Connect with us

Policia Federal

PF investiga fraudes em instituto de previdência no interior pernambucano

Publicado em

Recife/PE – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (19/10) a Operação Abismo, visando reprimir e desarticular um esquema de fraudes no instituto de previdência dos servidores de um município da região metropolitana de Recife.

Ao todo, 220 policiais federais estão cumprindo 64 ordens judiciais, sendo 42 mandados de busca e apreensão, 10 mandados de prisão preventiva e 12 mandados de prisão temporária, nos estados de Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraíba, Goiás, Santa Catarina e no Distrito Federal. As medidas foram determinadas pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região, que ainda autorizou o sequestro e bloqueio de bens e valores depositados em contas em nome dos investigados.

As investigações, que tiveram início em março de 2018, apuraram que foram transferidos mais de R$ 90 milhões do instituto, que antes se encontravam investidos em instituições sólidas, para fundos de investimento compostos por ativos podres, isto é, sem lastro e com grande probabilidade de inadimplência futura, colocando em risco o pagamento da aposentadoria dos servidores do município.

No curso da investigação, coletaram-se indícios de que a alteração na carteira de investimentos do Instituto de Previdência foi efetuada a mando do prefeito do aludido município, por meio de ingerência inadequada na administração daquele órgão, em razão do oferecimento de vantagem indevida.

Os envolvidos responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de lavagem de dinheiro, associação criminosa, crimes financeiros, corrupção ativa e passiva, cujas penas ultrapassam os 30 anos de reclusão.

Os presos serão levados até a sede da Polícia Federal, onde serão interrogados e, em seguida, serão encaminhados para os respectivos sistemas prisionais. Os dos outros estados ficarão reclusos nos sistemas prisionais respectivos, à disposição do Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

 

DISTRIBUIÇÃO DOS MANDADOS

 

Pernambuco: 18 MB, 2 MPT e 4 MPP (Cabo, Sagueiro e Vitória)

São Paulo: 10 MB, 1 MPT e 5 MPP (Jundaí e Guariba)

Rio de Janeiro: 10 MB, 6 MPT e 1 MPP (Capital)

Paraíba: 1 MB (Monteiro)

Distrito Federal: 1 MB

Goiás: 1 MB, 1 MPT (Goiânia e Anápolis)

Santa Catarina: 1 MB, 2 MPT

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Pernambuco

Contato: (81)2137-4076

Comentários Facebook
Advertisement

Policia Federal

Polícia Federal combate fraudes previdenciárias

Published

on

Recife/PE. A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (17/8) a Operação Coach 2 para cumprir 2 mandados de busca e apreensão expedidos pela 13ª Vara Federal da Seção Judiciária de Pernambuco, objetivando a localização e arrecadação de um automóvel.

Trata-se de uma fase da Operação Manager, deflagrada no ano de 2016, onde foi investigado um grupo envolvido com fraudes previdenciárias, conforme divulgado pela imprensa na ocasião.

Em abril de 2019, foi realizada a Operação Coach 1, que resultou na apreensão de diversos veículos. Tais medidas, se coadunam com a fase processual de descapitalização dos bens dos envolvidos em razão de lavagem de capitais.

Comunicação Social da Polícia Federal em Pernambuco

[email protected]

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas