Connect with us

Tecnologia

Paul Allen, cofundador da Microsoft, morre aos 65 anos

Publicado em


Em nota, a irmã de Paul Allen, Jody, disse que o empresário era um
Reprodução/Facebook

Em nota, a irmã de Paul Allen, Jody, disse que o empresário era um “indivíduo memorável em todos os níveis”, além de “um irmão e tio muito querido”

Paul Allen, cofundador da Microsoft, morreu nesta segunda-feira (15), em Seattle (EUA), de complicações de um linfoma não-Hodgkin, um tipo de câncer que atinge os linfócitos, um tipo de glóbulo branco. As informações foram divulgadas pela Vulcan Inc., empresa fundada pelo próprio Allen, e publicadas pela rede norte-americana CNBC.

Leia também: Apple torna-se primeira empresa do mundo a valer mais de US$ 1 trilhão

Empresário, filantropo e parceiro de Bill Gates, Paul Allen
tinha 65 anos. Em nota, sua irmã Jody disse que Allen era um “indivíduo memorável em todos os níveis”, além de “um irmão e tio muito querido”.

“Mesmo com todos os seus compromissos, ele sempre tinha tempo para a família e os amigos. Neste momento de perda e de luto para nós – e para muitos outros – somos profundamente gratos pelo cuidado e pela preocupação que ele demonstrava todos os dias”, completou.

Por meio da Vulcan Inc., o cofundador da Microsoft
apoiava pesquisas em inteligência artificial e novas tecnologias de fronteira. O grupo também investia em instituições culturais de Seattle, a mais populosa do estado de Washington, e na revitalização de partes da cidade.

Também em nota, o CEO da Vulcan Inc, Bill Hilf, afirmou que Paul Allen tinha um “intelecto notável” e uma paixão em resolver alguns dos problemas mais difíceis do mundo. “Todos nós que tivemos a honra de trabalhar com Paul sentimos uma perda inexprimível hoje”, escreveu.

Leia também: Google rastreia localização dos usuários mesmo com função desligada

Satya Nadella
, atual CEO da Microsoft, também fez declarações sobre Allen por meio do Twitter de sua empresa. Segundo Nadella, as contribuições do empresário para a companhia, a indústria e a comunidade eram indispensáveis.

“As contribuições de Paul para a nossa empresa, nossa indústria e nossa comunidade são indispensáveis. Como cofundador da Microsoft, do seu jeito quieto e persistente, criou produtos, experiências e instituições mágicas, e por fazê-lo, mudou o mundo. Aprendi muito com ele – sua inquisitividade, curiosidade e seu impulso por altos padrões é uma coisa que continuará a inspirar a mim e a todos na Microsoft. Nossos corações estão com a família de Paul e seus entes queridos. Que descanse em paz”.

Leia também: Twitter recebeu 2,7 milhões de postagens sobre divergências políticas, diz FGV

No perfil oficial de Paul Allen
no Twitter, seu falecimento foi anunciado apenas com uma imagem. Ao lado de sua foto e as datas de seu nascimento e morte, uma frase do empresário: “Contanto que trabalhemos juntos – com urgência e determinação – não há limites para o que podemos conquistar”.

Comentários Facebook
Advertisement

Tecnologia

Xiaomi lança Redmi Note 9S no Brasil com bateria que dura dois dias

Published

on


.
Redmi Note 9S arrow-options
Reprodução

Xiaomi lança Redmi Note 9S


A Xiaomi anunciou o Redmi Note 9S no Brasil nesta segunda-feira (20) em um evento online. O smartphone intermediário chega ao país custando a partir de R$1799 em pré-venda, valor competitivo para as especificações interessantes que o dispositivo traz. 

Um dos maiores chamativos do modelo é o conjunto de quatro câmeras traseiras, com lente principal de 48MP. As demais lentes são uma macro, uma ultra-wide e um sensor de profundidade. 

Isso permite que o Redmi Note 9S produza fotografias tanto com campo mais aberto quanto de objetos bastante próximos com qualidade. Além disso, o smartphone consegue entregar efeitos queridos pelos usuários, como o modo retrato com fundo desfocado. 

Uma novidade da câmera do smartphone é que ela tem um modo de digitalização de documentos, que otimiza as imagens. Além disso, a Google Câmera, que melhora imagens, já vem integrada ao dispositivo.

Leia também: Celular da Xiaomi roda Windows 10; confira

Já a câmera frontal é de 16MP. Bons recursos estão presentes no modo selfie , como o efeito retrato, a foto panorâmica, vídeos em câmera lenta e full HD. A lente frontal fica localizada em um pequeno notch em formato de círculo no topo da tela, otimizando o espaço.

Bateria poderosa 

Outra especificação interessante do Redmi Note 9S é a bateria poderosa. Com 5020 mAh, a promessa é de que o smartphone tenha autonomia de até mais de dois dias, dependendo da frequência de uso. Além disso, o carregamento rápido suporta 18 watts. 

A respeito do processamento, o Redmi Note 9S vem com chipset Snapdragon 720G de oito núcleos. O processador gamer permite que o celular rode jogos com tranquilidade. O aparelho tem opções com 4GB e 6GB de memória RAM. Também há duas opções de armazenamento interno, com 64GB ou 128GB.

Leia também: Xiaomi lança boné inteligente contra a calvície

O celular é lançado com Android 10 , e a versão da interface adaptada da Xiaomi é o MIUI 11.

O modelo

O Redmi Note 9s é a versão global do Redmi Note 9 Pro, lançado no início de março da Índia. O lançamento global do modelo aconteceu no dia 23 de março e, agora, ele desembarca no Brasil. 

O smartphone tem especificações intermediárias premium e chega ao país com a expectativa de agradar pelo bom custo-benefício. Esse é justamente o motivo pelo qual a Xiaomi tem ganhado bastante destaque por aqui, com seus modelos intermediários ocupando o topo das listas de celulares mais buscados. 

O Redmi Note 9S chega com 6,67 polegas e proteção de Gorila Glass 5 na parte frontal e traseira, incluindo as câmeras. O debloqueio da tela pode ser feito por reconhecimento facial ou por impressão digital – o sensor fica localizado na lateral direita do aparelho, prometendo mais conforto.

Leia também: Celular da Xiaomi explode e empresa culpa usuário

O celular começa a ser vendido no Brasil em duas versões. A pré-venda já começou e vai até às 23h de hoje (20) ou enquanto durarem os estoques. A venda posterior não tem data para começar. O modelo com 4GB de RAM e 64GB de armazenamento vai custar R$2799 (ou R$1799 para quem comprar hoje), enquanto a versão com 6GB de RAM e 128GB de memória será vendida por R$2999 (ou R$1999 para quem comprar hoje). Ambos estão disponíveis nas cores branco glacial, azul aurora e cinza interestelar.

Especificações completas do Redmi Note 9S

  • Tamanho: 6,67 polegadas
  • Resolução da tela: 1080 x 2400
  • Proteção: Gorilla Glass 5
  • Cores: Branco glacial, azul aurora e cinza interestelar
  • Sistema operacional: Android 10, MIUI 11
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 720G
  • Memória RAM: 4GB/6GB
  • Armazenamento interno: 64GB/128GB
  • Bateria: 5020 mAh
  • Câmera frontal: 16MP
  • Câmera traseira: Sensor principal de 48 MP; Sensor secundário de 8 MP (ultra-wide 190º); Sensor de 5 MP (Macro) Sensor de 2 MP (profundidade)
Fonte:

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas