conecte-se conosco


Tecnologia

PlayStation 5 deve ser revelado em fevereiro

Publicado

Olhar Digital

PlayStation 5 arrow-options
Reprodução/LetsGoDigital

Imagem vazada no PlayStation 5


Há alguns dias, a Sony confirmou que não participaria da E3 2020 , sendo este o segundo ano em que a empresa fica de fora do famoso evento. Por isso, todos esperam que o PlayStation 5 , próximo console da marca, seja apresentado em um evento próprio em algum momento deste ano. Agora, um membro conhecido da indústria afirma que o evento de revelação do console está “a menos de quatro semanas”.

Quem fez a declaração foi David Jaffe , desenvolvedor de games como ‘God of War’ e ‘Twisted Metal’, o que significa que ele pode saber mais sobre o assunto do que a maioria das pessoas.


Os comentários de Jaffe fazem sentido, principalmente se considerarmos que o anúncio do console anterior, o PlayStation 4 , também ocorreu em fevereiro. Além disso, essa informação corrobora outro rumor anterior, em que um usuário do fórum 4chan revelou diversas informações sobre o console e sobre seu mês de anúncio. Segundo ele, o videogame seria revelado em fevereiro, com a pré-venda começando em alguns mercados selecionados logo em seguida.

Leia também: Sony deve lançar versão Pro do PlayStation 5

A única diferença em relação ao vazamento do usuário do fórum é o dia da revelação. A declaração de Jaffe dá a entender que o evento poderia ocorrer em 15 de fevereiro – ao contrário do vazador que aponta para 5 de fevereiro.

A Sony ainda não enviou convites para o evento ou sequer confirmou que ele será realizado em fevereiro. Entretanto, como as coisas acontecem muito rápido na indústria dos games , podemos nos surpreender em breve com a convocação para um evento surpresa.

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Anvisa bloqueia Zoom em seus computadores

Publicado


source
Zoom arrow-options
Unsplash/Allie Smith

Aplicativo Zoom passa por diversos escândalos de privacidade


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária ( Anvisa ) bloqueou o uso da ferramenta Zoom em seus computadores. A medida veio depois da identificação de possíveis falhas de segurança no aplicativo

A Anvisa afirma que sua equipe de Tecnologia da Informação acompanha os recentes acontecimentos que envolvem o Zoom . Recentemente, várias falhas de segurança foram encontradas na plataforma por especialistas do mundo todo, o que poderia dar espaço para a ação de hackers

Leia também: Zoom é seguro? Entenda os escândalos de privacidade envolvendo o aplicativo

O próprio CEO do Zoom , Eric Yuan, admitiu, em entrevista ao The Wall Street Journal, os erros que a empresa teve ao tentar proteger a privacidade de seus usuários. 

Ele afirmou, ainda, que a empresa já trabalha na correção dessas falhas, e se esforça para construir uma criptografia de ponta a ponta nas videoconferências realizadas no Zoom

A Anvisa afirma que aguarda essas correções de software que devem ser disponibilizadas pelo aplicativo para, então, poder reavaliar seu posicionamento.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas