Connect with us

Policia Federal

PF prende mulher desembarcado com mercadorias não declaradas

Publicado em

Guarulhos/SP – A PF prendeu nesta terça-feira (9/10), no Aeroporto Internacional de São Paulo, uma mulher trazendo da China, mercadorias não declaradas à Receita Federal.

Servidores da Receita Federal selecionaram a passageira, uma chinesa, de 43 anos, quando ela passava pelo canal de inspeção de que não tem nada a declarar. A passageira trazia consigo duas malas, dentro das quais foram encontradas diversas camisetas, tênis, mais de mil telas de aparelhos celulares e adaptadores de cartão de memória, sem qualquer documentação legal de suporte. A Polícia Federal foi acionada e conduziu a suspeita à delegacia onde, após ser ouvida, foi presa pelo crime de descaminho. A mulher declarou que os produtos pertenciam a um amigo, o mesmo que pagou pela sua viagem ao país. Foi arbitrada fiança no valor de dez salários mínimos.

Em outra ação realizada pelos servidores da Receita Federal, foi identificado conteúdo suspeito dentro de uma encomenda aérea destinada à Hong Kong. Na delegacia da PF, os peritos federais examinaram a encomenda e, dentro de um aparelho de som, localizaram duzentos gramas de cocaína. A droga foi apreendida e um inquérito policial foi instaurado com vistas a identificar os responsáveis pela remessa ilícita.

A presa será encaminhada ao presídio feminino da capital, onde permanecerá à disposição da Justiça.

 

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Comentários Facebook
Advertisement

Policia Federal

PF combate crime ambiental em Missão Velha/CE

Published

on

Fortaleza/CE – A Polícia Federal cumpriu dois mandados de busca e apreensão, com objetivo de combater extração irregular de arenito e areia no município de Missão Velha/CE, ação com reflexos ambientais em áreas de Preservação Permanente às margens do Riacho Seco.

 Aproximadamente 10 policiais federais atuaram para o cumprimento dos mandados expedidos pela Justiça Federal, em locais de lavras de materiais minerais que vinham sendo utilizadas por empresários da região do Cariri, havendo indícios de ausência de licenças ambientais necessárias ao exercício da atividade. As buscas tiveram como objetivo paralisar as atividades que vinham provocando assoreamento das margens do Riacho Seco, que recebe águas do projeto de transposição do Rio São Francisco, provocando assim, danos à flora local e às pessoas que se utilizam daquele bem natural.

Foram arrecadadas provas da atividade mineradora e realizado o georreferenciamento dos polígonos onde ocorre as extrações irregulares de areia e arenito, sendo utilizado drones na ação policial. A perícia da PF fez levantamento integral dos danos causados pela atividade minerária que, em sendo confirmada ilegalidade na investigação, poderá levar os responsáveis ao indiciamento pelos crimes contra o meio ambiente – mineração ilegal e usurpação de bem da União, previstos no art. 2o da Lei n. 8.176/91 e art. 55 da Lei n. 9.605/98, com penas de até 6 anos de prisão.

Comunicação Social da Polícia Federal no Ceará

Contato: (85) 33924867/9.9972-0194

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas