conecte-se conosco


Policial

Forças de Segurança recuperam 12 veículos em menos de 24 horas

Publicado

Nara Assis | Sesp-MT

Menos de 24 horas depois do furto ocorrido em uma revendedora de veículos, a Polícia Militar (PM-MT) e a Polícia Judiciária Civil (PJC-MT) recuperaram 12 dos 16 carros. A ação criminosa ocorreu na madrugada de segunda-feira (21.10), em uma empresa localizada no bairro Construmat, em Várzea Grande, e as forças policiais já localizaram os primeiros veículos no mesmo dia.

A PM encontrou os carros nos bairros Parque Atalaia, Jardim Humaitá, Jardim União e Parque Cuiabá, em Cuiabá, e no bairro da Manga, em Várzea Grande. Os outros seis foram localizados pela PJC em Cáceres e Barra do Bugres.

Segundo o subchefe do Estado Maior da PM-MT, coronel PM Wancley Rodrigues, as informações foram compartilhadas por todo o estado, logo nas primeiras horas após o registro da ocorrência. “Difundimos entre as forças de segurança e nos empenhamos no trabalho de recuperação, o que foi crucial para conseguirmos o resultado até o momento”.

Ele frisa ainda a necessidade de os empresários e a sociedade em geral fortalecerem a segurança orgânica dos estabelecimentos comerciais e residenciais, a fim de evitar possíveis furtos, roubos e outras ações criminosas. “Além disso, providências como instalação de câmeras de segurança, alarmes e outros sensores auxiliam tanto a coibir a ação criminosa quanto a encontrar os suspeitos caso o furto se concretize”.

O titular da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Cáceres, Wilson Santos, conta que os policiais receberam informações de que veículos estariam abandonados e, com apoio da divisão de roubos e furtos e demais unidades especializadas e da PM, foram até o local, no bairro Jardim Panorama. “Foi uma ação rápida e exitosa dos nossos profissionais. Quando fomos comunicados do furto já ligamos o alerta de que os carros poderiam ser trazidos para cá, por ser uma região de fronteira com a Bolívia. Agora, vamos subsidiar a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derfva) da capital nas investigações para chegar aos autores deste crime”.

As apreensões ocorreram na segunda-feira, por volta das 18h. O delegado solicitou perícia dos automóveis e também a oitiva do proprietário da casa onde os carros foram encontrados. “Sabemos que a casa é alugada e vamos ouvir o dono para colher as informações e proceder a investigação”, acrescenta.

Disque-denúncia

Os veículos recuperados foram encaminhados à delegacia especializada para as devidas providências. As diligências continuam na busca pelos suspeitos e os outros carros. A sociedade pode contribuir com as ações das forças de segurança de qualquer cidade do estado, sem precisar se identificar.

A PM possui o disque-denúncia 0800.65.3939, sem custo de ligação, que recebe informações sobre situações suspeitas ou crimes. O cidadão também pode contribuir pelo disque-denúncia da PJC. Basta ligar para o 197 ou 181.

Confira abaixo a lista dos veículos que ainda são alvos de buscas e os recuperados:

POLO PRATA- APQ-1210 – Em buscas

UNO PRETO – NUF-8178 – Em buscas

COROLA PRATA- NVV-7500 – Em buscas

CLASSIC PRATA- OAR-9679 – Em buscas

Veículos recuperados

ECOSPORT PRETA –  (Localizado pela PM) / PQ Atalaia – Cuiabá

UNO PRATA – (Localizado pela PJC) / Currupira – Barra do Bugres

PALIO PRETO – (Localizado pela PM) / JD. Humaitá – Cuiabá

FOX PRATA – (Localizado pela PM) / PQ Cuiabá – Cuiabá

GOL G6 BRANCO – (Localizado pela PM) / JD. União – Cuiabá

STRADA PRATA – (Localizado pela PM) / JD. União – Cuiabá

HB20 SED – (Localizado pela PJC) / Cáceres

LOGAN BRANCO –  (Localizado pela PJC) / Cáceres

SYMBOL PRATA –  (Localizado pela PJC) / Cáceres

GOL G5 BRANCO – (Localizado pela PJC) / Cáceres

GOL G7 PRETO – (Localizado pela PJC) / Cáceres

UNO PRATA – (Localizado pela PM) / Manga – Várzea Grande

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Instituições filantrópicas recebem doação de álcool glicerinado da Polícia Civil

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Na corrente do bem, cada elo ajuda a quem mais precisa. E nesta rede de auxílio para ajudar na prevenção ao coronavírus, a Polícia Civil de Mato Grosso procura também contribuir com quem está mais vulnerável. Nesta semana, a insituição fez a doação de álcool glicerinado 70% para instituições filantrópicas em Cuiabá, entre elas a Associação dos Amigos da Criança com Câncer (AACC-MT), o Instituto dos Cegos de Mato Grosso, Apae Cuiabá, Abrigo de Idosos Bom Jesus e Lar Casa da Mãe Joana.

A doação faz parte da contribuição que se estabeleceu em todo o estado, quando diversas empresas se uniram ao Governo do Estado para colaborar com a cessão de produtos que são extremamente necessários para a prevenção, como álcool, equipamentos de proteção individual, produtos de limpeza, entre outros, que foram destinados à forças de segurança pública, aos profissionais da saúde e também a pessoas que fazem parte de grupos de risco.

A Polícia Civil recebeu da Usina Safras, de Sorriso, álcool etílico e, com apoio de outros parceiros como a Fenabrave-MT, que doou glicerina, o álcool foi processado no laboratório do campus Bela Vista do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT). A partir dessa rede de doações, servidores da Polícia Civil e instituições puderam ser beneficiadas.

“Empresas se uniram ao Governo de Mato Grosso, colaborando com essas doações de materiais imprescindíveis e conseguimos servir nossos policiais e também destinar parte do álcool a instituições que trabalham com grupos em situação de risco, como crianças, idosos, pessoas com deficiência”, destacou o delegado-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval, acrescentando que a parceria com o IFMT permitiu o processamento do álcool com produtos como a glicerina, que dá mais hidratação e o peróxido de hidrônio, com ação bactericida.

Instituição como a AACC, que não deixou, neste período, de atender crianças em tratamento de câncer, necessita de doações de produtos de limpeza e de higiene pessoal, além de alimentos. A coordenadora da Central de Doações da associação, Maria Helena Freire, afirma que o álcool doado será colocado em diversos pontos da casa para higienização de funcionários e das crianças. “As rotinas da casa necessitaram de mudanças, separamos a circulação dentro dos ambientes para garantir melhor prevenção. E o álcool e um os itens importantes, pois dependemos de doações, que reduziram em função do momento que vivemos. Mas continuamos trabalhando de casa, para sensibilizar quem pode nos auxiliar”.

A indicação das instituições a receber o álcool veio da primeira-dama do Estado, Virgínia Mendes, que organizou uma campanha para receber alimentos e materiais de higiene e limpeza que serão entregues a famílias em situação de vulnerabilidade. “Parabenizo a todos da Polícia Judiciária Civil, em nome do Delegado-geral Mário Dermerval, que gentilmente me procurou sabendo do trabalho social que já estamos desenvolvendo por meio da campanha Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus – para atendermos com a doação de álcool instituições que necessitam. Agradeço também a Usina Safras de Sorriso, que fez a doação de álcool etílico, processados pelo IFMT. Deus abençoe e proteja sempre nossos valorosos policiais civis, que também estão à frente de suas funções e ajudando neste momento tão difícil.

Com um público de atendimento em torno de 120 alunos, o Instituto dos Cegos de Mato Grosso, que funciona no bairro CPA 4, em Cuiabá, precisou suspender as atividades da instituição durante a quarentena. Mas, o auxílio aos alunos permanece sendo prestado pelo instituto, que levará o álcool a quem precisa. “O álcool é imprescindível para o trabalho junto aos nossos alunos na conscientização em torno da prevenção ao coronavírus”, disse a diretora administrativa do instituto, Alexssandra Pereira.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas