Connect with us

Policia Federal

PF combate o comércio ilegal de cigarros

Publicado em

Rio Grande/RS – A Polícia Federal deflagra nesta quarta-feira (10/10) a Operação Pancada, para desarticular duas grandes organizações criminosas investigadas por comercializar irregularmente cigarros contrabandeados ou distribuídos com sonegação de tributos.

Cerca de 250 policiais federais cumprem 16 mandados de prisão e 66 de busca e apreensão nos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

A investigação iniciou em março de 2018 quando a Polícia Federal descobriu um depósito em Rio Grande com 380 mil maços de cigarros estrangeiros, avaliados em R$ 2 milhões. Na ocasião, quatro pessoas foram presas em flagrante.

A investigação constatou a atuação de organizações criminosas que distribuíam, na zona sul do Estado, cigarros contrabandeados e, também, produzidos clandestinamente no País, de marcas idênticas às paraguaias. O preço do produto falsificado, muitas vezes, era inferior ao do cigarro contrabandeado.

Estima-se que as organizações criminosas movimentavam mais de R$ 2,5 milhões por mês com a distribuição de meio milhão de maços de cigarro na região. A investigação teve o apoio da Receita Federal e da Polícia Rodoviária Federal.

Será realizada entrevista coletiva às 10 horas de hoje na Delegacia de Polícia Federal em Rio Grande.

CIDADE/UF

MANDADO DE BUSCA

—MANDADO DE PRISÃO

Rio Grande/RS

38

15

Pelotas/RS

1

0

Cachoeirinha/RS

1

0

Alvorada/RS

1

0

Porto Alegre/RS

4

0

Barão do Triunfo/RS

4

0

Gravataí/RS

1

1

Canoas/RS

5

0

Esteio/RS

1

0

Caxias do Sul/RS

5

0

Agudo/RS

1

0

Cachoeira do Sul/RS

3

0

Maracajá/SC

1

0

*Mandados expedidos

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Sul

Contato: (51) 3235.9005

[email protected]

Comunicação Social da Polícia Federal em Rio Grande

Contato: (53) 3293-9000

Comentários Facebook
Advertisement

Policia Federal

Polícia Federal combate fraudes previdenciárias

Published

on

Recife/PE. A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (17/8) a Operação Coach 2 para cumprir 2 mandados de busca e apreensão expedidos pela 13ª Vara Federal da Seção Judiciária de Pernambuco, objetivando a localização e arrecadação de um automóvel.

Trata-se de uma fase da Operação Manager, deflagrada no ano de 2016, onde foi investigado um grupo envolvido com fraudes previdenciárias, conforme divulgado pela imprensa na ocasião.

Em abril de 2019, foi realizada a Operação Coach 1, que resultou na apreensão de diversos veículos. Tais medidas, se coadunam com a fase processual de descapitalização dos bens dos envolvidos em razão de lavagem de capitais.

Comunicação Social da Polícia Federal em Pernambuco

[email protected]

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas