Connect with us

Agro Veracidade

Aprosoja começa coletas para pesquisa da qualidade de sementes de soja em MT

Publicado em

Defesa Agrícola

Aprosoja começa coletas para pesquisa da qualidade de sementes de soja em MT

Projeto Semente Forte visa avaliar, em laboratório, se as sementes apresentarão problemas durante a safra 2018/2019


Lucas Ninno/Ascom Aprosoja

10/09/2018

Os classificadores de grãos contratados pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) já estão em campo para coletar sementes de soja para a safra 2018/2019. A iniciativa faz parte do projeto da associação chamado Semente Forte. 
 
No total, são seis profissionais homologados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que fazem a coleta em todas as regiões produtoras do Estado. Para ter validade e respaldo jurídico, caso necessário, as sementes devem ser recolhidas pelos profissionais no máximo em 10 dias, contados da chegada na fazenda, e seguir os parâmetros estabelecidos na legislação para acondicionamento de sementes, na fazenda.
 
Após a coleta, que deve seguir o padrão do Mapa, o material é remetido para o laboratório. A Aprosoja espera obter 500 amostras de sementes. 
 
O objetivo do projeto é verificar, por meio de análise laboratorial, não apenas a qualidade intrínseca da semente, mas principalmente como as mesmas têm chegado até às propriedades rurais. “Nossa meta é entender se existem perdas durante o transporte da sementeira até o armazém do produtor ou em qual momento estas sementes podem estar perdendo qualidade”, explica o gerente de Defesa Agrícola da Aprosoja, Daniel Pasculli. 
 
Com a pesquisa finalizada e de posse dos resultados, a ideia é elaborar material de orientação aos produtores rurais. “Outro objetivo é: orientar sobre armazenamento de semente na fazenda e como fazer para que sejam minimizadas as perdas, que refletem em produtividade e em economia”, completa Pasculli. 
 
Mais informações – Os produtores rurais que tenha interesse em ter as sementes avaliadas devem entrar em contato com o setor de Defesa Agrícola da Aprosoja, por meio do telefone 65 3642-4215 ou e-mail [email protected]
 
 

Fonte: Ascom Aprosoja


Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215

Email: [email protected]

Comentários Facebook
Advertisement

Agro Veracidade

CITROS/CEPEA: Com demanda maior que oferta, preço da laranja se sustenta

Published

on

Cepea, 12/08/2022 – Ainda que chuvas e menores temperaturas tenham atingido o estado de São Paulo, a demanda por laranjas segue superior à oferta nesta semana, o que tem sustentado as cotações da fruta ao produtor. Na parcial da semana (de segunda a quinta-feira), a laranja pera tem média de R$ 36,91/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 3,2% em comparação com a semana passada. A rubi, por sua vez, está sendo comercializada à média de R$ 30,66/cx, valorização de 1,8% na mesma comparação. LIMA ÁCIDA TAHITI – A oferta da fruta diminuiu significativamente neste mês no estado de São Paulo, impulsionando as cotações. Na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a média de negociação da tahiti é de R$ 41,48/cx, aumento de 30,7% frente ao período anterior. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Continue Reading

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas