Connect with us

Agro Veracidade

Esclarecimentos do Mapa

Publicado em

No último dia 6 de outubro, foi confirmado um foco de PSC (Peste Suína Clássica) no município de Forquilha (CE), em propriedade de criação familiar de subsistência sem vínculos com estabelecimentos comerciais ou de reprodução de suínos. O foco está a mais de 500 km distante da divisa com a zona livre de PSC do Brasil, reconhecida pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Portanto, a ocorrência não altera o reconhecimento internacional concedido a essa região, não justificando impactos no comércio de suínos e seus derivados.

O diagnóstico foi confirmado pelo Laboratório Nacional Agropecuário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio de técnicas moleculares, realizado em amostras de um suíno que apresentava sinais clínicos da doença.

Estão sendo adotados os procedimentos para eliminação do foco, com sacrifício e destruição dos suínos, e investigação epidemiológica para as propriedades situadas no raio de 10 km em torno do foco e todas as propriedades que possuírem algum vínculo epidemiológico.

A zona livre de PSC do país concentra mais de 95% de toda a indústria suinícola brasileira. Cem por cento de toda a exportação de suínos e seus produtos são oriundos dessa zona, integrada por 16 estados brasileiros e o Distrito Federal (RS, SC, PR, MG, SP, MS, MT, GO, DF, RJ, ES, BA, SE, TO, PA, RO e AC). Nessa zona, a última ocorrência detectada de PSC foi em janeiro de 1998. O Ceará não integra a zona livre de PSC.

A Peste Suína Clássica (PSC) também conhecida como cólera suína, é uma doença viral contagiosa que afeta somente suínos domésticos e selvagens. Não oferece riscos à saúde humana e nem afeta outras espécies animais.

 

Mais informações à Imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
[email protected]

Comentários Facebook
Advertisement

Agro Veracidade

AÇÚCAR/CEPEA: Disponibilidade reduzida mantém cotações na casa dos R$ 129,00/sc

Published

on

Cepea, 16/8/2022 – O preço médio do açúcar cristal no mercado spot de São Paulo seguiu na casa dos R$ 129,00/saca de 50 kg no correr da última semana. A liquidez captada pelo Cepea foi mais baixa em relação a períodos anteriores, com exceção da quarta-feira, 10, quando vendas pontuais envolvendo maiores volumes foram observadas. As chuvas que ocorreram em algumas regiões produtoras de cana dificultaram a continuidade do ritmo de produção em algumas usinas, o que resultou em diminuição da oferta de cristal para o mercado à vista. De 8 a 12 de agosto, a média do Indicador CEPEA/ESALQ, cor Icumsa de 130 a 180, foi de R$ 129,83/saca de 50 kg, pequena alta de 0,06% em relação à da semana anterior (de R$ 129,75/sc). Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas