Connect with us

Policia Federal

Polícia Federal desativa dois laboratórios fabricação de drogas sintéticas

Publicado em

Curitiba/PR. Na tarde desta terça-feira (26/7), no âmbito da Operação “Crazy Handful”, a PF desarticulou dois laboratórios clandestinos com grande capacidade de produção de drogas sintéticas na região Metropolitana de Curitiba/PR.

A investigação é mais um marco no trabalho de inteligência que vem sendo realizado pela Corporação no controle e repressão aos desvios de produtos químicos para a produção de substâncias entorpecentes.

Na ação foram apreendidos cerca de 14.800 comprimidos de ecstasy já prontos para consumo, além da droga conhecida como skunk – versão mais elaborada da maconha – e petrechos, como prensas e pinos de punção, usados na identificação dos comprimidos vendidos no mercado ilícito.

Foi apreendida também a quantidade de 800g de MDA, princípio ativo do ecstasy, quantidade suficiente para produzir, ainda, ao menos mais 8 mil comprimidos da mesma droga sintética.

Além disso, retirou-se de circulação grande quantidade de insumos químicos utilizados na rota sintética do MDA, que resultariam em pelo menos mais 30 mil comprimidos de ecstasy.

Dessa forma, estima-se que, além dos 14.800 comprimidos prontos para consumo, evitou-se que ao menos outras 30 mil unidades da droga fossem produzidas pelos laboratórios ora desarticulados.

O nome da Operação faz referência ao episódio da série de TV “Breaking Bad”, no qual autoridades descobrem que desvios de insumos químicos estão relacionados à produção de drogas sintéticas.

Comunicação Social da Polícia Federal no Paraná

[email protected]

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Advertisement

Policia Federal

PF combate crime ambiental em Missão Velha/CE

Published

on

Fortaleza/CE – A Polícia Federal cumpriu dois mandados de busca e apreensão, com objetivo de combater extração irregular de arenito e areia no município de Missão Velha/CE, ação com reflexos ambientais em áreas de Preservação Permanente às margens do Riacho Seco.

 Aproximadamente 10 policiais federais atuaram para o cumprimento dos mandados expedidos pela Justiça Federal, em locais de lavras de materiais minerais que vinham sendo utilizadas por empresários da região do Cariri, havendo indícios de ausência de licenças ambientais necessárias ao exercício da atividade. As buscas tiveram como objetivo paralisar as atividades que vinham provocando assoreamento das margens do Riacho Seco, que recebe águas do projeto de transposição do Rio São Francisco, provocando assim, danos à flora local e às pessoas que se utilizam daquele bem natural.

Foram arrecadadas provas da atividade mineradora e realizado o georreferenciamento dos polígonos onde ocorre as extrações irregulares de areia e arenito, sendo utilizado drones na ação policial. A perícia da PF fez levantamento integral dos danos causados pela atividade minerária que, em sendo confirmada ilegalidade na investigação, poderá levar os responsáveis ao indiciamento pelos crimes contra o meio ambiente – mineração ilegal e usurpação de bem da União, previstos no art. 2o da Lei n. 8.176/91 e art. 55 da Lei n. 9.605/98, com penas de até 6 anos de prisão.

Comunicação Social da Polícia Federal no Ceará

Contato: (85) 33924867/9.9972-0194

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas