conecte-se conosco


Na Capital

Cultura de Cuiabá lança edital para artistas que pleiteiam recursos da Lei Aldir Blanc

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

A Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, convoca por meio de edital publicado nesta quarta-feira (27), a classe artística para apresentação de projetos culturais para recursos provenientes da Lei 14.017/2020 – Aldir Blanc.  Para os projetos realizados por meio de internet e presencial são ofertadas 50 vagas no valor de R$ 5 mil. E para projetos de ações presenciais estão disponíveis 25 vagas, ao valor de R$ 2 mil.

Serão selecionadas propostas de natureza cultural nas diversas linguagens artísticas: artes cênicas, artes visuais, música, literatura, audiovisual, cultura popular e cultura afro e indígena brasileira e patrimônio histórico.  
 
Conforme o  secretário adjunto de Cultura, Justino Astrevo,  os projetos aprovados no valor de R$ 2 mil destinam-se à exibição presencial no Centro Histórico da Capital, preferencialmente no Beco do Candeeiro que está revitalizado e com programações culturais sendo realizadas constantemente. Mas, se o artista desejar apresentar, por exemplo, a iniciativa na Praça da Mandioca, poderá. Já os projetos de R$ 5 mil – que serão de forma presencial ou online – deverão ser realizados em algum espaço da Prefeitura de Cuiabá, praça, parque, Museu de Imagem e do Som (Misc), entre outros. “Não é obrigatório, mas, preferencialmente”, explicou o gestor.  
 
O recurso disponibilizado neste edital é oriundo de um recurso remanescente da Lei Aldir Blanc no valor de R$ 300 mil. “Cuiabá recebeu R$3,9 milhões em 2020 para empregarmos no setor cultural através de editais, e assim foi feito em todas as cidades do Brasil, todas receberam o recurso que é de uma Lei Federal Já fizemos 4 editais, e esses R$ 300 mil é remanescente porque não ocorreu demanda ou porque  projetos estavam inadequados. O Governo Federal permitiu que utilizássemos  o recurso através deste edital”, explicou. 
 
As inscrições serão encerradas no dia 19 de novembro, sem prorrogação. Isso porque, o recurso deve ser repassado aos artistas até o dia 31 de dezembro deste ano. ” O trâmite é demorado, vai desde  a inscrição, protocolar documentos , avaliação do conselho, aprovação do projeto, publicações, assinar contratos e depois pagamento do artista. Não terá como prorrogarmos. Quem for pleitear o recurso deve ficar atento às documentações exigidas e ao que pede o regulamento no edital.  Quem não prestou conta  de recursos já adquiridos  estará  inadimplente e impedido de solicitar esse recurso. Vale lembrar que servidores públicos  de qualquer esfera também estão impedidos de participarem  desse processo.  A Lei Aldir Blanc é emergencial e foi criada  por causa da pandemia”, avisou Justino. 
 
Os interessados em participar da seleção do edital podem acessar o site da prefeitura de Cuiabá www.mt.gov.br ou ir até a sede da Secretaria Executiva do Conselho Municipal de Política Cultural de Cuiabá, situada à rua Barão de Melgaço , nº 3677, Centro. 
 
Os editais têm investimento oriundo do Fundo Nacional de Cultura repassado via Secretaria Especial de Cultura – Ministério do Turismo – para o Fundo Municipal de Cultura de Cuiabá, por meio da Lei Federal 14.017/2020 – Aldir Blanc, criada para oferecer apoio financeiro aos artistas e profissionais da cultura. O Conselho Municipal de Política Cultural é parceiro na realização do edital.

Comentários Facebook
publicidade

Na Capital

Licitação é concluída e Parque de Exposição Sen. Jonas Pinheiro receberá mais de R$ 21,9 milhões em investimentos

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

O Parque de Exposições Senador Jonas Pinheiro vai receber mais de R$ 21,9 milhões em investimentos. O recurso, que é fruto de um convênio entre a Prefeitura de Cuiabá, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a Caixa Econômica Federal (CEF), resultará em uma completa transformação do espaço. O processo licitatório para contratação da empresa que executará obra de requalificação foi concluída na última semana.

Conforme a publicação que circulou na Gazeta Municipal do dia 23 de novembro, o vencedor da concorrência pública nº 006/2021 foi o Consórcio RC-JW, formado pelas empresas RC Construções e JV Terraplenagem. De acordo com o edital, o contrato que será assinado entre o Município e o consórcio terá o prazo de execução de até 720 dias e fiscalização dos trabalhos fica a cargo da Secretaria de Obras Públicas.  

“A nossa gestão tem a qualidade de conseguir fazer articulações que resultam em grandes obras e benefícios para Cuiabá. No caso da requalificação do Parque de Exposições, contamos com o apoio do ex-senador e ex-ministro da Agricultura, Blairo Maggi. Com esse trabalho em parceria, conseguimos assegurar recursos do Orçamento Geral da União e a Prefeitura de Cuiabá também dará uma contrapartida”, explica o prefeito Emanuel Pinheiro.  

O projeto elaborado para o local prevê a mudança do Parque de Exposição para Centro de Eventos Sen. Jonas Pinheiro. A ideia é potencializar o uso da área, que já abriga durante todo o ano a realização de diversos eventos voltados para o setor do agronegócio, transformando-a em uma grande ferramenta dentro do trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Cuiabá, visando potencializar a economia da Capital.

O vice-prefeito José Roberto Stopa destaca que a requalificação do Parque de Exposições é mais uma ação que está dentro do conjunto de obras que a Prefeitura de Cuiabá planejou para a região. No início deste ano, foi entregue, por exemplo, o viaduto Murilo Domingos e, neste momento, está em andamento o recapeamento completo da Avenida Beira Rio, além da revitalização e ampliação do Mercado do Porto.

“Vamos construir o maior centro de eventos do Centro Oeste, transformando os mais de 140 mil metros quadrados em um espaço que vai potencializar encontros de negócios, sociais e culturais. Junto com ele, temos outras obras que valorizam a porta de entrada da nossa Capital. Estamos também trabalhando para muito em breve retomar a obra de reforma do Cais do Porto e a entrega da Orla do Porto II”, relata Stopa.  

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas