Connect with us

Agro Veracidade

Missão da Aprosoja leva produtores rurais para conhecer agricultura dos EUA

Publicado em

Fortalecimento Institucional

Missão da Aprosoja leva produtores rurais para conhecer agricultura dos EUA

Viagem tem no roteiro reuniões com USDA, Bolsa de Chicago, Farm Progress Show e universidades


28/08/2018

Um grupo de produtores rurais de Mato Grosso está em viagem para os Estados Unidos durante esta semana. Organizada pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), a Missão EUA tem como objetivo a troca de experiências, o conhecimento de novas tecnologias e processos internacionais que possam ser aplicados na agricultura local.

Na segunda (27), o vice-presidente da Aprosoja, Fernando Cadore, apresentou uma palestra institucional ao USDA (o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). Cadore falou da importância da associação e também de números da produção mato-grossenses de soja e milho, ressaltando que o Estado é campeão de produção e alia isso à sustentabilidade.

A comitiva da Aprosoja também teve a oportunidade de conhecer melhor os dados da agricultura norte-americanas. De acordo com o grupo, o que chama a atenção é o grande orçamento do USDA focado em pesquisa e, principalmente, melhoramento genético. “Na soja, por exemplo, eles têm focado no melhoramento da qualidade e do teor de óleo, o que vai ao encontro com o que a Aprosoja atualmente tem buscado”, afirmou Cadore.

Após a visita ao USDA, os produtores se dirigiram para a ASA (American Soybeans Association), entidade semelhante à Aprosoja Brasil. A ASA é uma entidade com 98 anos e foi uma ótima oportunidade de troca de informações, na qual os produtores puderam ver como ela funciona e como é a organização estratégica da entidade para resolver as demandas dos produtores.

Na terça-feira (28), foi a vez de conhecer a bolsa de Chicago CME, oportunidade na qual os visitantes conheceram a história da maior bolsa de commodities do mundo, que nasceu da necessidade de balizar o mercado e pagar preço justo aos produtores. Ainda na CME, eles conheceram ferramentas que auxiliam o gerenciamento de riscos dos preços por imagem de satélite, ferramenta essa que futuramente pode substituir o seguro agrícola.

Outro momento importante da visita foi conhecer o pregão eletrônico e o local onde são filtradas e absorvidas todas as informações que balizam os preços das commodities.

Já na quarta (29), haverá a visita na fábrica John Deere, a uma fazenda para mostrar o armazenamento de soja e milho e também à Universidade Agrícola de Iowa.

Uma imersão em novas tecnologias na maior feira de agricultura do mundo. Esta será a experiência da comitiva da Aprosoja na quinta (30), durante a Farm Progress Show, na cidade de Boone. Para finalizar a viagem, na sexta (31), os agricultores conhecem a Universidade Estadual do Iowa (CCUR), o Pioneer Research Center, um centro de pesquisa da empresa, e uma cooperativa local que trabalha com biocombustíveis.

A comitiva da Aprosoja é formada por 17 agricultores, entre diretores e associados.

 

Fonte: Ascom Aprosoja


Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215

Email: [email protected]

Comentários Facebook
Advertisement

Agro Veracidade

ALGODÃO/CEPEA: Preços sobem com força e se aproximam dos R$ 6,30/lp

Published

on

Cepea, 17/8/2022 – Os preços do algodão em pluma voltaram a registar alta nos últimos dias, impulsionados pela posição firme de vendedores. De acordo com colaboradores do Cepea, esses agentes vêm disponibilizando baixos volumes de pluma no spot, especialmente de lotes de melhor qualidade, dando prioridade ao cumprimento de contratos a termo. Além disso, as recentes e fortes elevações na Bolsa de Nova York (ICE Futures) e da paridade de exportação também reforçaram os aumentos no Brasil. Do lado comprador, indústrias adquirem o necessário para seguir com suas atividades e ainda têm dificuldades em acordar preço e qualidade. Já comerciantes buscam fazer novas aquisições para cumprir com suas programações e/ou realizar negócios “casados”. Nesse cenário, de 9 a 16 de agosto, o Indicador CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, subiu expressivos 4,1%, fechando a R$ 6,2962/lp nessa terça-feira, 16. Na parcial do mês, o Indicador acumula alta de 5,15%. Na primeira quinzena de agosto (até dia 15), o preço no Brasil ficou, em média, 14,6% superior à paridade de exportação. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas