conecte-se conosco


Mato Grosso

Corpo de Bombeiros homenageia autoridades, promove oficiais e praças e anuncia local de nova sede

Publicado

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, entre outras autoridades, receberam nesta segunda-feira (02.12) a condecoração Ordem do Mérito Bombeiro Militar do Estado de Mato Grosso “Imperador Dom Pedro II – Grau Comendador”. Além das homenagens, a solenidade também teve promoção de oficiais e praças e o anúncio do local para a nova sede do Comando Geral do Corpo de Bombeiros, marcando o Dia do Patrono da instituição.

A nova sede será construída em um terreno em frente à entrada do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), no Centro Político Administrativo. Conforme o projeto, a unidade ainda terá auditório, espaço para viaturas operacionais e a Diretoria de Segurança Contra Incêndio e Pânico.

O governador disse se sentir honrado em fazer parte da solenidade, que marca o reconhecimento da carreira militar.

“Hoje é um marco também porque estamos entregando a escritura do terreno do futuro Comando Geral e nos próximos anos teremos uma sede definitiva para o Corpo de Bombeiros”, comentou Mauro Mendes.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alessandro Borges, pontuou que a corporação obteve destaque internacional com o intenso combate aos incêndios florestais neste ano.  Foram 1.191 combates aos incêndios e cerca de cem mil ocorrências de diversas naturezas atendidas em 2019.

Leia mais:  Botelho debate má prestação de serviço da Energisa durante audiência

“Nosso objetivo é atender o maior número de cidadãos, com a maior presteza possível”, afirmou o comandante, lembrando que o Corpo de Bombeiros está em 22 municípios, sendo sete Comandos Regionais, distribuídos de maneira a atender todo território de Mato Grosso.

A construção da nova sede do Corpo de Bombeiros Militar tem o apoio da Assembleia Legislativa e do Ministério Público Estadual, através de doações de recursos. A corporação pleneja a conclusão de uma base operacional em 2020.

Promoções

Foram promovidos 32 praças e 4 oficiais, de acordo com os critérios da Lei de Promoções das Carreiras Militares do Estado de Mato Grosso. O CBMMT priorizou a qualificação da tropa, que está atualizada com os protocolos internacionais e continua em contante revisão de procedimentos.

Homenagens

Além do governador e da primeira-dama, receberam medalhas o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho; o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho; o promotor de Justiça, Mauro Zaque; o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante; a secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti; o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo; o procurador-geral do Estado, Francisco Lopes; o comandante-geral da PM, Jonildo José de Assis; o comandante do CBMRS, coronel César Fonfani; a desembargadora do Tribunal de Justiça, Helena Maria Bezerra Ramos; o secretário de Planejamento, Basílio Bezerra, o general de Brigada, Fernando Herzer; o delegado Mauro Aravechia de Rezende e o diretor-geral da Politec, Rubens Sadao Okada.

Leia mais:  Justiça realiza atendimento no Centro de Ressocialização de Várzea Grande

Também foram homenageados os coronéis do CBMMT, Ricardo Antônio Bezerra Costa, Sandro Caillava, Vagner Santino da Silva, Agnaldo Pereira de Souza, Silvio Bernardes dos Santos, Abadio José da Cunha Júnior, Arboes José Jacob e Aloisio Metelo Júnior.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Escola de Itaúba aposta em aula de campo para ensinar bioma amazônico

Publicado

por

Alunos da Escola Estadual Papa João Paulo II, localizada no município de Itaúba (a 600 quilômetros ao norte da Capital) participam de aula de campo sobre “Bioma Amazônia no Vale das Castanhas”, uma área de floresta nativa. Da aula prática, ocorrida na terça-feira (14.01), participaram estudantes de duas turmas do 8º ano.

Os alunos foram visitar o Vale da Castanha, área preservada cujo nome se deve ao grande número de castanheiras presentes no local.

Segundo a professora de ciências Sônia Luciano Ferreira, coordenadora da aula de campo, a atividade faz parte do planejamento da disciplina de ciências, cujo tema trabalhado em sala foi sobre o bioma amazônico.

“A aula foi bastante produtiva e os alunos ficaram entusiasmados com o que visualizaram. Muitos alunos nascidos no município não conheciam o lugar e não sabiam como a castanha era produzida, embora seja símbolo do município e fonte de economia local”, destaca a professora.

Durante a aula de campo, os alunos puderam observar de perto as espécies da flora estudadas em sala de aula. No decorrer do percurso de 40 quilômetros foram realizadas cinco paradas, conforme planejado no roteiro.

Leia mais:  Presidente do Senado afirma que MT fez o “dever de casa” e que empréstimo será aprovado

No entendimento da professora, cada parada era momento de muito aprendizado e muitos questionamentos.  “Os alunos conseguiram perceber a floresta como algo essencial para a população local e também sua importância de forma global. Foi um momento muito gratificante em que os questionamentos foram surgindo e a aula acontecendo a partir da curiosidade de cada aluno”, assinala.

Na aula de campo, os alunos também observaram como a pecuária e a monocultura vêm avançando no município. Durante o trajeto, os alunos manifestaram a preocupação com a conservação da floresta quando se depararam uma extensa área de plantação de soja e áreas de pastagens.

Segundo o diretor Edinei Gleison da Silva Colhiado, a aula de campo possibilitou também que os alunos compreendessem que é possível utilizar a floresta de forma rentável, sustentável e assim manter a biodiversidade.

“A conservação da floresta foi bastante citada durante a aula de campo. Esse é um tema de relevância e que vem sendo trabalhado durante as aulas de ciências com os alunos, pois vivem no bioma amazônia que ganhou um novo olhar, voltado para as espécies de grande valor ambiental e comercial como é o caso da castanha do Brasil”, frisa o diretor.

Leia mais:  Contrato de concessão de aeroportos de MT é oficializado pelo presidente

A aula de campo contou com a colaboração dos professores de língua portuguesa Nilson Caires e Sidnéia Gomes e da professora de educação física Marizete Sauer.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas