conecte-se conosco


Na Capital

Empresário apoia decreto que restringe funcionamento do comércio e garante isolamento social de funcionários

Publicado


.

Empresário cuiabano preocupado com a Covid-19 apoia a restrição de funcionamento do comércio na Capital para evitar a propagação da doença. O decreto municipal ampliando  medidas de prevenção foi anunciado no último final de semana. Após o anúncio, Anesio Kokura decidiu suspender o funcionamento da Padaria Moinho, tradicional em Cuiabá.  Há 20 anos no mercado a padaria ficará fechada a partir desta segunda-feira (6), até a onda de contaminação ser superada.

O empresário Anésio Kokura disse que apesar de todos os cuidados que vinham sendo tomados, inclusive com algumas medidas inéditas no Estado, se assustou ao perceber que a população não se conscientizou e não percebeu a gravidade da situação.  “Antes mesmo da orientação para o isolamento domiciliar no dia 23 de abril, nos já havíamos tomado a decisão de fechar o restaurante e a padaria, só permanecendo aberto o empório”, contou o empresário.

A fim de garantir a segurança dos clientes e dos cerca de 100 funcionários, a empresa passou a adotar medidas rigorosas de higienização, com a utilização de gás ozônio para desinfetar carrinhos, aparelhos para medição da temperatura de clientes e orientação para que fosse mantida a distância e controle de acesso e clientes. “Apesar de todos os cuidados percebemos que é impossível evitar a contaminação e garantir 100% da saúde dos nossos funcionários e clientes”, disse Kokura.

“Iremos garantir o isolamento social pelo tempo que for necessário. Sabemos que estamos em meio a uma grave crise econômica. Muitas pessoas perderão seus empregos, mas temos que evitar o contágio e o colapso da nossa saúde. Hoje, não existe uma pessoa no mundo que não esteja preocupado com um parente. Iremos honrar nossos compromissos com funcionários e fornecedores enquanto pudermos. É uma questão de empatia, humanidade e atitude”, disse ele.

Decreto

O novo decreto, de nº 7.868, ampliando a quarentena foi anúnciado no último sábado (04), consolidando medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus (covid-19).

O prefeito Emanuel Pinheiro disse que as medidas são orientadas por autoridades e especialistas da área de saúde, que preveem o pico da disseminação do novo coronavírus a partir de 10 de abril de 2020.

Entre as medidas anunciadas, o decreto permitiu a abertura dos supermercados nos feriados – obedecendo todas as medidas de higiene e segurança necessárias, no período de 06 a 21 de abril, com horário de atendimento ao público de segunda a domingo e feriados, das 08h às 19h. O decreto isentou também as padarias, que podem funcionar a partir das 6h até as 19h.

“Todas as medidas exigem sacrifícios e precisamos ter consciência do papel de cada um nessa crise. Sabemos que serão tempos difíceis, mas sabemos também da dedicação dos cuiabanos e da coragem do nosso povo. Juntos vamos reerguer a pujante economia do município”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

Comentários Facebook
publicidade

Na Capital

Prefeitura divulga painel de casos de Covid-19 em Cuiabá desta terça-feira (02)

Publicado


.

Nesta terça-feira (02), Cuiabá tem 829 casos confirmados de residentes no município e 261 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Destes, 239 já estão recuperados da doença e houve 13 óbitos de residentes e 18 de não residentes. Na rede hospitalar há 104 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 60 na UTI e 44 em enfermaria. Também estão internados 91 pacientes com suspeita da doença, sendo 42 na UTI e 49 em enfermaria.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas