Connect with us

Policial

Polícia Civil cumpre mandados contra integrantes de facção envolvida com tráfico de drogas em Juína

Publicado em

Assessoria | PJC-MT

Quatro integrantes de uma facção criminosa envolvida com tráfico de drogas e outros crimes foram alvo de operação deflagrada, na tarde de sábado (20.10), pela Polícia Judiciária Civil de Juína (735 km ao Médio-Norte). A ação resultou no cumprimento de 6 ordens judiciais (2 mandados de busca e apreensão e 4 de prisão), além da apreensão de drogas e apetrechos relacionado ao tráfico.

Lucas Ferreira do Prado, 23, o “Brilhante”, Marco Antonio Rodrigues, 29, conhecido como “Markola”, Edson Gomes de Oliveira, 36, e Eric Ruan Bueno Ferreira, 19, tiveram mandados de prisão decretados com base em investigações da Delegacia de Juína coordenadas pelo delegado Marco Bortolotto Remuzzi.

De acordo com o delegado, as prisões são resultado de trabalho investigativo que identificou os suspeitos como integrantes de uma organização criminosa fortemente atuante com o tráfico de drogas em Juína. “Os suspeitos eram monitorados há algum tempo, ficando claro o envolvimento com uma facção criminosa com ramificação em Juína, visando principalmente o comércio de entorpecentes no município”, disse o delegado.

Os acusados responderam pelos crimes de tráfico de entorpecentes e organização criminosa. Em menos de 30 dias, 10 pessoas envolvidas com tráfico de drogas tiveram mandados de prisão cumpridos no município, todos representados pela Polícia Civil.

Esdon Gomes de Oliveira e Eric Ruan Bueno tiveram as ordens de prisão cumpridas no Centro de Detenção Provisória de Juína. Eles estavam presos por participação em outros crimes e tiveram as prisões preventivas decretadas pela Justiça por integrarem a organização criminosa. Eric foi preso recentemente trazendo 10 quilos de entorpecentes para Juína.

Alvo de mandados de busca e apreensão e de prisão, Lucas Ferreira do Prado foi localizado pela equipe da Polícia Civil, em bar no bairro Módulo 5. Ao ser abordado pelos policiais, o suspeito apresentou identidade falsa, com nome de outra pessoa, porém em checagem do documento foi constatada a falsificação. O acusado foi conduzido a Delegacia de Juína, onde além de ter o mandado de prisão cumprido foi autuado em flagrante por falsidade ideológica.

O suspeito, Marco Antonio Rodrigues, foi abordado pela equipe de investigadores em via pública, e com ele os policiais apreenderam duas porções pequenas de maconha e R$ 40 em dinheiro. Em cumprimento de buscas na residência do suspeito, foi encontrado em seu quarto uma porção média de maconha enrolada em um saco plástico e um frasco com mais uma porção da droga.

Questionado, Marco Antonio confessou que havia outros apetrechos relacionados ao tráfico de drogas, na casa de sua mãe, no bairro Palmiteira. Em diligências no local, os policiais apreenderam uma balança digital, uma bandeja e uma faca com resquícios de pasta base de cocaína. O suspeito e o material apreendido foram encaminhados para delegacia.

Lei Seca

Além da operação de combate ao tráfico, a Polícia Civil de Juína realiza periodicamente blitz da operação lei seca, visando diminuir as incidências de crimes de embriaguez ao volante no município.

 

Comentários Facebook
Advertisement

Policial

Autor de homicídio em Arenápolis é preso em flagrante pelo Polícia Civil

Published

on

Um homem apontado como autor do homicídio ocorrido na noite de quarta-feira (27.07), no município de Arenápolis (258 km a médio norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante atendimento da ocorrência.

Os investigadores de Arenápolis foram informados sobre uma situação de tortura e de homicídio por meio de arma cortante, que vitimou a pessoa de José Augusto Rodrigues de Souza, 20 anos.

Imediatamente a equipe acompanhada do delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, foram até o hospital onde a vítima havia dado entrada, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Em seguida, os policiais civis foram até o local dos fatos para obterem mais detalhes acerca do ocorrido. Durante entrevista com populares foi possivel qualificar o autor do homicídio, o qual foi localizado nas proximidades, sentado em frente de uma residência.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Arenápolis, e no interrogatório assumiu o crime. Ele alegou que foi cercado por três indivíduos de uma facção rival, e passou a ser espancado com capacetes e uma mangueira, momento em que conseguiu sacar uma faca e golpeou a vítima.

Conforme o delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, os indícios apontam que o homicídio decorreu da legítima defesa, pelo fato que os três homens na função de “disciplina” dariam um salve no suspeito.

Após a confecção dos autos, o preso será apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas