Connect with us

Policial

Polícia Civil esclarece dois homicídios com prisão dos autores em Sinop

Publicado em

Assessoria | PJC-MT

Dois homicídios ocorridos em Sinop (500 km ao Norte) foram esclarecidos pela Polícia Judiciária Civil com a identificação e cumprimento de ordens judiciais contra os autores em ações realizadas pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) com apoio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). As ações resultaram na prisão de uma mulher e apreensão de um adolescente, apontados como autores dos crimes.

A paraguaia, Ramona Aguero Pereira, 46, foi identificada como autora do homicídio do companheiro, Vanderlei Ribeiro, 53, ocorrido no dia 05 de janeiro deste ano. Na ocasião, a vítima foi atingida com golpe de arma branca na região da cabeça e do pescoço, na residência do casal, no bairro Boa Esperança, em Sinop .

Foram meses de trabalho investigativo e levantamento de indícios para identificação da autoria do crime. Segundo as investigações, o casal se desentendia há algum tempo e tanto marido quando mulher mantinham relacionamentos extraconjugal. Dias antes do crime, Vanderlei tentou agredir a ex companheira.

Ramona teve o mandado de prisão representado pela Polícia Civil e expedido pela Justiça. Ela foi presa na residência em que morava com a vítima, mesmo local em que praticou o crime Mesmo com ações comprovadas nas investigações da atuação da suspeita, Ramona nega o crime.

Adolescente apreendido

Outro caso com autoria esclarecida foi a morte de Washington Vinícius dos Santos Ferreira, ocorrida no último dia 06 de setembro deste ano. Segundo as investigações, o menor M.M.M., 17, motivado por uma dívida de drogas.

A vítima foi atingida por vários disparos de arma de fogo no tórax e na cabeça, em sua residência, onde também era seu local de trabalho. Nas investigações, foram identificadas duas linhas de motivação para o crime, uma delas rixa entre facções criminosas e a segunda, apresentada pelo próprio adolescente identificado como autor, é que a vítima devia R$ 200 em drogas para o suspeito.

Após ter o mandado de busca e apreensão cumprido, nesta terça-feira (16.10), o menor confessou a autoria do homicídio e disse que vendeu o revólver que usou na execução e que jogou a camiseta que usava no dia em uma fossa.

Comentários Facebook
Advertisement

Policial

Autor de homicídio em Arenápolis é preso em flagrante pelo Polícia Civil

Published

on

Um homem apontado como autor do homicídio ocorrido na noite de quarta-feira (27.07), no município de Arenápolis (258 km a médio norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante atendimento da ocorrência.

Os investigadores de Arenápolis foram informados sobre uma situação de tortura e de homicídio por meio de arma cortante, que vitimou a pessoa de José Augusto Rodrigues de Souza, 20 anos.

Imediatamente a equipe acompanhada do delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, foram até o hospital onde a vítima havia dado entrada, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Em seguida, os policiais civis foram até o local dos fatos para obterem mais detalhes acerca do ocorrido. Durante entrevista com populares foi possivel qualificar o autor do homicídio, o qual foi localizado nas proximidades, sentado em frente de uma residência.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Arenápolis, e no interrogatório assumiu o crime. Ele alegou que foi cercado por três indivíduos de uma facção rival, e passou a ser espancado com capacetes e uma mangueira, momento em que conseguiu sacar uma faca e golpeou a vítima.

Conforme o delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, os indícios apontam que o homicídio decorreu da legítima defesa, pelo fato que os três homens na função de “disciplina” dariam um salve no suspeito.

Após a confecção dos autos, o preso será apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas