conecte-se conosco


Tecnologia

China exige escaneamento facial para compra de linha de celular e gera polêmica

Publicado

source
china arrow-options
shutterstock

China exige a coleta de reconhecimento facial para compra de linhas de celular


A partir do último domingo (01), todos os chineses que quiserem contratar um serviço com operadoras de telefonia móvel terão que entregar, além da cópia do documento de identificação, o escaneamento de suas faces . A medida, defendida por Pequim como uma forma de reforçar a segurança , é alvo de críticas em relação à privacidade e aumenta os questionamentos sobre as políticas de vigilância do Estado.

A nova regra foi anunciada em setembro, pelo Ministério da Indústria e da Tecnologia da Informação, mas entrou em vigor apenas neste 1º de dezembro. Até então, novos contratos com operadoras exigiam apenas a apresentação de uma cópia da carteira de identidade. Com o escaneamento facial , as operadoras poderão garantir que o contratante é realmente o portador da identidade apresentada.

Leia também: EUA pressionam Brasil para vetar entrada da Huawei no mercado do 5G

O governo justifica a medida como uma forma de “proteger os direitos e interesses legítimos dos cidadãos no ciberespaço”. Dessa forma, segundo o governo, será possível conter a revenda de cartões SIM e proteger o direito de pessoas que perderam ou tiveram suas carteiras de identidade roubadas, documentos que poderiam ser usados por terceiros para cometer fraudes em seus nomes.

Leia mais:  Cinco recursos de segurança para iPhones no iOS 13

Para o professor de Direito na Universidade Tsinghua, Lao Dongyan, uma das preocupações com o novo regulamento é a ausência de leis sobre o uso de tecnologias de reconhecimento facial , sobretudo no código penal. Segundo o especialista, sob as leis chinesas é obrigatório o consentimento para a coleta de dados pessoais, mas, na prática, não é isso o que acontece.

“A proteção de dados pessoais na lei criminal não é suficiente”, afirmou Lao, em entrevista ao South China Morning Post .  “Na maioria das vezes, nós não sabemos que nossos dados estão sendo coletados e o armazenamento e o uso desses dados não seguem requerimentos legais”.

Leia também: Jovens chineses só poderão jogar games online por 90 minutos diários

A falta de leis criminais foi criticada até mesmo pela imprensa estatal, a voz do governo chinês. No sábado, a emissora estatal CCTV divulgou reportagem mostrando que muitos aplicativos chineses coletam dados biométricos de rostos sem o consentimento dos usuários . A reportagem revelou, ainda, um caso de venda de dados de mais de 5 mil restreamento de faces por apenas 10 yuans cada, algo em torno de R$ 6. O jornal People’s Daily , do Partido Comunista, publicou um editorial defendendo o direito das pessoas de se negarem a fornecer escaneamentos faciais. “O mau uso de dados legalmente coletados pode ser uma grande ameaça, já que não temos regulações sobre o mau uso na lei criminal”, disse Lao.

Leia mais:  Outdoor eletrônico exibe cena pornô nos EUA; entenda

Jeffrey Ding, que pesquisa tecnologias de inteligência artificial chinesas na Universidade Oxford, entende que as motivações do governo chinês são acabar com o anonimato na telefonia móvel e no acesso à internet , reforçar a segurança cibernética e reduzir fraudes on-line. Mas para além disso, há o interesse de rastrear a população. “Isso está conectado a um impulso muito centralizado de tentar manter o controle sobre todos, ou ao menos esta é a ambição”, afirmou Jeffrey à BBC.

Há tempos o governo chinês tenta acabar com o anonimato na internet , e o controle sobre as operadoras de telefonia móvel pode ser a melhor opção. Dos 1,4 bilhão de chineses, 829 milhões estão conectados à internet, sendo 817 milhões por mobile , quase quatro vezes o tamanho da população brasileira.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

CCXP começa hoje em São Paulo; veja a programação e as atrações

Publicado

por

source

Olhar Digital

CCXP arrow-options
Marcio Nunes

A CCXP começa nesta quinta-feira


Começa hoje (5) a CCXP ( Comic Com Experience ), o maior evento geek do Ocidente , que reúne o melhor deste universo. De quinta-feira (5) a domingo (8), a São Paulo Expo, centro de eventos na rodovia dos Imigrantes, estará repleta de quadrinhos, games , filmes, séries, atores e grupos de fandom preparados para assistirem às atrações destes dias.

A edição desse ano vai sediar 280 mil pessoas, 20 mil a mais do que ano passado. Além disso, é a primeira vez que a CCPX já inicia com todos os quatro dias esgotados. Afinal, entre os confirmados para este ano, estão grandes astros internacionais como Gal Gadot, Margot Robbie, Lana Parrilla, o presidente da Marvel Kevin Feige, Ryan Reynolds, parte do elenco de Star Wars e da série espanhola La Casa de Papel . Não se espante também se atrações surpresas surgirem ao longo desses dias como aconteceu ano passado.

Leia também: Shota Nakama: artista que virou meme vem ao Brasil tocar música de game

A CCXP oferece outras experiências além das atrações confirmadas. Na noite que antecede a abertura geral do evento, ocorre a Spoiler Night , e qualquer um com os ingressos Epic Experience, Full Experience e Unlock podem passear pelo centro de convenções antes de todo mundo. Neste dia, o pavilhão é aberto, mas nenhuma programação ocorre, sendo que o público apenas pode passear pelos estandes.  

Quem estará presente?

CCXP arrow-options
Marcio Nunes

Evento dura quatro dias na cidade de São Paulo


Entre a lista de atores e personalidades do mundo geek , estão confirmados:

  • Gal Gadot e Patty Jenkins: atriz e diretora de Mulher-Maravilha 1984;
  • Margot Robbie e o elenco de Aves de Rapina: Mary Elizabeth Winstead (Caçadora), Jurnee Smollet-Bell (Canário Negro), Rosie Perez (Renee Montoya) e Ella Jay Basco (Cassandra Cain);
  • Star Wars: o diretor J. J. Abrams, a produtora Kathleen Kennedy e os atores Daisy Ridley (Rey), John Boyega (Finn) e Oscar Isaac (Poe Dameron);
  • Kevin Feige: o presidente da Marvel deve dar “spoilers” sobre a Fase 4 da editora nos cinemas, que começará com Viúva Negra;
  • La Casa de Papel: parte do elenco principal da série espanhola estará presente na CCXP como Berlim (Pedro Alonso), Nairóbi (Alba Flores), Helsinki (Darko Peric), Estocolmo (Esther Acebo) e Palermo (Rodrigo de La Serna);
  • Ryan Reynolds: o ator conhecido pelo papel de Deadpool vem à CCXP divulgar dois novos filmes, Free Guy e Esquadrão 6;
  • Frank Miller: quadrinista americano responsável por Batman – O Cavaleiro das Trevas, 300 e Sin City;
  • David Yost: o Ranger Azul da série clássica dos Power Rangers;
  • Lesley-Ann Brandt: a Mazikeen da série Lúcifer;
  • Iain Glen: o Jorah Mormont de Game of Thrones;
  • Lana Parrilla: a Rainha Má de Once Upon a Time.
Leia mais:  Teste mostra que é fácil roubar dados via Google Home e Alexa; assista

Dúvidas

Retirada das credenciais

Se você optou por retirar no evento, seu pedido estará disponível das 9h às 20h na CCXP . Não esqueça o número do seu pedido e o documento oficial com foto do comprador. No caso de transferência de credenciais, elas devem ser retiradas obrigatoriamente no festival por uma taxa de R$ 25 por identificação.

Leia também: Games e educação: como o Minecraft ensinou crianças sobre tragédias ambientais

O evento ocorre nos dias da semana do 12h às 21h. No final de semana, no sábado (7), ele ocorre das 11h às 21h e no domingo (8), das 11h às 20h.

Acessos do ingresso

Todos os tickets dão direito ao acesso da área do evento no dia específico definido e dentro do horário de funcionamento. Com ele, também é possível participar das exibições de filmes, painéis e outras atrações. No entanto, fique atento à limitação de espaço ou vagas estabelecidas para cada evento.

No caso do Auditório Cinemark, um dos espaços mais concorridos pelos fãs pela exibição dos principais painéis e pré-estreias da CCXP , a sugestão é se programar e chegar cedo para garantir seu lugar na fila. Ela costuma ser montada pela madrugada e o local raramente está vazio após cada atividade. Ainda, apenas fãs com a credencial Full Experiencie possuem cadeiras reservadas e podem acessar o local a qualquer momento sem enfrentar filas.

Leia mais:  Não é só em Harry Potter: capa de invisibilidade já é real; veja o vídeo

Leia também: Jovens chineses só poderão jogar games online por 90 minutos diários

Pode entrar comendo?

Sim, pode. Entretanto, é necessária a embalagem original lacrada ou, caso não seja industrializado, que esteja guardado em uma recipiente de plástico fechado. Não é permitida a entrada de garrafas de vidro, latas e bebidas alcoólicas.

Como chegar

O endereço fica na Rodovia dos Imigrantes, km 15, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center. Para chegar lá, é possível pegar uma van gratuita oferecida pela organização do evento, que sai da Estação Jabaquara (linha 1 – azul) e durante o dia trafega entre o metrô e a feira. Prefere não pegar filas? É possível ir andando da mesma estação até a feira (1 km) por um trajeto de 15 minutos. Se você for de carro, o estacionamento conta com 6,500 vagas e o valor é de R$ 50 por 12 horas.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas