conecte-se conosco


Mato Grosso

Exposição com esqueletos de animais do Pantanal fica aberta até domingo (30)

Publicado


Além do fóssil de dinossauro em tamanho real, uma das principais atrações da exposição permanente do Museu de História Natural de Mato Grosso, os visitantes do espaço cultural também poderão conferir a mostra “O Pantanal através dos esqueletos”, aberta ao público até domingo (30.01). A entrada no Museu é R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia), e dá direito a conhecer toda a estrutura, que inclui também uma extensa área verde às margens do rio Cuiabá.

Entre os  ossos de animais expostos na mostra “O Pantanal através dos esqueletos” estão: jacaré, anta, quati, tuiuiú, capivara e até uma sucuri de dois metros de comprimento. Para quem nunca viu esses bichos na natureza, esta é a oportunidade para conhecer um pouco mais sobre o bioma do Pantanal e como é a interação de cada um no ambiente.

Para quem ficou curioso e quer saber mais sobre a exposição, vale lembrar que nas mídias sociais do Museu (Instagram e Facebook) é possível ver vídeos com explicações sobre cada animal e informações sobre a mostra.  

“A exposição tem como objetivo apresentar aos visitantes a anatomia animal de forma simples e interativa, possibilitando a observação dos ossos para demonstrar a relação destes com os hábitos e habilidades de cada animal. Entre os esqueletos exibidos estão a sucuri, a anta, maior mamífero terrestre do Brasil, e o tuiuiú, ave símbolo do Pantanal”, destaca a curadora do Museu, Vitória Ramirez Zanquetta.

Os esqueletos integram acervo da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e foram reconstituídos em tamanho real para a exposição, realizada em parceria com o Laboratório de Anatomia Animal Comparada da UFMT.  

Visita Virtual 360°

Para quem quiser conferir como é Museu de História Natural de Mato Grosso antes da visita presencial, uma dica é fazer a visita virtual 360°, que apresenta uma perspectiva geral sobre a instituição e mostra o acervo da exposição permanente.

“Através de exposições e ações educativas, o Museu promove o conhecimento arqueológico, paleontológico e etnológico para a população mato-grossense, estudantes, professores e pesquisadores. E as ferramentas para acesso remoto têm se tornado cada vez mais importantes, especialmente pela pandemia. A ideia é que essa plataforma seja alimentada com cada vez mais conteúdos sobre o acervo, além de mídias que proporcionem maior acessibilidade, como áudio descrições e vídeos em libras”, destaca Vitória.

O tour virtual está disponível no site do Museu.

Serviço

O Museu de História Natural Casa Dom Aquino é um dos equipamentos culturais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), em funcionamento sob gestão compartilhada com o Instituto Ecossistemas e Populações Tradicionais (Ecoss).

Endereço: Avenida Beira Rio, nº 2000, bairro Jardim Europa, Cuiabá-MT

Visitação: de quarta a domingo, das 8h às 18h

Entrada: R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia). Área verde e parquinho: gratuito.

Telefones para contato: (65) 3634-4858

Site: http://museuhistorianaturalmt.com.br/

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Governo investe na construção de Centro Logístico de Abastecimento e Distribuição

Publicado

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), já investiu R$ 2,5 milhões na construção do Centro Logístico de Abastecimento e Distribuição, em Cuiabá. Está previsto ainda um investimento de R$ 43,4 milhões para que a obra prossiga, totalizando um aporte financeiro de R$45,4 milhões na sua construção.

Ligada à Assistência Farmacêutica, a unidade oferecerá um espaço mais moderno e amplo para o armazenamento de medicamentos e compostos a serem distribuídos aos munícipios do Estado. O local também irá atender as demandas logísticas das secretarias de Educação e de Planejamento do Estado.

“Estamos trabalhando, desde o início da gestão, para entregar unidades especializadas, descentralizadas e escritórios regionais, além de hospitais mais modernos, com o nível de qualidade que a população merece. Esta é só uma das dezenas de obras, que estão em andamento na Saúde”, destaca a secretária estadual de Saúde, Kelluby de Oliveira.

O empreendimento terá 20.492,30m². Até o momento, já foram feitas a terraplanagem, fundação, produção e instalação de estruturas metálicas. A unidade deve ser concluída em 2023. “Nosso objetivo é modernizar e, consequentemente, promover um atendimento ágil e eficiente aos usuários do SUS”, conclui a gestora. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas