conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende trio envolvido em roubo de chácara na região metropolitana

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, em investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG), deteve na quarta-feira (23.10), três integrantes de uma associação criminosa (um deles menor de idade), envolvidos no roubo de uma chácara na região do Bandeira, em Cuiabá. A ação resultou na recuperação de dois veículos subtraídos no roubo, além da arma de fogo utilizada no crime.

Os suspeitos, Walter Aurélio Oliveira da Cruz Júnior, o “Juninho”, José Lucídio Rondon Campos foram autuados em flagrante pelos crimes de roubo majorado e associação criminosa. O menor, C.S.S. conhecido como “Magrão” possui diversas passagens pela Polícia e foi autuado pelo ato infracional análogo aos mesmos crimes.

As investigações que levaram a desarticulação do grupo iniciaram após os policiais da Derf-VG receberem denúncia de que os suspeitos de praticarem o roubo, ocorrido na noite de terça-feira (22), em uma chácara na região do Bandeira em Cuiabá, estavam reunidos em uma casa, no bairro Nova Fronteira, em Várzea Grande.

Leia mais:  Trabalho integrado reduz ocorrências de roubo a banco em 50%

Segundo informações, os suspeitos estavam planejando outro roubo que seria praticado durante a noite, em uma residência no bairro Jardim Glória.

De acordo com as investigações da Derf-VG, o menor C.S.S., de 17 anos, seria o responsável por atuar na linha de frente dos roubos e também por cuidar da casa em que o grupo planeja os assaltos e usa como depósito dos produtos roubados. O suspeito, José Lucídio, tinha a função de realizar o escoamento da mercadoria adquirida nos roubos.

Diante das informações levantadas, os policiais foram até a residência onde encontraram o adolescente e seu comparsa Walter Aurélio. Ao avistar os policiais o menor tentou fugir da casa, porém foi detido no cerco policial.

Questionados, eles confessaram a atuação no roubo da chácara e indicaram o local em que esconderam a arma utilizada no crime, um revólver calibre 38, que foi apreendido. Na residência, também foram encontrados dois veículos roubados da chácara, sendo uma caminhonete Volkswagem Amarok e uma picape Saveiro.

Em continuidade as diligências, os policiais realizaram a prisão de José Lucidio, que questionado, disse que recebeu ordens vindas do presídio, para que vendesse os produtos roubados da chácara, que foram anunciados através de um site de compra e venda da Internet.

Leia mais:  Delegado Rogério Gualda se aposenta com a sensação de dever cumprido

Com as informações passadas, os policiais chegaram à pessoa que comprou os produtos, conseguindo recuperar aparelhos de TVs também roubados da propriedade.

Segundo a delegada, Elaine Fernandes da Silva, os suspeitos fazem partes de uma organização criminosa e todos possuem extensa ficha de antecedentes criminais. “São criminosos contumazes, que mesmo depois de presos, ao conseguirem liberdade condicional, voltam atuar em crimes, possivelmente a mando da facção criminosa a qual são integrados”, disse a delegada.

José Lúcio e Walter possuem condenações por crimes de roubo majorado e tráfico de drogas. O adolescente, C. foi reconhecido como autor de duas tentativas de latrocínio, uma delas ocorrida no dia 09 de setembro deste ano, no bairro Parque Atlântico, além do envolvimento em diversos roubos.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil apreende 17 quilos de maconha e prende um suspeito em Várzea Grande   

Publicado

por

Assessoria/PJC-MT

Durante diligências na manhã deste sábado, equipes da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) apreenderam 17 quilos de maconha tipo skank e prendeu uma pessoa em flagrante suspeita pelo comércio de entorpecentes . A apreensão foi realizada em uma casa no Jardim Eldorado, em Várzea Grande.

Além da maconha, os policiais apreenderam substâncias utilizadas para mistura ao entorpecente, embalagens e apetrechos para a distribuição de drogas, celulares e uma motocicleta.

A equipe da delegacia localizou a residência após investigações que apontavam a casa como um provável ponto utilizado para o tráfico de entorpecentes. Durante a ação foi constatado que a residência é um ponto de armazenagem, empacotamento e distribuição de entorpecentes.

A droga e os materiais apreendidos foram encaminhados à DRE. O delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira autuou o suspeito em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. O suspeito confessou que estava sendo pago para cuidar da droga. Ele foi encaminhado para audiência de custódia na justiça.

As diligências continuam para apurar se há envolvimento de outras pessoas com o comércio de drogas na região.

Leia mais:  Policia civil indicia motorista por simular roubo de carga de 45 mil litros de diesel

Denúncia

A Polícia Civil tem o serviço de denúncia pelo número 197 e também um canal exclusivo via WhatsApp para recebimento de informações referentes ao tráfico de drogas: (65) 9 9989-0071. O sigilo é absoluto.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas