conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil localiza homem suspeito de estupro e morte de adolescente em Campinápolis

Publicado

Assessoria/PJC-MT

Um homem foragido da Justiça da Comarca de Nova Xavantina (645 km a Leste de Cuiabá), acusado de estupro e homicídio, foi preso nesta quinta-feira (07.11) no Pará, após trabalho integrado envolvendo a inteligência policial das Polícias Civis de Mato Grosso e do estado vizinho.

O procurado, L.I.F.M. de 33 anos, estava com a ordem judicial de prisão temporária em aberto. Ele responde pelo crime de violência sexual e contra a vida, cometido no dia 25 de dezembro de 2014 na cidade de Campinápolis, tendo como vítima uma adolescente de 16 anos.

A menor  L. M. R. S. foi encontrada morta atrás de uma igreja. A vítima usava apenas as roupas íntimas, estava com a orelha machucada, indicando mordida, e apresentava sinais de espancamento na cabeça.

Foi o pai da adolescente quem a encontrou no dia de Natal. Na ocasião, o mesmo informou que sua filha havia saído de casa para ir até a rua usar o sinal de internet wi-fi. No entanto, ela não retornou e os familiares passaram a procurá-la. O caso gerou comoção entre os moradores da região.

Durante diligências para apurar o crime, o autor foi identificado e teve o pedido de prisão deferido pela Justiça. Nas investigações realizadas pela Delegacia de Campinápolis, em conjunto com o Núcleos de Inteligência de Água Boa e de Confresa, foi possível levantar o paradeiro do criminoso nas proximidades da divisa dos estados de Mato Grosso e Pará.

Diante dos fatos, a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, solicitou apoio da Polícia Civil do Pará, que conseguiu surpreender L.I.F.M. de 33 anos, na cidade de Santana do Araguaia.

Em cumprimento ao mandado de prisão temporária, o preso foi detido e encaminhado para a Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa, onde ficará à disposição da Justiça da Comarca de Nova Xavantina e da Delegacia de Campinápolis, responsável pelo inquérito policial.

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil recebe doação de materiais para desinfecção de delegacias da área metropolitana

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil recebeu materiais e equipamentos de proteção individual que serão utilizados para a desinfecção das unidades de Cuiabá e de Várzea Grande. As centrais de flagrantes, por ter maior número de servidores, pessoas conduzidas e usuários, passarão pela desinfecção com maior regularidade.

As bombas pulverizadoras com costais, uniformes de proteção, luvas, máscaras e botas foram doadas pelo delegado Marcos Veloso. Ele viabilizou ainda com a empresa de saneamento Águas Cuiabá, a doação de 150 litros de cloro que será utilizado para a desinfecção de ambientes nas delegacias.

Para o delegado-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval de Resende, as doações representam o espírito de união que foi estabelecido em um momento como o que todos estão vivendo, em função da pandemia da Covid-19, incluindo os servidores da segurança pública que prestam serviço essencial. “Empresas se uniram ao Governo de Mato Grosso, colaborando com essas doações de materiais imprescindíveis, diante da necessidade de prevenção de nossos policiais que estão nas unidades atendendo ocorrências, registrando flagrantes, enfim, serviços que não podem parar. Agradeço imensamente a colaboração, pois este é um o momento em que todos devemos zelar e seguir as recomendações sanitárias, a fim de evitar a propagação do coronavírus”.

Foram doados dez conjuntos de roupas protetoras, quatro pares de botas de borracha, 08 pares de luvas de borracha e a 50 máscaras para que realização da desinfecção com segurança. “A ação de higienização busca resguardar a integridade física de todos e buscamos, desta forma, auxiliar os profissionais que estão na linha de frente neste momento”, afirmou Veloso.

O material foi entregue nesta sexta-feira (03.04) à diretoria da Polícia Civil.

Passarão pela higienização todas as delegacias, especialmente as que tem maior fluxo de atendimento e circulação de pessoas, como as centrais de flagrantes de Cuiabá e de Várzea Grande e a central de ocorrências localizada no prédio da 1a Delegacia da Capital.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas