conecte-se conosco


Mato Grosso

Procon MT orienta para o consumo consciente nas liquidações de início de ano

Publicado

O Procon de Mato Grosso orienta os consumidores que querem aproveitar as liquidações de início de ano e evitar transtornos futuros. No começo do ano, com as novidades de coleções e campanhas, é comum que o as lojas promovam promoções para renovar o estoque e acelerar as vendas durante o período. Os descontos devem chegar até 70% nas lojas em Cuiabá, de acordo com dados divulgados pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Por isso, o consumidor precisa ter atenção para aproveitar da melhor forma quando for às compras.

Para essas promoções, realizadas tanto em lojas físicas quanto on-line, a melhor opção é pelo pagamento a vista, evitando compras parceladas com juros, uso do limite do cheque especial e rotativo do cartão de crédito. “Com o pagamento a vista, o consumidor consegue negociar descontos e não fica com o orçamento comprometido com prestações nos próximos meses”, ressalta a secretária adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Gisela Simona. Segundo ela, é essencial também separar um tempo para a pesquisa de preço, isso porque, mesmo com muitas lojas em promoção, os valores ainda podem variar bastante.

Confira outras orientações do Procon:

– Calcule seu orçamento e planeje os gastos para não cair no endividamento. No começo do ano, as despesas aumentam em função das obrigações como pagamento de IPVA, IPTU e material escolar.

– Certifique se o produto que você deseja está mesmo com desconto. Fique atento as fraudes. Pesquise qual o valor padrão e compare se está mais barato ou não.

– Não se esqueça de perguntar sobre a garantia. Com produtos em queima de estoque, muitas vezes as lojas não oferecem garantia contratual, o que pode ser um risco.

– Confira se o produto está funcionando, em casos de roupas, prove antes de levar e perceba se tem algum defeito de fabricação.

– Em relação aos produtos de mostruário, verifique se todos os itens estão na caixa. Por não estar mais lacrado algum item pode estar faltando. Esses produtos costumam apresentar danos estéticos e para esses não há garantia.

– Quando comprar pela internet, confira o tempo e dados de transporte, se possuem cobrança ou não.

– O consumidor tem até sete dias para desistir, por qualquer motivo, de compras feitas pela internet, telefone, catálogo ou qualquer outra forma que seja fora da loja física. Essa regra vale mesmo para produtos comprados em liquidação.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Segunda-feira (06): Mato Grosso registra 76 casos confirmados de Covid-19

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (06.04), um óbito em decorrência de coronavírus e 76 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso.

Os casos confirmados estão em Cuiabá (43), Rondonópolis (6), Váreza Grande (5), Tangará da Serra (4), Sinop (4), São José dos Quatro Marcos (2), ), Cáceres (2), União do Sul (1), Nova Mutum (1), Nova Monte Verde (1), Lucas do Rio Verde (1), Canarana (1), Campo Novo do Parecis (1), Aripuanã (1) e Alta Floresta (1).

O Boletim Informativo da SES explica que há dois casos confirmados de Covid-19 em pacientes que estão em cidades de Mato Grosso, mas residem em outros estados do país. Um caso foi notificado pela Secretaria Municipal de Saúde de Rondonópolis; o paciente mora em Sonora, Mato Grosso do Sul. O outro caso foi notificado pela Secretaria Municipal de Saúde de Chapada dos Guimarães; o paciente reside em São Paulo, capital.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada pela SES (anexada a este texto).

Dos 76 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 63 estão em isolamento domiciliar (sendo 11 casos recuperados) e 13 estão hospitalizados, sendo 10 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e três em enfermarias/isolamento.

A Nota Informativa com dados atualizados é divulgada diariamente a partir das 17h. A coletiva de imprensa virtual com o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, transmitida pelo Instagram e Facebook do Governo do Estado, ocorre às segundas, quartas e sextas-feiras a partir das 8h30.

Cenário nacional

Nesta segunda-feira, o Governo Federal confirmou 12.056 casos de Covid-19 no Brasil e 553 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério da Saúde, no domingo, o país contabilizava 486  mortes e 11.130 casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas