conecte-se conosco


Policial

Soldados que atiraram em mulher a queima-roupa serão ouvidos em Sorriso

Publicado

Dois soldados da Polícia Militar, da Cidade de Sorriso (398 km de Cuiabá), devem prestar depoimento nesta segunda-feira (20), em relação à tentativa de homicídio contra Elizangela Morães de 44 anos e um homem na noite do último sábado (18), nas proximidades de um bar, no município.

Conforme um vídeo divulgado na internet, Elizangela está sentada num banco ao lado de um homem, quando os dois agressores aparecem andando e um deles atira contra o casal. Em seguida o outro ataca com socos nos rosto. Elizangela levanta e tenta se proteger no colo do homem, mas logo em seguida é atingida à queima roupa por dois disparos que atingiram o rosto e o pescoço da vítima.

Elizangela foi socorrida e levada para o Hospital Regional da Cidade, onde passou por cirurgia e continua internada com uma bala alojada no pescoço. Segundo informações, apesar dos ferimentos o estado de saúde dela já é considerado estável.

Conforme o Boletim de Ocorrência registrado pela policia local, no dia do ocorrido, os disparos que atingiram a vítima foram efetuados para o alto, durante uma confusão em um bar e acabaram atingindo Elizangela. Porém, o vídeo entregue à Polícia Civil nesta segunda-feira (20), prova o contrário, e mostra que a mulher foi ferida a queima-roupas e sem esboçar nenhuma reação.

Nesta segunda-feira (20), os dois soldados E.S..D, e W.B.R., ambos de 30 anos, acusados de terem praticado o crime tiveram prisão preventiva decretada e devem passar por uma audiência de custódia para serem interrogados.

Uma nota de esclarecimento foi emitida pela Polícia Militar de Sorriso, confira:

O comando da Polícia Militar em Sorriso informa que os dois policiais, ambos soldados, apontados com autores de agressões e de disparos de arma de fogo em um bar da cidade, ferindo uma pessoa com projétil de arma de fogo, uma mulher de 44 anos, foram presos em flagrante pela Polícia Militar e autuados em flagrante pela Polícia Civil. Os dois estão presos na unidade militar local. A Corregedoria da PM foi informada do

Vídeo obtido pelo site Folhamax, confira abaixo:

 

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Jovem é preso com arma e centenas de munições em São José do Rio Claro

Publicado


.

Assessoria | PJC-MT

Centenas de munições de diferentes calibres e uma arma de fogo foram apreendidas, na manhã desta segunda-feira (06.04), em uma ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar de São José do Rio Claro (315 km a Médio Norte de Cuiabá).

O material foi encontrado em poder de um jovem, de 18 anos, que foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições.  As diligências iniciaram após as equipes policiais serem acionadas para atender a ocorrência de uma pessoa que estava realizando disparos de arma de fogo.

No caminho para endereço, os policiais conversaram com testemunhas que relataram que o jovem chegou em casa visivelmente nervoso e que foi para cozinha e de lá saiu com a arma de fogo em mãos, apontando a todo momento em direção aos pais.

Diante das informações, os policiais cercaram a residência, porém o suspeito não obedeceu a ordem de saída. Quando os policiais iam entrar na casa, o jovem apareceu na porta e questionado, disse que não havia efetuado nenhum disparo de arma de fogo.

Em buscas no interior da casa, foi apreendido no quarto do investigado algumas munições, calibre 14 e.45. Nos fundos da residência, os policiais avistaram um amontoado de terra fofa, onde estava enterrada uma sacola com diversas munições de diferentes calibres.

Também do lado de fora da casa, foi encontrada a arma de fogo, calibre 38, cromada escondida em uma mesa.

Entre o material apreendido na casa estava 30 munições calibre 12 intacta;, 23 cápsulas de munição calibre 14; 154 munições calibre . 45; duas  cápsula de munição calibres 32, 36;sete munições calibre 38 intactas e duas deflagradas; 142 munições  de calibre indefinido; 92 munições calibre 22; sete caixas de espoleta, uma munição calibre 20; caixas de espoleta para cartuchos calibres 12,16, 20 e 28 contendo 625 espoletas; 02 caixas de munição de chumbo 5,5 (arma de pressão).

Diante das evidências, a arma e todas as munições foram apreendidas e o suspeito conduzido a Delegacia de São José do Rio Claro, onde após ser interrogado pelo delegado Marcelo Henrique Maidame, foi autuado em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e munições.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas