conecte-se conosco


Nacional

Motorista é agredido e tem carro depenado por multidão em festa; assista

Publicado

source
Motorista sendo agredido arrow-options
Reprodução/ O Dia

Jovem foi agredido e teve o carro depredado na saída de uma festa, em Volta Redonda.

Um jovem foi agredido e teve o carro destruído durante uma confusão na saída de uma casa noturna no bairro Jardim Amália, em Volta Redonda, no sul do Rio de Janeiro. O caso aconteceu na madrugada deste domingo (17), onde acontecia uma festa universitária . Imagens mostram uma multidão depredando o veículo.



Segundo relatos nas redes sociais, o motorista do carro teria tentado passar pela via e atropelado algumas pessoas que estavam na rua, o que motivou o início da confusão. De acordo com a Polícia Militar, a corporação foi acionada mas, quando os policiais militares chegaram apenas o carro estava no local e ninguém foi detido. Os vídeos foram encaminhados à Polícia Civil para identificação dos agressores.

Leia mais:  Homem é preso com rifle em loja dos EUA sob suspeita de ataque terrorista

Leia mais: Homem cai nos trilhos do metrô de São Paulo e é salvo por pouco; veja vídeo

O delegado titular da 93ª DP (Volta Redonda), Wellington Vieira, está investigando o caso e informou ao Dia que quatro pessoas já foram identificadas. Dentre elas, duas prestaram depoimentos na delegacia.

“A vítima também foi identificada, ouvida e encaminhada para realizar o exame de corpo de delito”, afirmou Wellington.

O delegado pediu, ainda, para que as pessoas que tenham informações sobre as agressões entrem em contato com a delegacia de Volta Redonda pelo número 197, para registrar a denúncia. O anonimato é garantido.


Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Pedido de Suzane von Richthofen para barrar biografia não autorizada é negado

Publicado

por

source
Suzane Von Richthofen arrow-options
Reprodução

Suzane Von Richthofen foi condenada por planejar a morte dos pais

O vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux , negou nesta quarta-feira (22) um pedido de Suzane von Richthofen para barrar o lançamento de uma biografia não autorizada sobre a vida dela e os assassinatos de Marísia e Manfred Albert von Richthofen, que eram pais dele. O livro Suzane Assassina e Manipuladora será lançado nesta quinta-feira (23).

Em dezembro do ano passado, o ministro Alexandre de Moraes já tinha liberado o lançamento da obra. Na ocasião, ele negou censura prévia, pedida pela defesa de Suzane, e também cassou decisão da Justiça que impedia a chegada do livro às livrarias.

Leia também: Suzane Richthofen segue cercada de violentos e tem apartamento de milionário

Depois de ter esse pedido rejeitado, ela entrou com outra ação na Corte e, desta vez, Fux foi quem a rejeitou.

Em sua decisão, o ministro diz que a “possibilidade de difusão de opiniões e de pontos de vista sobre os mais variados temas de interesse público é condição sine qua non [sem o qual não pode ser, em latim] para a subsistência de um regime democrático”.

Leia mais:  São Paulo tem menor temperatura do ano neste sábado: 7,4°C; domingo pode ter 5°C

Leia também: Suzane Von Richthofen pretende se tornar pastora, revela revista

“Nesse contexto, consigno que a decisão liminar que se pretende cassar através do presente mandamus não caracteriza excepcionalidade flagrante que pudesse justificar a admissão do mandado de segurança contra ato de Ministro do Supremo Tribunal Federal, máxime à luz do firme posicionamento desta Corte no sentido da absoluta impossibilidade de utilização da via mandamental como sucedâneo recursal”, escrevu o ministro.

Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas