conecte-se conosco


Policial

Suspeito de matar companheira é autuado por homicídio com qualificadora em feminicídio

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

O rapaz de 27 anos que matou a companheira a facadas na noite desta quinta-feira (02.04, em Cuiabá, foi autuado em flagrante por homicídio qualificado – feminicídio e uso de meio cruel. Ele foi encaminhado para unidade prisional em Várzea Grande nesta sexta-feira.

O crime ocorreu nem um condomínio no bairro Chácara dos Pinheiros na região do Coxipó. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá foi acionada sobre a ocorrência e equipes se dirigiram ao local, junto com a perícia e o Instituto Médico Legal. A vítima, Aline Gomes de Souza, 20 anos, foi encontrada morta próxima à guarita do condomínio.

De acordo com apuração, a vítima teve um desentendimento com o suspeito ainda dentro do apartamento, quando foi agredida. Ela conseguiu sair do local e correu em direção à guarita do condomínio, quando o suspeito a alcançou e desferiu golpes nas costas de Aline. Depois do crime, o rapaz fugiu em um carro branco.

Durante as diligências, com apoio da Polícia Militar, a DHPP foi informada de que o suspeito estava na região do bairro Osmar Cabral. Equipe da Delegacia de Delitos de Trânsito foi solicitada para apoiar as buscas e conseguiu localizá-lo próximo à unidade policial e prendê-lo.

Encaminhado à DHPP, o suspeito foi ouvido em interrogatório pelo delegado Marcel Gomes de Oliveira. Ele alegou que teve uma briga com a vítima, por ciúmes e que estaria arrependido.

A arma utilizada no crime foi localizada, posteriormente, pela equipe da Delegacia de Homicídios. 

O rapaz foi autuado em flagrante de acordo com o artigo 121, do Código Penal, com qualificadoras conforme estabelece o parágrafo segundo, nos incisos 3º (meio cruel) e 6º (crime contra a mulher por razões da condição de sexo feminino). A lei prevê pena para homicídio qualificado com reclusão de 12 a 30 anos.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil cumpre prisão de autor roubo a residência em Barra do Garças

Publicado


.

 Assessoria/Polícia Civil-MT

Um foragido da Justiça suspeito de participação em roubo foi preso pela Polícia Civil de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá), na tarde de quinta-feira (04.06). A prisão foi realizada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) em cumprimento a mandado de prisão preventiva, decretado pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Barra do Garças.

O suspeito foi identificado durante diligências para apurar um roubo a residência, ocorrido na cidade no início deste ano. Um casal e o filho recém-nascido foram surpreendidos pelos assaltantes quando se preparavam para dormir.

Na ocasião os criminosos ameaçaram e agrediram as vítimas durante todo o tempo em que permaneceram na residência.

Assim que foi acionada do roubo, os policiais da Derf Barra do Garças iniciaram as diligências conseguindo identificar um dos envolvidos no crime. Com base nos indícios de autoria, o suspeito teve a ordem judicial de prisão preventiva representada pela Polícia Civil e deferida pelo juízo competente.

Diante do mandado em aberto os policiais civis realizaram buscas para localizar o suspeito que foi localizado e preso tarde de quinta-feira (04.06). Ele foi conduzido até a delegacia para as providências cabíveis e posteriormente encaminhado para Cadeia Pública à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas