Connect with us

Na Capital

Escolas públicas selecionam obras literárias para o ano letivo de 2019

Publicado em

Em Cuiabá, coordenadores pedagógicos, professores e diretores das unidades de ensino estão participando nesta terça-feira (16), no auditório Maestro China, da Secretaria Municipal de Educação (SME), de reuniões orientativas. Pela manhã estiveram reunidos os profissionais das unidades de creche e Centro Municipais de Ensino Infantil (CMEI). No período da tarde, das 14 às 17 horas, será a vez dos profissionais das Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB).

A assessora pedagógica da Diretoria de Ensino, Eliane Quinhone explicou que esta é uma etapa muito importante no processo de escolha. “Neste momento os profissionais estão recebendo as orientações e tirando as dúvidas, para que possam selecionar as obras literárias que serão destinadas às escolas com Educação Infantil (creches e pré-escola), anos iniciais do Ensino Fundamental I (do 1º ao 5º ano) e também o Ensino Médio. A escolha é realizada em conjunto, pelos professores, coordenadores pedagógicos e diretores das escolas. Os livros devem atender as peculiaridades e necessidades da escola, devem estar em consonância com o Projeto Político Pedagógico de cada unidade escolar, com a Base Nacional Comum Curricular, as políticas públicas do Município e com a realidade sociocultural das comunidades”, explicou Eliane Quinhone.

Para a creche, pré-escola e do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental a escolha será de acervos literários para as salas de aulas. Já para o 4º e 5º ano do Ensino Fundamental I e para o Ensino Médio a escolha será de acervos para a biblioteca e de dois livros para cada aluno. As obras serão devolvidas pelos alunos às escolas depois do período de um ano, para reutilização.
Para que os profissionais possam escolher, o FNDE divulgou um Guia onde constam as obras selecionadas que pode ser consultado no endereço eletrônico, http://pnld.nees.com.br/pnld_2018_literario/inicio.

Para o diretor do CEEI Portal da Fé, Jorge Gabriel Ramires Junior, esta é uma oportunidade única. “Esse processo envolve todos os profissionais da escola, Técnicos de Desenvolvimento Infantil (TDI’s), professores, coordenadores pedagógicos e, esse envolvimento é fundamental para que possamos escolher os títulos que mais se adéquam ao nosso projeto”.

A coordenadora pedagógica do CMEI Engenheiro Oscar Amélito, Lilian Lima, as obras literárias irão impulsionar o trabalho que a unidade escolar já realiza. “Desenvolvemos um projeto de Educação Literária, que abrange todas nossas crianças e agora iremos impulsionar ainda mais”, disse ela.

A assessora pedagógica Eliane Quinhone lembrou a importância da escolha das obras literárias para a formação de novos leitores. “Estamos formando uma nova geração de leitores e não só isso, com materiais adequados estamos trabalhando também a interpretação de texto e com isso resolvendo dificuldades que as crianças possam ter mais a frente”, salientou.

 

Programa

O Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD) do governo federal é um dos maiores de distribuição de livros do mundo. Os materiais são adquiridos e vão diretamente para as mãos dos alunos e professores das escolas públicas.

Em setembro foram escolhidos os livros e materiais didáticos e agora é a vez das obras literárias.  

O conteúdo dos livros segue a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento aprovado no ano passado pelo Ministério da Educação (MEC) que define os conteúdos mínimos que deverão ser ensinados nos ensinos Infantil e Fundamental.

 

 

 

 

Comentários Facebook
Advertisement

Na Capital

Cuiabá inicia Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação 2022 na próxima segunda (15)

Published

on

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação 2022 começa em Cuiabá na próxima segunda-feira (15). O público-alvo desta campanha são crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade. A previsão é de que a campanha seja realizada nas unidades básicas de saúde até dia 09 de setembro. O dia “D” ocorrerá no dia 20 de agosto de 2022 em todas as UBS, das 7h30 às 17h.

Segundo o coordenador de Programas Estratégicos da Secretaria Municipal de Saúde, Wellington Assunção Ferreira, o objetivo da campanha é alcançar a cobertura vacinal igual ou maior que 95% para a vacina poliomielite, na faixa etária de 1 ano a menor de 5 anos, reduzir o número de não vacinados de crianças e adolescentes menores de 15 anos e melhorar as coberturas vacinais conforme o Calendário Nacional de Vacinação.

“É de extrema importância que os pais levem seus filhos para fazerem a atualização da caderneta de vacinação, pois por causa da pandemia muitas crianças deixaram de ser imunizadas contra várias doenças. Não podemos correr o risco de ver o retorno de doenças que já estavam totalmente controladas porque as coberturas vacinais estão abaixo do esperado”, comentou o coordenador.

Todas as vacinas disponíveis no Calendário Nacional de Vacinação para as crianças serão oferecidas durante a campanha. São elas: BCG, Pentavalente, Poliomielite Oral e Inativada, Pneumocócica 10 valente, Meningocócica C, Febre Amarela, Rotavírus, Hepatite B, Tríplice Bacteriana, Tríplice Viral, Tetra viral, Hepatite A, Varicela e HPV Quadrivalente. Para adolescentes estarão disponíveis as vacinas HPV, dT (Dupla Adulto), Febre Amarela, Tríplice Viral, Hepatite B, Meningocócica ACWY (conjugada) e dTpa (para adolescentes gestantes).

De segunda a sexta as salas de vacinação de todas as UBS estarão abertas normalmente, das 07h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00, com exceção das UBS Grande Terceiro e Ana Poupina, que não possuem sala de vacinação. Nas UBS de hora estendida (Clínica da Família, Ilza Terezinha Picolli, Parque Ohara e Tijucal) as salas de vacinação funcionam das 7h às 20h, sem interrupção.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas