Connect with us

Policia Federal

Polícia Federal retoma as atividade do CICEE

Publicado em

Brasília/DF – A Polícia Federal informa que as atividades do Centro Integrado de Comando e Controle das Eleições Gerais de 2018 (CICCE/2018) foram retomadas. O CICCE funcionará até 28 de outubro de 2018, das 8h às 18h.

O CICCE funciona em instalações próprias da Polícia Federal (EQSW 103/104, Lote 01, Bloco A – Setor Sudoeste, Brasília/DF) e, nos mesmos moldes do período do funcionamento durante o primeiro turno, será composto por 14 instituições e órgãos parceiros, visando subsidiar a atuação da Polícia Federal, como polícia judiciária eleitoral, e a Justiça Eleitoral.

Dentro das ações que integram o conjunto de atividades desenvolvidas CICCE em Brasília, em 10 de outubro de 2018, foram realizadas três operações simultâneas com o objetivo de aprofundar as investigações sobre vídeos que circularam recentemente nas redes sociais para identificar e afastar possíveis ameaças ao processo eleitoral de 2018.

As ações ocorreram nos estados do Paraná, São Paulo e Sergipe, e os investigados poderão responder pelos crimes de violação de sigilo do voto e porte ilegal de arma (no caso do Paraná) e por incitação de crime contra candidatos (Sergipe e São Paulo). As investigações foram encaminhadas à Justiça Eleitoral dos respectivos Estados para o devido processo legal.

 

Estatísticas dos procedimentos afetos às atividades da Polícia Federal em todo território nacional desde o início do CICCE, em 01/10/2018:

1-) lavrados 241 Termos Circunstanciados de Ocorrências;

2-) instaurados 214 Inquéritos Policiais;

3-) 445 pessoas conduzidas às Delegacias de Polícia Federal;

4-) R$ 2.643.481,80 em bens apreendidos;

 

Três maiores incidências penais:

I)             art. 39 da Lei nº 9504/97 (Lei das Eleições) “boca de urna”

II)            art. 299 da Lei nº 4737/65 (Código Eleitoral) “compra de votos”

III)           art. 350 da Lei nº 4737/65 (Código Eleitoral) “falsidade ideológica para fins eleitorais”.

 

 

Divisão de Comunicação Social da Polícia Federal

Contato: (61) 2024-8142

Comentários Facebook
Advertisement

Policia Federal

Polícia Federal deflagra segunda fase de operação que investiga grupo de extermínio no Estado do Tocantins

Published

on

Palmas/TO – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (10/8), com apoio da Polícia Civil/TO, a Operação COVID-38, em continuação aos trabalhos efetuados na Operação Caninana, visando desarticular organização criminosa responsável por vários homicídios ocorridos no dia 07/03/2020 na capital do Estado.

Cerca de 12 policiais federais cumpriram dois mandados de prisão preventiva na cidade Palmas/TO. 

Durante as investigações da denominada Operação Caninana, verificou-se que no dia 27/03/2020, cinco pessoas foram mortas com indícios de execução nos bairros de União Sul e Jardim Aureny I. Foi apurado do transcorrer das investigações que um grupo criminoso formado por Policiais Civis/TO monitorava a saída de pessoas recém egressas do sistema prisional e as executavam de forma planejada.

O cumprimento de todas as ordens judiciais pela Polícia Federal foi acompanhado por equipes da Corregedoria da Polícia Civil/TO.

O nome da operação faz referência a como o grupo identificava a sua atividade no período da pandemia da COVID19, segundo análise de material apreendido no bojo da operação.

A Polícia Federal agradece todo apoio prestado pela Polícia Civil do Estado do Tocantins durante as investigações e na deflagração da presente operação, reafirmando o compromisso das instituições com a integração, cooperação mútua e o combate ao crime organizado no Estado do Tocantins.

    Comunicação Social da Polícia Federal no Tocantins 

E-mail: [email protected] 

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas