conecte-se conosco


Mato Grosso

Escola de Governo finaliza último módulo do programa Academia de Novos Líderes

Publicado

A Academia de Novos Líderes, programa da Superintendência da Escola de Governo, unidade ligada a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), realizou na última sexta-feira (04.10) o seu último módulo, intitulado “Liderança”.

Nesta última etapa, os 27 servidores de diversos órgãos do Executivo estadual que participaram do programa trabalharam o desenvolvimento das competências de autoconhecimento e dos desafios de uma liderança, por meio de testes, dinâmicas e atividades em grupo.

Na oportunidade, também foi exercitada a capacidade dos futuros líderes de extrair o melhor de cada membro de sua equipe e reforçado o ensinamento de que a liderança independe da função ou cargo ocupado na administração pública.

De acordo com a facilitadora e servidora pública da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), Fernanda Solano, este módulo teve como principal objetivo quebrar paradigmas a respeito da liderança. “As pessoas não nascem prontas, elas necessitam ser desenvolvidas. A nossa meta com o módulo de liderança é fazer com que as pessoas enxerguem que elas podem ser líderes”, disse.

Baseado no método andragógico de ensino, que visa o aprendizado pelas experiências dos próprios alunos, o conteúdo das capacitações da Academia de Novos Líderes é trabalhado por meio de oficinas, nas quais os participantes são desafiados a aplicar os conceitos apresentados.

Participantes desta turma, após iniciarem o programa, ocuparam cargo de liderança na administração pública, como é o caso da diretora executiva da Fundação Nova Chance (Funac), Thais Aguila, que tem aplicado os conhecimentos adquiridos durante o curso na nova função.

“A Academia de Novos Líderes veio para acrescentar o conhecimento que eu já tinha. O programa propiciou o aprimoramento de minhas competências e o conhecimento de liderança e de gestão, que atualmente preciso e já estou aplicando na Funac”.

“É importante ressaltar que o trabalho da Academia é dinâmico e ágil, então você tem um retorno muito rápido do resultado, além dele direcionar o servidor público para ser um desenvolvedor e um grande líder”, acrescentou.

Programa Novos Líderes

O programa Academia de Novos Líderes surgiu da demanda por cursos de capacitação, treinamento e desenvolvimento dos potenciais de futuros gestores dos órgãos do Executivo estadual. Após pesquisa feita pela Superintendência da Escola de Governo (SEG), em maio de 2015, que apontou a necessidade de desenvolvimento das relações humanas e do potencial de liderança dos servidores.

Este é o último módulo ofertado pela Academia de Novos Líderes neste ano. Ao todo, foram 16 módulos com conteúdos técnicos, práticos e comportamentais. Como parte da formação, os participantes entregarão no próximo dia 18 de outubro os projetos de inovação que podem ser aplicados em seus locais de trabalho. A cerimônia de entrega dos certificados de conclusão do programa será realizada no dia 12 de dezembro, no auditório da Seplag, às 14h.

(Supervisão de texto de Nayara Takahara).

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Empresa age de má-fé ao relacionar demissão com cancelamento de benefício irregular

Publicado


.

O grupo Petrópolis, ao divulgar que o Estado de Mato Grosso teria cancelado indevidamente o seu benefício fiscal, agiu de má-fé ao relacionar este fato a possíveis demissões, fazendo insinuações caluniosas e mentirosas.

Entenda os fatos:

  1. O Estado de Mato Grosso concedeu benefício fiscal através do PRODEIC para o grupo Petrópolis instalar uma fábrica de cervejas na cidade de Rondonópolis (MT), com início de usufruto em junho de 2008;
  2. O benefício concedido foi de crédito presumido sobre o ICMS de 60% por um período de 10 anos, terminando em 30/06/2018;
  3. O grupo Petrópolis, no governo do ex-governador Silval Barbosa, passou a usufruir de benefício de 90%, acima do legalmente autorizado e também sem respeitar a isonomia com as demais empresas do setor, que era de 60%. Convém lembrar que o próprio ex-governador Silval Barbosa confessou que houve pagamento de propina pela empresa Petropólis, o que está em apuração nos órgãos competentes;
  4. Em razão de todas essas irregularidades, o CONDEPRODEMAT e o CEDEM, em 2018, confirmaram que o benefício que foi analisado, deliberado e concedido ao grupo Petrópolis sempre foi aquele de 60% com vencimento em junho de 2018. Registre-se que essa decisão foi unânime e contou com a participação dos representantes do Estado e dos setores empresariais no CEDEM;
  5. Em abril/2020, o Poder Judiciário decidiu em ação proposta pela empresa e reafirmou que o benefício fiscal concedido sempre foi de 60% por 10 anos, até junho de 2018, e não de 90%.
  6. Assim, não foi apenas o Estado de Mato Grosso que cancelou o benefício fiscal do grupo, a Justiça de Mato Grosso também decidiu que o grupo estava usufruindo ilegalmente de benefício em percentual e período acima do concedido.

A verdade é que o Governo de Mato Grosso tem apoiado fortemente as indústrias aqui instaladas, facilitando o credenciamento dos estabelecimentos industriais aos incentivos fiscais da Lei Complementar nº 631/2019, sem burocracia ou privilégios. Há, inclusive, o SUBMÓDULO PRODEIC INVESTE INDÚSTRIA BEBIDAS, com benefício fiscal iguais para todas as empresas do setor.

Qualquer indústria de Mato Grosso pode aderir a este novo benefício (inclusive o grupo Petrópolis), desde que cumpridas as condições estabelecidas na legislação. A principal delas é estar regular com as suas obrigações fiscais.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas