conecte-se conosco


Policial

Empresário morre após ter infarto e capotar carro

Publicado

O empresário Rildo Lorezon, 50 anos morreu na noite dessa terça-feira (31), após sofrer um infarto e bater o carro que dirigia na Rodovia dos Imigrantes, na BR-070, próximo ao Capão Grande, em Várzea Grande.

Rildo conduzia uma caminhonete modelo Triton e teria passado mal enquanto dirigia por volta das 18h. Ele perdeu o controle da direção e acabou capotando o veículo. Um adolescente de 13 anos que estava com ele no carro ficou ferido e foi socorrido.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas o empresário já estava morto. Apenas o adolescente foi levado para o Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande.

Rildo era proprietário de uma mineradora. O corpo dele foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil prende funcionário e recupera televisores furtados de loja em Jaciara

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Jaciara (144 km ao Sul) esclareceu o furto ocorrido na empresa Gazin do município, ocorrido na quinta-feira (21.05), com a prisão do suspeito, menos de 24 horas após o crime. Durante as investigações, um funcionário da empresa foi identificado como autor do furto.  Outras duas pessoas, um intermediador da venda e o receptador dos produtos também foram conduzidos.

As investigações iniciaram após o gerente da empresa procurar a Delegacia de Jaciara comunicando que durante conferência do estoque foi percebido que estavam faltando dois televisores.  Em checagem das câmeras de segurança, foi percebida a movimentação incomum de um funcionário que trabalha como manobrista dos caminhões de carga.

Para praticar o crime, o funcionário colocou os dois aparelhos de TV, de 50 polegadas, dentro da caminhão vazio e depois estacionou ao lado do seu veículo Chevrolet Onix, e colocou as televisões em seu porta-malas. Diante das evidências, os policiais abordaram o suspeito que confessou o furto e revelou que entregou os aparelhos para o comprador em Rondonópolis.

A venda das televisões foi intermediada por um amigo do autor do furto que alegou não saber que os aparelhos eram de origem ilícita. As TVs avaliadas em aproximadamente RS 2,5 mil cada foram vendidas por R$ 1.450 a unidade (valor total de R$ 2,9 mil). A entrega dos produtos foi realizada em Rondonópolis (212 km ao Sul).

Com base nas informações, a equipe da Polícia Civil de Jaciara se deslocou até Rondonópolis, onde apreenderam os aparelhos já instalados na casa do receptador. Questionado, ele disse que não sabia que os produtos eram de origem ilícita, e que acreditou que os produtos eram vendidos por valor abaixo ao de mercado por ser “de segunda mão”, uma vez que os suspeitos disseram que o dono estava vendendo pois precisava de dinheiro para viajar.

Os aparelhos foram apreendidos e os três suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Jaciara, sendo realizada a autuação em flagrante do funcionário autor do crime de furto qualificado.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas