conecte-se conosco


Mulher

Mulher conta como descobriu traição após marido se “interessar” por cavalos

Publicado

source

A inglesa Leanda Fearnley, de 32 anos, sempre adorou equitação e tem verdadeiro fascínio por cavalos. Foi durante um evento equestre, inclusive, que ela conheceu Mark, seu ex-noivo. Em um desabafo publicado no jornal The Sun , a mulher revelou os detalhes de seu relacionamento com ele e falou sobre a dor que sentiu ao descobrir a traição do homem.

Leia também: Mulher revela traição com homem 11 anos mais velho: “Melhor sexo da minha vida”

mulher descobre traição do noivo com uma das melhores amigas arrow-options
Reprodução/Facebook/Leanda Fearnley

Leanda Fearnley e Mark estavam juntos há 16 anos quando ela descobriu a infidelidade do parceiro

Apesar de estar no evento sobre cavalos, Mark não gostava e nem tinha interesse em equitação, estava lá apenas para ajudar na organização. Por isso, quando o homem começou a apreciar do hobby da companheira e a querer acompanhá-la em todas as ocasiões, ela ficou feliz. A alegria, entretanto, logo deu lugar a uma desconfiança, seguida pela frustração de descobrir a traição . Aliás, uma traição dupla.

Como tudo começou

“Andar a cavalo era a minha vida. Eu participava de eventos de salto na maioria dos fins de semana desde pequena e, nos últimos 14 anos, incomodava meu noivo Mark para me ver competir. Então, de repente, não conseguia afastá-lo [dos eventos equestres]”, inicia Leanda.

A inglesa reforçou que desde quando conheceu o ex-noivo ele era um “cavalheiro perfeito”, e isso a fez imaginar que deveria passar a vida inteira com o homem. “Assim que ele me pediu em noivado, eu disse que sim, mas os planos de casamento foram suspensos quando descobri que estava grávida e, 14 anos e quatro filhos depois, ainda não tivemos tempo para casar”, explica ela. “Não importava, eu adorava nossa família caótica, mas amorosa”, acrescenta.

Leanda continua o relato afirmando que ela e Mark sempre discutiam sobre as competições equestres. “Ele pensava que eu passava muito tempo com meus cavalos, enquanto eu apenas desejava que ele me apoiasse”, confessa a mulher.

Leia mais:  Dicas de beleza de SabrinaSato, Maísa e outras famosas e como adotá-las agora

“Por isso, achei estranho quando Mark mudou completamente de ideia e insistia em acompanhar todos os meus eventos. Não consegui explicar o interesse repentino, mas não estava reclamando. Fiquei feliz com a ajuda e isso significava que passaríamos mais tempo juntos como casal “, declara.

O então companheiro se dedicava tanto a ajudar a parceira que chegou a trocar de carro para ficar mais fácil de se locomover com os cavalos. “Com meu cavalo, Lady, a bordo e em segurança, fomos até a casa da minha amiga Claire* para buscá-la e viajar juntos para um evento. Quando vi Mark dar um tapinha no bumbum de Claire um dia, eu sabia que algo estava acontecendo”, constata a inglesa.

Leanda e Claire se conheceram nos estábulos e a amizade entre elas foi marcada pela paixão em comum por cavalos, e não demorou para que a dupla passasse a sair junto e até a “dividir garrafas de vinho”.

A mulher enfatiza que tentou ignorar o “tapinha” que Mark deu na amiga, mas ficou cada vez mais difícil. “Eu disse a mim mesma para parar de ser boba. Era bom que eles estivessem próximos e, além disso, Claire era casada”, relembra. Além disso, ela recorda que, ao ser confrontado, Mark disse pensar que era ela ao invés de Claire.

“Estava na hora de virar detetive”, diz Leanda

mulher descobre traição do noivo com uma das melhores amigas arrow-options
Reprodução/Facebook/Leanda Fearnley

Leanda decidiu parar de ignorar sua intuição e investigou o Facebook do parceiro

Leanda decidiu parar de ignorar “a sensação desconfortável” que tinha. “Pensei em todos os pequenos olhares, no interesse repentino de Mark por cavalos”, diz. Com isso, ela ficou determinada: “Estava na hora de virar detetive”.

“Eu esperei Mark sair uma noite, antes de invadir sua conta do Facebook . Meu coração acelerou no meu peito quando meus piores medos foram confirmados e eu rolei através de mensagens explícitas entre ele e Claire”, afirma a inglesa no texto de desabafo. “Eu até vi uma foto deles abraçados juntos em um sofá”, comenta.

Leia mais:  Mãe fica assustada ao ver “bebê demônio” sorrindo em ultrassom

No meio do bate-papo entre os dois, ela encontrou uma informação que a deixou ainda pior. “Nada poderia ter me preparado para a mensagem que Mark enviou a Claire, tentando terminar o caso deles. ‘Mas eu não quero desistir dos últimos três anos’, Claire enviou de volta”, lembra Leanda.

Nervosa ao constatar a traição dupla, a mulher relata que correu para fora da casa decidida a confrontar o então parceiro. Um vizinho, no entanto, a ouviu e se comoveu com a situação. Com isso, ela voltou para casa e ligou para o homem.

Assim que disse saber de tudo, a inglesa indagou ao telefone: “Como você pôde?”. Ao enviar para ele todas as mensagens “incriminadoras” que encontrou no Facebook, Mark não titubeou em pedir outra chance.

Ela, então, pensou melhor e escolheu acatar ao pedido. “Passamos tanto tempo juntos e, pelo bem de nossos quatro filhos, decidi que deveríamos reatar nosso relacionamento”, destaca. “Mas não consegui superar a traição de Mark. A confiança foi quebrada e, alguns meses depois, em 2017, nos separamos para sempre”, conta Leanda.

Leia também: Após traição, mulher briga com família e se casa com amante: “Não me arrependo”

O The Sun também publicou uma declaração de Mark, que confessou ter traído Leanda. “Sim [eu me sinto mal pelo que aconteceu, com Leanda sendo a melhor amiga de Claire]”, diz uma parte da nota. Como se isso não fosse o suficiente, ele ainda pede à ex-noiva: “Você pode me devolver o anel?”.

A inglesa conta que, após terminar com o homem, ele assumiu um relacionamento com Claire e o casal está junto desde então. “Ainda não acredito que ele trocou nossos 16 anos juntos por ela, mas estou melhor sem eles”, finaliza Leanda Fearnley sobre a traição .

*Claire é um nome fictício

Comentários Facebook
publicidade

Mulher

Mulher viaja mais de 800 km para perder virgindade com casal

Publicado

por

source

Gabrielle Reese tinha 18 anos quando viajou mais de 800 km para perder a virgindade em um ménage com Jacob Boswell, 42 anos, e Megan Muihead, 27, que são um casal há 11 anos.

Leia também: “Tenho um marido, um noivo e dois namorados”, diz adepta ao poliamor

homem e duas mulheres arrow-options
Reprodução/Daily Star

Gabrielle Resse tinha 18 anos quando perdeu a virgindade com Jacob Boswell, 42 anos, e Megan Muihead, 27

Segundo informações do “Daily Star” , Gabrielle conheceu Jacob em um site de sugar daddy e após três meses de conversa, comprou uma passagem de avião para conhecê-los e, então, ter a sua primeira relação sexual.   

“Perdi minha virgindade naquele final de semana. Não era um plano, mas estávamos todos interessados e abertos à ideia. Foi tudo emocionante e novo. Nos conectamos muito rápido, havia muita química e estávamos todos envolvidos naquela primeira noite”, fala a jovem que é bissexual e adora homens mais velhos.

Ela ainda comenta que como é bissexual , ter a primeira vez com os dois ao mesmo tempo foi bom para experimentar todos os aspectos da sua sexualidade. “As meninas são macias, delicadas e estimulantes. Enquanto os homens são mais dominadores”, diz.

Leia mais:  Mãe fica assustada ao ver “bebê demônio” sorrindo em ultrassom

“Eu sabia que queria fazer isso. Não acho que poderia ter tido uma experiência melhor para a primeira vez. Foi tão íntimo e perfeito”, continua.

Leia também: Para viajar e ajudar a mãe, modelo leiloa a virgindade por quase R$ 10 milhões

Relacionamento a três

homem e três mulheres arrow-options
Reprodução/Daily Mail

Atualmente os três estão em um relacionamento poliamoroso

Gabrielle conta que quando voltou para casa após a viagem, se viu constantemente lembrando-se dos momentos e mandando mensagens o tempo todo para o casal. Ela ficou cada vez mais interessada em se juntar a eles romanticamente.

Após um tempo, a jovem resolveu encarar o poliamor e hoje os três estão juntos há três anos. Ela relata que embora esteja feliz, não é fácil lidar com o ciúme. “Não é um sentimento que quero ter, por isso é algo que trabalhamos”.

Leia também: Tatuadora vive poliamor e prova que é possível reatar com ex-namorado

“Mas temos uma vida sexual saudável juntos. Em alguns meses fazemos sexo cinco vezes por semana, outro mês uma vez por semana e por aí vai”, fala. Ela diz estar tão feliz sexualmente que pretende passar o resto da vida ao lado de Jacob e Megan. “Não me importo com mais ninguém”.

Leia mais:  6 atividades para fazer nas férias que unem estudo e diversão

Jacob reconhece algumas dificuldades do relacionamento a três, mas exalta os lados positivos. “Ser poliamor é um desafio emocional incrível. É mais difícil, mas é incrivelmente gratificante quando dá certo”, comenta.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas