conecte-se conosco


Mato Grosso

Primeira-dama recebe homenagem do Corpo de Bombeiros

Publicado

A primeira-dama do Governo de Mato Grosso, Virginia Mendes, foi agraciada nesta segunda-feira (02.12) com a insígnia Ordem do Mérito do Bombeiro Militar de Mato Grosso – Imperador Dom Pedro II, Grau Comendador.

A entrega ocorreu durante solenidade militar em Comemoração ao Dia do Patrono do Corpo de Bombeiros, comemorado no dia do aniversário de Dom Pedro II, imperador do Brasil, responsável pela criação do primeiro Corpo Provisório de Bombeiros da Corte.

Antes da entrega das honrarias, foi descerrada a placa para construção da futura sede do Comando Geral do Corpo de Bombeiros, um reconhecimento da atual gestão que viabilizará, em parceria com outros Poderes, a construção da sede efetiva da corporação, após décadas de espera.

“Trata-se de um grande presente do Governo do Estado, que com apenas um ano tem demostrado todo seu apoio para segurança pública de Mato Grosso, além de nos possibilitar mais estrutura para ampliar as atividades do Corpo de Bombeiros no interior do Estado. Depois de 55 anos de existência no Estado de Mato Grosso, finalmente teremos uma sede efetiva”, comemorou o Comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel BM Alessandro Borges.

Leia mais:  Quinze pessoas são presas por dirigir embriagadas em Cuiabá

De acordo com o comandante, na área social, através dos 24 projetos em andamento em Mato Grosso, mais de 27 mil crianças, entre adolescentes e jovens, foram beneficiadas de forma direta e indireta.

Recentemente, a primeira-dama visitou a sede do 1º Batalhão de Bombeiros Militar, no bairro Verdão, em Cuiabá, e manifestou apoio aos projetos sociais ‘Bombeiros do Futuro’ e ‘Musicalizar’.

“Agradeço e me sinto honrada com tão importante homenagem concedida pelo Corpo de Bombeiros. Fico muito feliz em participar das atividades dos Bombeiros, instituição que eu tenho um carinho enorme e orgulho dos projetos sociais que são desenvolvidos com crianças e adolescentes. Estou empenhada em conseguir os apoios necessários para que possamos expandir ainda mais essas ações”, declarou a primeira-dama.

Homenagens

Além do governador e da primeira-dama, receberam medalhas o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho; o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho; o promotor de Justiça, Mauro Zaque; o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante; a secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti; o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo; o procurador-geral do Estado, Francisco Lopes; o comandante-geral da PM, Jonildo José de Assis; o comandante do CBMRS, coronel César Fonfani; a desembargadora do Tribunal de Justiça, Helena Maria Bezerra Ramos; o secretário de Planejamento, Basílio Bezerra, o general de Brigada, Fernando Herzer; o delegado Mauro Aravechia de Rezende e o diretor-geral da Politec, Rubens Sadao Okada.

Leia mais:  Doutores do Riso e Doadores da Alegria levam brincadeiras e conforto em hospitais de Cuiabá

Também foram homenageados os coronéis do CBMMT, Ricardo Antônio Bezerra Costa, Sandro Caillava, Vagner Santino da Silva, Agnaldo Pereira de Souza, Silvio Bernardes dos Santos, Abadio José da Cunha Júnior, Arboes José Jacob e Aloisio Metelo Júnior.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Estado cumpre meta e economiza R$ 9,6 mi com combustível em 2019

Publicado

por

O Governo do Estado alcançou uma economia de R$ 9,6 milhões com gastos em combustíveis entre os meses de janeiro e novembro de 2019, em comparação ao mesmo período de 2018. No ano passado, o Estado gastou R$ 48,2 milhões, já este ano o montante ficou em R$ 38,6 mi, uma redução de 20%.

Os dados são da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), que detém o Sistema de Gestão de Abastecimento de Combustíveis.

A economia só foi possível devido às várias medidas administrativas de contenção de gastos adotadas pela secretaria, com o intuito de atingir a meta de 20% de redução de consumo. As medidas foram estabelecidas pelo Decreto nº 8/2019, que propôs diretrizes para controle, reavaliação e contenção das despesas em toda a administração direta e indireta.

Bloqueio de abastecimento

A principal medida de contenção foi o bloqueio no sistema para o abastecimento da frota de veículos flex com gasolina, a partir de maio. Um levantamento da Secretaria constatou a vantajosidade no abastecimento com álcool. O consumo de gasolina em litros reduziu 62% desde que a suspensão foi implementada.

O cálculo básico para se descobrir se o álcool é vantajoso ou não em relação a gasolina é simples. Basta dividir o preço do litro do etanol pelo da gasolina. Se o valor do derivado da cana de açúcar estiver custando menos de 70% do valor da gasolina, então compensa.

Leia mais:  Quinze pessoas são presas por dirigir embriagadas em Cuiabá

A Seplag, órgão central de compras públicas e que detém a gestão do sistema de abastecimento, irá inserir na próxima Ata de Registro de Preço de combustíveis uma cláusula que permita o remanejamento do quantitativo de gasolina e álcool para que o órgão abasteça com o que for mais vantajoso, ao invés de ter que realizar o bloqueio no sistema como foi feito.

Para que a cláusula seja implementada com sucesso, a Secretaria Adjunta de Patrimônio e Serviços da Seplag irá monitorar e orientar os órgãos e entidades para que seja utilizado o combustível que oferecer maior economicidade aos cofres públicos.

Recadastramento de veículos

Além do bloqueio, a Seplag adotou várias outras medidas administrativas que possibilitaram essa economia. Entre elas estão o recadastramento de veículos, máquinas, motores, condutores e operadores de máquinas no Sistema de Gestão de Abastecimento de Combustíveis, com objetivo de controlar o consumo, atualizar informações relativas a veículos e condutores e padronizar a utilização dos veículos oficiais, próprios e locados.

A pasta também determinou a substituição dos veículos administrativos e operacionais, por veículos de melhor performance de consumo, trazendo além de economia a eficiência pela qual a administração deve se pautar sempre.

Leia mais:  Doutores do Riso e Doadores da Alegria levam brincadeiras e conforto em hospitais de Cuiabá

Implantação de Tags

Também foi implantado um dispositivo de identificação eletrônica, denominado tag, para fins de controle do abastecimento de veículos oficiais do Estado. O mecanismo contém uma chave eletrônica associada à identificação do veículo no ato do abastecimento. A tag é intransferível e seu uso é obrigatório em substituição ao cartão magnético.

A tag é fixada no para-brisa do veículo sob os cuidados do condutor cadastrado, que deve ter seus dados no Sistema de Gestão de Abastecimento de Combustíveis sempre atualizados e estar ciente sobre o saldo do cartão e estabelecimentos credenciados pelo governo. É expressamente proibido abastecer outro veículo que não aquele ao qual a tag está vinculada.

Para o secretário Basílio Bezerra medidas como as que foram adotadas são extremamente importantes para ajudar a equilibrar as finanças do Estado.

“Estamos fazendo a lição de casa com eficiência, pois é importante reduzir custos sem perdermos qualidade nos serviços prestados ao cidadão. Essa economia alcançada com o consumo de combustíveis é um exemplo de que isso é possível”, finaliza.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas