Connect with us

Política Nacional

Manifestações de apoio a Bolsonaro ocorrem em ao menos 10 estados e no DF

Publicado em


Atos de apoio a Bolsonaro ocorrem em resposta a protestos de opositores, registrados ontem
Reprodução/Twitter – @SPD_33

Atos de apoio a Bolsonaro ocorrem em resposta a protestos de opositores, registrados ontem

Milhares de pessoas saíram de casa na manhã deste domingo (21) para participar de manifestações de apoio ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL). Foram registrados, até o momento, atos de apoio a Bolsonaro em ao menos dez estados e no Distrito Federal.

Os atos de apoio a Bolsonaro
foram agendados pela internet em resposta aos  protestos ocorridos nesse sábado (20) em todo o País
contra o candidato do PSL. Há notícia de manifestações ocorrendo desde cedo no Paraná, em Pernabuco, no Rio de Janeiro, na Bahia, em Alagoas, em Minas Gerais, no Ceará, no Pará, no Distrito Federal e em São Paulo. Neste último, o maior colégio eleitoral do País, ocorrem atos na capital, no litoral e no interior.

As manifestações de ontem tiveram o mote ‘Ele Não’ e contaram com apoio de grupos da sociedade civil e de partidos políticos que fazem oposição ao capitão da reserva do Exército. As de hoje seguem sistemática semelhante, mas sob um prisma ideológico diretamente oposto: cabos eleitorais de Bolsonaro, como o Movimento Brasil Livre
(MBL), ajudam na organização dos atos, que têm como palavras de ordem as hashtags #NasRuasComBolsonaro, #PTNão e ‘robôs de Bolsonaro’.

Esse último termo, ao lado do também utilizado ‘marqueteiros de Bolsonaro’, trata-se de uma resposta irônica à denúncia de que o  candidato tenha se aproveitado de caixa dois de campanha
por meio da contratação de empresas que disparam notícias contra o PT pelo WhatsApp.

Ainda sem participar de atos de campanha, Bolsonaro usou suas redes sociais para agradecer o apoio recebido pela sua militância. “Agradeço a todos que estão nas ruas e irão mais tarde em todo Brasil, fazendo lindas manifestações em prol do Brasil e dizendo #PTNão #NasRuasComBolsonaro!”, escreveu o presidenciável em sua conta no Twitter.

Ainda nesse sábado (20), o candidato gravou vídeo ao lado do deputado Onyx Lorenzoni (DEM), seu provável ministro da Casa Civil em caso de vitória no segundo turno, para fomentar os atos de apoio deste domingo. “Vamos nos unir para varrer do mapa o comunismo do Brasil”, disse Bolsonaro no vídeo.

Comentários Facebook
Advertisement

Política Nacional

Márcio França é vaiado em evento na USP

Published

on

Estudantes e militantes lotaram a aula aberta na USP
Letícia Martins – 15.08.2022

Estudantes e militantes lotaram a aula aberta na USP

Nesta segunda-feira (15), o candidato ao Senado Márcio França (PSB) participou de uma aula aberta na USP (Universidade de São Paulo) e foi vaiado pela plateia ao ser apresentado pela organização do evento. A recepção ao ex-governador foi completamente diferente de Eduardo Suplicy e Luiza Erundina, que foram ovacionados pelo público.

Após os discursos iniciais, os apresentadores disseram os nomes de lideranças políticas que estavam presentes no local. Randolfe Rodrigues foi o primeiro a ser citado, sendo aplaudido pelas pessoas presentes. Na sequência, França acabou sendo citado e recebeu vaias.

No entanto, apesar da crítica da plateia, o ex-presidente e candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o candidato ao governo de São Paulo Fernando Haddad (PT) aplaudiram Márcio. A vice da chapa do petista na corrida para o Palácio dos Bandeirantes, Lúcia França (PSB), também foi mencionada, mas recebeu poucos aplausos.

Erundina e Suplicy estavam no local e tiveram seus nomes citados pelos organizadores. O público foi ao delírio, ovacionando a ex-prefeita de São Paulo e candidata a deputada federal e o vereador e candidato a deputado estadual pelo estado paulista.

O evento foi promovido para que o Coletivo USP Pela Democracia – formado por professores, estudantes e servidores da Universidade de São Paulo – pudesse demonstrar sua indignação e preocupação com possíveis violações contra a democracia brasileira, além de promover um debate sobre qual a importância das universidades na defesa da liberdade.

A aula ocorreu no vão dos prédios de História e Geografia, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), na Cidade Universitária.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas