após representação da Polícia Civil.

O crime ocorreu em 26 de março de 2017, no bairro Altos do Coxipó, em Cuiabá.

Na ocasião, os pais do menor L.M.L.B, 14, afirmaram que ele havia caído da escada, o que foi afastado pelo trabalho pericial desenvolvido em conjunto com a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

No decorrer da investigação, confrontada pelos policiais sobre as contradições do que foi inicialmente informado pelos responsáveis, a mãe do menor confessou que houve uma discussão entre o casal, que o filho se aproximou, momento em que o marido desferiu um golpe (usando um pedaço de madeira). O ato ocasionou lesão medular severa, o jovem ficou em coma por alguns dias e evoluiu para óbito no dia 31 de março.

Na época dos fatos, o suspeito Manoel Francisco Barroca, 35, chegou a ser preso, mas foi liberado. O investigado nega que tenha agredido o filho e afirma que “apenas” empurrou o menor.

Em cumprimento a mandado de prisão, Manoel foi encaminhado para audiência de custódia na quinta-feira (11). O suspeito teve a prisão convertida pelo Judiciário em vigilância por tornozeleira eletrônica.

Novas oitivas serão realizadas no transcorrer do inquérito policial.

Comentários Facebook
Advertisement

Policial

Autor de homicídio em Arenápolis é preso em flagrante pelo Polícia Civil

Published

on

Um homem apontado como autor do homicídio ocorrido na noite de quarta-feira (27.07), no município de Arenápolis (258 km a médio norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante atendimento da ocorrência.

Os investigadores de Arenápolis foram informados sobre uma situação de tortura e de homicídio por meio de arma cortante, que vitimou a pessoa de José Augusto Rodrigues de Souza, 20 anos.

Imediatamente a equipe acompanhada do delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, foram até o hospital onde a vítima havia dado entrada, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Em seguida, os policiais civis foram até o local dos fatos para obterem mais detalhes acerca do ocorrido. Durante entrevista com populares foi possivel qualificar o autor do homicídio, o qual foi localizado nas proximidades, sentado em frente de uma residência.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Arenápolis, e no interrogatório assumiu o crime. Ele alegou que foi cercado por três indivíduos de uma facção rival, e passou a ser espancado com capacetes e uma mangueira, momento em que conseguiu sacar uma faca e golpeou a vítima.

Conforme o delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, os indícios apontam que o homicídio decorreu da legítima defesa, pelo fato que os três homens na função de “disciplina” dariam um salve no suspeito.

Após a confecção dos autos, o preso será apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas