conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil participa de ações para auxiliar crianças e famílias vulneráveis de Confresa

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Como tradição todos os anos, a Delegacia de Polícia Judiciária Civil do município de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá), realiza neste ano duas campanhas beneficentes de Natal para auxiliar ajudar famílias carentes e pessoas de vulnerabilidade social.

A primeira campanha “Natal Solidário” é promovida pela Polícia Civil da cidade, com o objetivo de arrecadar alimentos não perecíveis, roupas e calçados, que serão distribuídos para moradores com baixa renda, residentes no município.

Conforme a investigadora Amanda Guimarães, na recepção da Delegacia de Confresa foram disponibilizadas duas caixas para receber as doações, que posteriormente serão entregues para as famílias que necessitam de ajuda. O trabalho conta a solidariedade e colaboração da população.

“A ação para arrecadação de donativos iniciou no final de novembro e estaremos até o dia 20 de dezembro, recebendo os alimentos, roupas e calçados. As doações proporcionarão que o Natal de muitas famílias seja melhor”, destacou Amanda.

A Polícia Civil de Confresa também está dando apoio à campanha “Adote uma cartinha”, uma iniciativa de duas moradoras da cidade, Lígia Bernandes e Leidy Menezes, em parceria com a Cooperativa Sicredi.

O projeto social recolheu cartas de crianças nas escolas municipais, que foram distribuídas pelo comércio e órgãos públicos da cidade. Os interessados em auxiliar podem ir a um dos locais, escolher a carta e presentear a criança escolhida. Os presentes devem ser levados até o lugar onde a cartinha foi recolhida até o dia 10 de dezembro.

Além da Delegacia de Polícia, as cartas das crianças estão nas sedes do Batalhão da Polícia Militar, na Cooperativa Sicredi e em outros estabelecimentos da cidade.

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Estelionatário usa foto de policial civil para aplicar golpes em sites de venda da Internet

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil

A Polícia Civil de Mato Grosso alerta sobre golpes de estelionato aplicados através de site de compra e venda na internet, em que o suspeito se passa por um policial civil para ganhar a confiança e obter vantagem ilícita da vítima. 

Os golpes são aplicados em negociações de compra/venda de veículos e outros produtos adquiridos pelo site OLX.  Para aplicar o golpe, o suspeito usa um perfil falso, com a fotografia do policial, se passando pelo servidor público, que também é vítima do estelionatário. 
 
O golpista utiliza um número de telefone de Mato Grosso, porém, a conta utilizada para depósito do dinheiro adquirido nos golpes é de uma agência bancária de Minas Gerais. 

Qualquer dúvida durante uma transação comercial, a orientação é que a vítima denuncie através do número 197 ou procure uma unidade da Polícia Civil.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas