Connect with us

Policia Federal

Polícia Federal reprime crime de contrabando de cigarros

Publicado em

Campinas/SP. A PF deflagrou na manhã desta terça-feira, 26/7, a Operação Depurador, com o objetivo de aprofundar as investigações e desarticular organização criminosa especializada no contrabando de cigarros vindos do Paraguai.

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Federal de Campinas, sendo três na cidade de Indaiatuba/SP e um em Sorocaba/SP.

De acordo com os trabalhos policiais, os investigados teriam constituído uma organização criminosa com o objetivo de introduzir clandestinamente no país, pela fronteira de Guaíra/PR, cigarros contrabandeados do país vizinho, que seriam comercializados nas regiões de Campinas e Sorocaba.

Há, ainda, indícios da participação de servidores públicos na organização criminosa, que receberiam dinheiro para não repreender a entrada dos cigarros no país, bem como para facilitar o transporte da mercadoria até o destino.

O nome Depurador se deve ao fato de que a investigação tem por objetivo retirar de circulação tanto cigarros contrabandeados, que provocam um dano ainda maior à saúde pública; bem como servidores corruptos, que causam enorme lesão à sociedade.

Os envolvidos poderão responder, na medida de suas condutas, pelos crimes de contrabando e organização criminosa, cujas penas somadas podem chegar a 18 anos de prisão.

Os materiais apreendidos serão encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal em Campinas.

Comunicação Social da Polícia Federal em São Paulo

Contato: (11) 3538-5013

E-mail: [email protected]

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Advertisement

Policia Federal

PF cumpre mandado de prisão no Rio de Janeiro

Published

on

Rio de Janeiro/RJ – Neste domingo (14/8), a Polícia Federal cumpriu um mandado de prisão, expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, em desfavor de um homem acusado de praticar o crime de roubo – art 157 do CP.

Policiais federais fizeram diligências no estádio do Maracanã, na zona norte do Rio, e conseguiram efetuar a prisão do foragido.

O homem, que fazia parte da segurança do estádio, foi preso ao chegar para trabalhar.

O preso foi encaminhado ao sistema prisional do estado, onde permanecerá à disposição da justiça. A pena para o crime de roubo, presente no artigo 157 do Código Penal, varia de 4 a 10 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

[email protected] | www.gov.br/pf

(21) 2203-4404 / 4405 / 4406 / 4407

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas