Connect with us

Entretenimento

Com protagonista em crise, “Demolidor” vira um violento jogo de xadrez no 3º ano

Publicado em

Quarta série da parceria entre Marvel e Netflix
a ser lançada em 2018, “Demolidor” chega para sua terceira temporada, disponível em sua integralidade a partir desta sexta-feira (19), com a autoridade de ter sido o primeiro e mais bem azeitado produto da parceria.

Leia também: Justiceiro testa códigos morais do Demolidor no 2º ano da série da Netflix


Cena da terceira temporada de Demolidor, que estreia globalmente na Netflix nesta sexta-feira (19)
Divulgação

Cena da terceira temporada de Demolidor, que estreia globalmente na Netflix nesta sexta-feira (19)

No novo ano de “Demolidor”
flagramos Matthew Murdock (Charlie Cox) em crise emocional, física e psicológica. Após a morte de Electra (Elodie Yung) e dos eventos desestabilizadores ocorridos no 2º ano e também em “Os Defensores”, Matt perdeu seus poderes e está muito debilitado fisicamente. Resgatado pelo padre que sempre lhe foi confidente,  ele se recupera na igreja enquanto questiona sua fé, princípios e moral.

A relação de Murdock com a culpa cristã sempre foi um dos trunfos do personagem e algo muito bem dimensionado pela série, criada por Drew Goddard e Steven S. DeKnight, e que volta a ser ponto de inflexão no terceiro ano
.

Se no final da temporada anterior vemos Matt disposto a renunciar ao demônio de Hell´s Kitchen, agora o encontramos disposto a abraça-lo por inteiro. Depressivo e propenso a auto sabotagem, ele entra em uma particular e atordoante viagem ao inferno quando descobre que Wilson Fisk, agora na condição de colaborador do FBI, vai deixar a prisão e seguir para um encarceramento residencial.

 Leia também: “É a minha esperança”, diz Charlie Cox sobre Demolidor se unir aos Vingadores

Um vilão maiúsculo…


Wilson Fisk volta a gravitar no eixo central de Demolidor e isso é uma boa notícia
Divulgação

Wilson Fisk volta a gravitar no eixo central de Demolidor e isso é uma boa notícia

A série acerta em recorrer à figura de Fisk para pavimentar a terceira temporada. O personagem ostensivo, inteligente, violento, parrudo e francamente fascinante defendido com unhas, dentes e expressões desorientadoras por Vincent D´Onofrio é do tipo que torna qualquer produção melhor. O ator domina a psicologia de Fisk de maneira vultosa e sua química com Cox é sempre explosiva.

O retorno de Fisk se dá em um momento de especial fragilidade para Murdock, que se esforça para afastar-se de Foggy Nelson (Elden Hanson), decido a disputar o cargo de promotor com a plataforma de endurecer a vida de Fisk facilitada pelos federais, e Karen (Deborah Ann Woll), a mesma intrépida repórter de sempre.

As visões de mundo de Matt, Foggy, Karen, Fisk e o choque inerente entre elas continuam fornecendo um subtexto primoroso para a série que, a julgar pelos seis primeiros episódios aos quais o iG Gente
teve acesso antecipado, se mantém como a mais insinuante e bem formulada produção da parceria entre a Marvel e a gigante do streaming.

… e um novo vilão


Dex e o surgimento do Mercenário
Divulgação

Dex e o surgimento do Mercenário

Os conflitos bem articulados de Murdock continuam a bombear oxigênio na série, mas novos personagens irrigam novas tensões e dramas. Há um agente do FBI na linha de frente do caso Fisk que pode ser apenas um peão no jogo de xadrez entre Fisk e Murdock. Há, ainda, outro agente chamado Dex, com claras tendências psicopatas, que entra no radar de Fisk. O público das HQs logo vai perceber que se trata do Mercenário, um dos grandes antagonistas do herói.

A maneira como Fisk arquiteta tudo ratifica o personagem como um vilão diferenciado dentro do contexto do universo Marvel. É ele, e somente ele, aquele que consegue conciliar elementos das HQS, cinéticos e ainda ser essencialmente novo e original.

Leia também: Desesperança e impulsos violentos adornam a ótima “O Justiceiro”

“Demolidor” pressionado


Cena da terceira temporada de Demolidor
Divulgação

Cena da terceira temporada de Demolidor

Com duas boas temporadas na conta, “Demolidor”
flerta com o fim de carreira na Netflix. Os gatilhos emocionais, todavia, ainda estão lá. Matt ainda é um personagem cativante e a narrativa consegue ser suficientemente coesa e atraente. O terceiro ano, após a notícia do cancelamento de “Punho de Ferro”, será providencial para a medição da sustentabilidade desse universo Marvel na Netflix.

Comentários Facebook
Advertisement

Entretenimento

Valesca Popozuda causa com ensaio pra lá de sensual: “Trabalhada na transparência!”

Published

on

Valesca Popozuda deixou a galera do Instagram de boca aberta durante a noite desta quarta-feira (10), ao mostrar mais detalhes de um de seus looks mais ousados. A funkeira impressionou os fãs e causou com um vídeo pra lá de sensual.

A rainha do funk apostou em um vestido no comprimento midi e evidenciou ainda mais suas curvas com muita transparência no look. Valesca posou com tons chamativos na estampa animal print e deixou os fãs completamente apaixonados! “Ainda não superei esse look”, declarou a cantora.

“A patroa chegou arrasando com esse look”, elogiou um seguidor da musa nos comentários da publicação. “Uma verdadeira musa poderosa, minha inspiração”, disparou outro internauta que ficou babando por Valesca. “Essa mulher é uma obra de arte”, exaltou outro fã da cantora. Confira:

Fonte: TOP Famosos

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas