conecte-se conosco


Nacional

Igreja Universal acusa pastor de roubar R$ 30 milhões e fugir

Publicado


source
Igreja Universal do Reino de Deus em Brasília
Divulgação/Igreja Universal

Igreja Universal do Reino de Deus em Brasília

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) recebeu uma denúncia da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) de que um pastor teria desviado cerca R$ 30 milhões da igreja. As informações são do Metrópoles .

O religioso, formado em arquitetura e antigo morador da Ceilândia, foi um dos responsáveis pela construção do Templo de Salomão, no bairro do Brás, em São Paulo, além de tocar obras da nova sede da Universal, às margens do Pistão Sul, em Taguatinga.

Segundo a IURD, o pastor teria direcionado contratos para uma construtora localizada em Portugal. Ele também estaria lavando dinheiro em solo estrangeiro.

Ao ser contatado pela igreja, o suspeito fugiu e, até o momento, seu paradeiro não foi descoberto. O nome do arquiteto foi preservado pela PCDF.

A versão do Templo Salomão em Brasília terá capacidade para receber 5 mil pessoar, contará com heliponto, elevador privativo, espelho d’água, arborização, garagem de três andares subterrânea, vista para o céu e uma esteira que levará o dízimo dos fiéis para um cofre.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Anvisa afirma que diretores do órgão não foram intimados pela Polícia Federal

Publicado


source
Anvisa afirma que diretores não foram intimados pela Polícia Federal
Agência Brasil

Anvisa afirma que diretores não foram intimados pela Polícia Federal

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou uma nota na manhã desta terça-feira (30) que desmente uma informação divulgada pelo portal Metrópoles sobre uma possível operação da Polícia Federal no órgão brasileiro.

Segundo a entidade, “nenhum dos cinco Diretores da Anvisa, a saber Antonio Barra Torres, Meiruze de Souza Freitas, Rômison Rodrigues Mota, Cristiane Rose Jourdan Gomes e Alex Machado Campos, recebeu qualquer tipo de contato ou interpelação pela Polícia Federal”.

A Anvisa ressalta, ainda, que não procede a informação de que há a presença de policiais federais na sede do órgão para a realização de uma possível operação.


O esclarecimento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária vem de encontro às revelações do Metrópoles. De acordo com o portal, agentes de segurança investigam fraudes que envolvem a entrega de medicamentos de alto custo. A aquisição dos remédios teria sido feita com recursos públicos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas