conecte-se conosco


Política Nacional

Carlos Bolsonaro pretendia cria uma Abin paralela, acusa Joice Hasselmann

Publicado

source
Carlos Bolsonaro arrow-options
Reprodução/Youtube

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) tem respondido de forma arisca aos jornais que produzem conteúdos sobre sua família ou escândalos envolvendo o PSL.


O vereador no Rio de Janeiro e filho de Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro, pretendia criara uma espécie de “Abin paralela”. É o que informou a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) em depoimento na CPI das Fake News na tarde desta quarta-feira (4). De acordo com a parlamentar, a intenção era investigar e perseguir opositores do presidente na internet.

Leia também: “Eduardo Bolsonaro é um dos líderes dos ataques virtuais”, diz Joice

Segundo Joice, a intenção de Carlos Bolsonaro não era agir apenas na internet, mas ainda “grampear telefones” de pessoas que pudessem ameaçar a Presidência da República. A informação teria sido passada a ela pelo ex-secretário-geral de Governo, Gustavo Bebianno, primeiro ministro demitido por Bolsonaro após discutir com Carlos.

Convidada a depor na CPI nesta quarta-feira, Joice não poupou acusações aos filhos de Bolsonaro. Ela também afirmou que Eduardo Bolsonaro comandou um esquema de disparos de mensagens na internet em apoio ao presidente e que difamavam opositores.

Leia mais:  Queiroz se muda para São Paulo para facilitar tratamento de câncer, diz revista


Fonte: IG Política
Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

Carlos Bolsonaro diz que já jogou bomba caseira em cachorro

Publicado

por

source
Carlos falando ao microfone arrow-options
Caio César/CMRJ

Carlos admitiu que jogou bomba em cachorro porque ele “não para de latir”

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) disse em conversa com colegas parlamentares na Câmara Municipal do Rio de Janeiro nesta quarta-feira (4) que já jogou uma bomba caseira em um cachorro. A informação é do colunista Ancelmo Gois, que ainda diz que o artefato é conhecido como o nome de “Malvina”.

De acordo com o colunista, o animal era de um vizinho do vereador e ele disse que fez isso porque o cachorro “não parava de latir”. Na conversa, Carlos não revelou se o artefato atingiu o animal e se ele ficou ferido.

Leia também: Carlos Bolsonaro pretendia cria uma Abin paralela, acusa Joice Hasselmann

O ato cometido pelo vereador configura crime de maus tratos e cabe punição de detenção e pagamento de multa.

Fonte: IG Política
Comentários Facebook
Leia mais:  Deltan Dallagnol é recebido com protestos antes de palestra em São Paulo
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas