conecte-se conosco


Na Capital

Prefeitura encerra discussão para definição de Eixos Temáticos da Agenda 2030

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá renovou o compromisso em continuar promovendo ações que contribuam para efetivação da cultura do planejamento na gestão municipal.  O prefeito Emanuel Pinheiro assinou no mês de maio desse ano, o Termo de Adesão ao Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI) do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A partir da assinatura, foi dado início ao processo de Realinhamento do Plano Estratégico para o período de 2021/2030- Agenda 2030.

Cuiabá é signatária do Pacto Global da ONU sendo esse uma iniciativa que fornece diretrizes para a promoção do crescimento sustentável e da cidadania, por meio de lideranças comprometidas e inovadoras. Os últimos encontros foram realizados no decorrer da semana, de forma remota para evitar aglomeração de pessoas.

A Agenda Cuiabá 2030 propõe a reconstrução e revisão do Mapa Estratégico para a próxima década. Dentro da dinâmica do planejamento, é fundamental que a Identidade Organizacional seja traduzida na abrangência dos objetivos para cada ano, nos mais diversos programas e projetos a serem implantados e implementados, o que demonstra a estratégia da atual gestão.

“A agenda 2030 para uma Cuiabá possibilitará o melhor atendimento, na busca dos melhores Resultados, que transforme, cada dia mais, numa Cuiabá melhor para se viver. Temos um compromisso renovado com a população cuiabana”, ressaltou o prefeito Emanuel Pinheiro.

Encontros semanais foram realizados com a presença dos secretários, adjuntos e coordenadores das Secretarias para validação dos Eixos Temáticos construídos seguindo as vértices do programa Cidades Sustentáveis, interligados aos objetivos do Desenvolvimento Sustentáveis-ODS, no Pacto do Milênio.

“Para a efetiva redefinição, se fez necessário contemplar as intenções do Plano de Governo (2021-2024), as demandas dos Conselhos de Políticas Públicas, as metas previstas para os próximos dez anos, bem como as metas contidas no Pacto do Milênio, onde figuram os indicadores contidos nos objetivos do desenvolvimento sustentável, traduzidos em Objetivos, Indicadores e Metas previstas para atender o novo PPA (2022-2025)”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

Silvina Maria dos Anjos, representante da Assessoria Especial de Planejamento do Município (ASPLAN) lembra que foram muitas etapas do projeto de realinhamento das ações e projetos para elaboração da Agenda 2030- Desenvolvimento Sustentável na Gestão Emanuel Pinheiro. Foram feitas análises dos diagnósticos, os indicadores atuais do Executivo Municipal e os indicadores estabelecidos no Pacto Global da Agenda 2030. Lembrando também da importância de avaliar os cenários tanto positivos como os negativos.

Os eixos temáticos do Pacto Global são Governança, Bens Naturais Comuns, Equidade, Justiça Social e   Cultura de Paz, Gestão Local para a Sustentabilidade, Planejamento e Desenho Urbano, Cultura para a Sustentabilidade, Educação para a Sustentabilidade e Qualidade de Vida, Economia Local Dinâmica, Criativa e Sustentável, Consumo Responsável e Opções de Estilo de Vida, Melhor Mobilidade Menos Tráfego, Ação Local para a Saúde e Do Local para o Global.

“Com base nesses temas foram definidos os eixos de desenvolvimento que o plano vai ter, porque as secretarias têm que trabalhar a transversalidade. Para cada eixo devem ser definidos os indicadores, para cada conjunto de indicadores as metas para 2030. No entanto, serão definidas também as metas para 2024, encerramento da gestão Emanuel Pinheiro”, acrescentou Silvina.

Quem integra o grupo, também assume a responsabilidade de contribuir para o alcance dos 17 Objetivos do Desenvolvimento do Sustentável (ODS), que fazem parte da Agenda 2030, criada pela ONU, organizadas em 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável –ODS.

O próximo passo será, a partir da próxima semana, caberá a cada secretaria definir as metas para 2030 e as respectivas iniciativas estratégicas que serão propostas – nesse período. Será elaborado um mapa da desigualdade, energia e clima de Cuiabá. Já na primeira semana de julho serão feitas reuniões estratégicas, por regional para apresentação das principais propostas para sociedade.

A Missão, Visão, Valores já foram pré-definidas com os conceitos dos Eixos Temáticos, do Programa Cidades Sustentáveis e o conceito dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, apontados por meio de membros representantes de cada pasta do Executivo Municipal. “A excelência da gestão se faz acima de tudo com planejamento. Desde o mandato anterior, nós imprimimos um ritmo avassalador de ações, entrega de obras, lançamentos sempre precedido de um planejamento e de uma responsabilidade fiscal. Não é à toa que a nossa gestão segundo o Ibope terminou o mandato com 86% de aprovação popular, uma das gestões mais bem avaliadas”, finalizou Pinheiro.

Comentários Facebook
publicidade

Na Capital

Empresa Cuiabana de Saúde Pública reitera pagamento regular às empresas prestadoras de serviços

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

Sobre a Operação Curare, a Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) informa que:

– Não houve bloqueio nas contas bancárias das empresas envolvidas na operação Curare. 

– Da mesma forma, as empresas que prestam serviços à ECSP no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) e no Hospital São Benedito e que foram alvos da operação não estão impedidas de receber os valores devidos pelos serviços prestados.

– Os profissionais que prestam serviços nessas unidades podem continuar trabalhando normalmente, com a segurança de que seus empregadores receberão os pagamentos por parte da ECSP, que fará o repasse regular dos serviços comprovadamente prestados.

– Por sua vez, a população usuária desses hospitais também pode contar com a certeza de que os serviços não serão afetados.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas