conecte-se conosco


Policial

Garota morre atropelada e outros 3 adolescentes ficam feridos em festa automotiva

Publicado

Uma garota de 14 anos morreu e outros três adolescentes ficaram feridos durante um atropelamento na MT-485, próximo a Comunidade rural Morocó, Município de Sorriso, por volta das 03h50 deste domingo (12).

Os jovens estavam a cerca de 10 Km do Centro de Lucas do Rio Verde, numa região conhecida como “Céu”, onde ocorre com frequência encontros de jovens para ouvir som automotivo e ingerir bebidas alcoólicas.

Conforme testemunhas, as vítimas estavam no meio da pista quando um caminhão graneleiro de cor branca transitava pela Rodovia. O motorista chegou a buzinar e reduzir a velocidade, mas acelerou novamente e acabou atingindo as vítimas. Testemunhas relataram que o motorista pode ter entendido que seria uma tentativa de assalto, e por isso não parou o veículo.

Ainda segundo testemunhas, as vítimas foram socorridas por pessoas que estavam no local. Elas colocaram os feridos nos próprios carros e levaram para o hospital. Pessoas que estavam no local, apedrejaram o caminhão e tentaram tirar o motorista a força de dentro do veículo, porém, ele fugiu do local com medo das agressões.

O caso será investigado pela Polícia Judiciária Civil (PJC) da Cidade de Sorriso, já que a Rodovia pertence ao Município.

 

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil cumpre prisão de suspeito de homicídio de ambientalista em Chapada dos Guimarães

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

O principal suspeito do homicídio que vitimou um ambientalista em Chapada do Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá) teve o mandado de prisão temporária cumprido pela Polícia Civil, na terça-feira (04.08), com base em investigações da Delegacia do município. O crime seria motivado por desavenças entre o suspeito e a vítima relacionadas a caça de animais silvestres na região.

O corpo da vítima, Valdinei Rodrigues Branco, foi localizado no dia 24 de abril de 2019, já em avançado estado de decomposição, em sua propriedade rural, na comunidade Gleba Jangada/Roncador, a cerca de 100 metros da residência.

Durante as investigações, os policiais da Delegacia de Chapada dos Guimarães levantaram informações sobre a existência de atritos entre a vítima e o suspeito, uma vez que o ambientalista era contra a caça de animais em sua propriedade, fato que era praticado pelo investigado.

Outra evidência seria o fato de o projétil de arma de fogo que estava alojado na cabeça da vítima ser identificado como compatível com arma de fogo tipo longa, relacionado ao hábito do suspeito de portar armas para caçar animais silvestres na região.

Com base nas investigações, o delegado de Chapada dos Guimarães, Hércules Batista Gonçalves, representou pelos mandados de prisão temporária e de busca e apreensão contra o suspeito, necessárias para dar continuidade ao trabalho investigativo.

As ordens judiciais foram decretadas pela Justiça e cumpridas na terça-feira (06), na propriedade rural do suspeito em Chapada dos Guimarães. O suspeito já havia se desfeito da possível arma utilizada no crime, que posteriormente foi localizada na casa de um terceiro.

As investigações continuam em andamento e o inquérito deve ser finalizado nos próximos dias.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas