conecte-se conosco


Tecnologia

Após reclamações, Xiaomi atualiza novamente a privacidade do seu navegador

Publicado


source

Olhar Digital

Xiaomi
Divulgação/Xiaomi

Xiaomi Mi 10


A Xiaomi está atualizando seus navegadores para smartphones Android (Mi Browser e Mint Browser) para evitar confusão quanto a um ajuste relacionado à coleta de dados enquanto o modo de navegação anônima (chamado Incognito) está ativado.

Tudo começou no início do mês, quando o pesquisador de segurança Gabi Cirlig descobriu que os navegadores estavam coletando informações, como lista de sites visitados e mecanismos e termos de busca usados, mesmo quando o usuário ativava a navegação anônima.

Os dados estavam sendo enviados a domínios registrados na China e hospedados em servidores em Singapura e na Rússia. Segundo a Xiaomi , os dados são criptografados e transmitidos de forma a não identificar o usuário de onde se originaram, e usados para “melhorar a experiência de navegação”.

Leia também: Xiaomi descobre fábrica que falsificava seus fones de ouvido

Com a repercussão negativa da descoberta, há alguns dias a Xiaomi lançou uma atualização para seus navegadores que permite ao usuário escolher se quer ou não permitir a coleta de dados durante a navegação anônima.

Mas a emenda foi pior que o soneto, e a terminologia usada pela empresa ao descrever o “Modo Incognito Aprimorado” causou confusão entre os usuários, já que a chave para ativar o modo funcionava de forma oposta ao descrito na tela.

Quando desativada, ela diz (em inglês): “Modo Incognito Aprimorado / Estatísticas agregadas de dados não serão enviadas quando o modo Incognito estiver ativado”. Dando a entender que ativar o modo aprimorado fará com que dados não sejam enviados. Mas o que acontece é o contrário.

Após reclamações, a Xiaomi decidiu mudar o nome e descrição da opção, para que seu funcionamento fique mais claro. Agora o texto diz: “Nos ajude a melhorar o Mi Browser / Ative para compartilhar conosco estatísticas de uso quando o modo Incognito estiver ativado”.

A mudança já foi implementada nas versões 12.2.4 do Mi Browser e 3.4.6 do Mint Browser . Segundo a Xiaomi, as atualizações dos navegadores já foram enviadas para aprovação no Google Play , e devem estar disponíveis aos usuários em breve.

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Micro videogame: Sega lança console retrô que cabe na palma da mão

Publicado


source

Olhar Digital

Sega console videogame
Reprodução/YouTube/Sega

Micro console tem 8 centímetros


Lançado em 2016 o NES Classic Edition, da Nintendo , inaugurou uma onda de “consoles retrô” miniaturizados, celebrando os grandes jogos de gerações passadas. Desde então tivemos versões pequeninas do Super NES, PlayStation, Mega Drive, TurboGrafx-16 e NeoGeo, só para citar alguns.

Mas parece que aos olhos da Sega estes consoles ainda são grandes demais. Para celebrar seus 60 anos a empresa decidiu testar os limites da miniaturização e anunciou nesta quarta-feira (03) o Game Gear Micro, uma versão bem pequena de seu primeiro portátil.


Lançado em 1990, o Game Gear era basicamente uma versão portátil do Master System, equipado com tela colorida e criado para concorrer com o Game Boy , da Nintendo. Entretanto era maior, mais caro e devorava baterias, o que prejudicou seu sucesso no mercado.

A Sega vendeu 10 milhões de unidades do console nos 10 anos em que foi produzido, em contraste aos mais de 118 milhões de unidades do Game Boy original vendidas pela Nintendo em 14 anos. Ainda assim, o Game Gear tem um grande catálogo de bons jogos e muitos fãs ansiosos por celebrar seu legado.

Leia também: Quanto vai custar o PlayStation 5? Segundo CEO da marca, console não será barato

O Game Gear Micro tem 8 cm de largura e 4,3 cm de altura (menor que consoles como o GameBoy Micro, da Nintendo, ou um iPod Nano de 4ª Geração), com uma tela colorida de apenas 1,15 polegadas. Ou seja, está mais para “chaveirinho high-tech” e um rápido passatempo do que para um console  no qual você vai investir horas de jogo.

Ainda assim é um console completamente funcional, alimentado por duas pilhas AAA ou uma porta USB. A Sega está apostando no colecionismo e lançando quatro modelos, nas cores preta, vermelha, amarela ou azul, cada um com quatro jogos diferentes na memória.

A versão preta tem Sonic the Hedgehog, Puyo Puyo 2, Outrun e Royal Stone. A azul tem Sonic Chaos, Gunstar Heroes, Sylvan Tale e Baku Baku Animal. A vermelha tem Revelations: The Demon Slayer, Megami Tensei Gaiden: Last Bible Special, Columns e The GG Shinobi.

Leia também: Vai ter Xbox Series X: Microsoft promete console este ano mesmo com coronavírus

Por fim, a versão amarela é para os fãs da série de RPGs Shining Force e tem Shining Force Gaiden: Ensei – Jashin no Kuni he, Shining Force: The Sword of Hajya, Shining Force Gaiden: Final Conflict e o puzzle Nazo Puyo: Arle no Roux.

Quem comprar um pacote com todos os quatro modelos levará um brinde especial: uma versão em miniatura da Big Window , uma lente que era acoplada ao console para ampliar o tamanho da tela.

O Game Gear Micro já está em pré-venda no Japão por US$ 50 cada (cerca de R$ 250), com entrega prevista para o dia 6 de Outubro. Ainda não há informações sobre o lançamento no exterior.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas