conecte-se conosco


Mato Grosso

Projeto social de incentivo ao empreendedorismo é apresentado ao governador de Mato Grosso

Publicado

Com o intuito de discutir a viabilidade de um projeto voltado à geração de emprego e renda em municípios da baixada cuiabana, o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, e a primeira-dama Virginia Mendes reuniram-se, nesta segunda-feira (21.10), com o titular do Escritório de Representação de Mato Grosso em Brasília (Ermat), Cárlos Fávaro e sua esposa Claudinéia Fávaro. Além de articular ações e importantes projetos na capital federal a favor de Mato Grosso, Fávaro também estimula iniciativas locais em benefício das pessoas em situação de risco e vulnerabilidade social. 

Também participaram do encontro o coordenador da Fundação Espaço Democrático, o secretário-adjunto de Gestão e Planejamento Metropolitano da Secretaria de Estado de Infraestrutura, Maurício Munhoz, o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Nilton Borgato, o secretário adjunto de Educação Profissional e Ensino Superio da Seciteci, Stéphano do Carmo, e secretária adjunta de Programas e Projetos Especiais e Atenção à Família, Kátia Azevedo.

Na oportunidade, o governador conheceu detalhes do projeto que inicialmente estuda formas de estimular o empreendedorismo nos municípios de Várzea Grande, Chapada dos Guimarães, Acorizal, Santo Antônio do Leverger, Nossa Senhora do Livramento, além da capital mato-grossense.

Ainda em fase de estudo, o projeto tem como foco o atendimento das famílias em situação de pobreza, para que, com mais oportunidades, elas deixem a condição de dependência dos programas sociais de transferência de renda e sejam inseridas no mercado de trabalho formal.

“Investir em ações voltadas à qualificação profissional e geração de emprego e renda são bem-vindas e fundamentais para o fortalecimento e desenvolvimento da economia do Estado. Essa é uma das nossas frentes de trabalho. Só precisamos estudar o melhor formato para implementar projetos inovadores com esse objetivo”, pontuou o governador.

Para a primeira-dama Virginia Mendes, toda iniciativa voltada à redução das desigualdades sociais e fomento à geração de emprego e renda são louváveis. Virginia defende o envolvimento dos mais diversos segmentos sociais numa grande rede de atendimento aos que mais precisam, com o foco na ascensão social das famílias carentes.

“Quando atuamos no social é imprescindível pensar em alternativas que auxiliem às pessoas carentes a saírem do ciclo de dependência econômica dos programas sociais. Os benefícios são a porta de entrada, mas não necessariamente as famílias precisam ficar nesta dependência a vida toda, muitas vezes faltam oportunidades e apoio e é isto que nós queremos implementar”, afirmou a primeira-dama, agradecendo o empenho de todos na formulação do projeto.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Policiais civis doam cestas básicas à famílias de Nova Monte Verde

Publicado

Em Nova Monte Verde, cidade localizada a 953 km de Cuiabá, a equipe da Polícia Civil promoveu nesta semana santa uma campanha de doação de cestas básicas para cinquenta famílias cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

O objetivo, além de promover a solidariedade, é contribuir com uma páscoa de mesa cheia aos beneficiados.

As doações vieram de amigos, empresários e dos próprios integrantes da PJC de Nova Monte Verde. A ação contou com apoio do delegado titular Delegacia de Polícia Alta Floresta, Vinícius Nazário, e da delegada regional de Alta Floresta, Ana Paula Reveles.

Para a presidente do Sinpol, Edleusa Mesquita, a polícia civil mesmo atuando no combate e elucidação da criminalidade, tem um olhar diferenciado nos assuntos relacionados ao social. “Nesse momento de pandemia a solidariedade e humanização de todas as esferas é fundamental”, destaca.

A entregas foram feitas na própria sede da Delegacia de Polícia Civil da cidade. “Nosso intuito é ir além do que a sociedade espera de nós, que é servir e proteger, mas também ajudar quem realmente precisa. Por isso nos organizamos, para que o alimento chegue às pessoas em situação de vulnerabilidade neste momento. Agradeço a todos os parceiros e empresários, que de alguma forma contribui para que realizássemos essa ação”, explica o investigador Alex Feitosa de Albuquerque.

Esse é o espírito!

O ato representa o verdadeiro espírito da Páscoa, tempo este de colocar a fraternidade a serviço da VIDA, tempo de retomar nossa FÉ, tempo de celebrar a esperança que existe dentro de nós.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas