conecte-se conosco


Policial

Após denúncia jovem atuante no tráfico de drogas é preso pela Polícia Civil

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um jovem envolvido com a venda de entorpecentes no município de Guiratinga (328 km ao sul de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil na sexta-feira (17.09), em posse de grande quantidade de substâncias ilícitas.

O suspeito de 20 anos foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Na ação foram apreendidos 21 pedaços grandes de maconha, 10 pedaços grandes de pasta base de cocaína, 26 porções de cocaína, 6 porções de pasta base,13 munições de calibre 38, aparelhos celulares, balança de precisão, além de R$ 170 em dinheiro.

As investigações iniciaram após denúncia sobre uma residência no bairro Tancredo Neves, onde o morador já preso em outras oportunidades por tráfico, continuava atuando no comércio de drogas. 

De posse das informações, os policiais civis passaram a monitorar o endereço, sendo um pouco tempo de vigilância notado a presença intensa de usuários no local. 

Diante da situação foi realizada a abordagem do suspeito na área externa do imóvel. Ao ser questionado se havia drogas na casa, o investigado confirmou entregando espontaneamente todo material ilícito, entre maconha, cocaína e pasta base em diversos tamanhos.

Em seguida o suspeito foi conduzido até a Delegacia de Guiratinga, interrogado e autuado por tráfico de drogas. Após a confecção dos autos, o preso foi colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Cinco postos de combustíveis da Capital passam por fiscalização após denúncias de consumidores

Publicado


Camila Molina/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), e o Instituto de Pesos e Medidas do Estado de Mato Grosso (Ipem-MT), fiscalizaram cinco postos de combustível de Cuiabá, em ação realizada nesta terça-feira (26.10).

A ação conjunta teve como alvo postos que foram denunciados por consumidores que suspeitaram da quantidade do combustível que abasteceram em seus veículos, e coincide com a entrada em vigor do aumento nos preços da gasolina e do óleo diesel anunciado pela Petrobras.

Durante a operação, foi analisada a vazão em dezenas de bicos e de bombas de combustível. Somente uma bomba de um posto, localizado no Bairro Parque Cuiabá, na Capital, foi reprovada por entregar 80ml a menos de combustível a cada 20 litros abastecidos pelo consumidor.

A bomba reprovada foi lacrada e o posto foi autuado pelo Ipem. A Polícia Civil vai investigar os fatos para verificar se houve adulteração dolosa da vazão, ou erro causado por problemas mecânicos ou pelas intemperes do clima.

O delegado da Decon, Rogério Ferreira, destacou que durante a ação também foi verificado se os postos fiscalizados estavam se aproveitando dos sucessivos aumentos nos preços dos combustíveis nas distribuidoras para praticar aumentos abusivos contra os consumidores.

Se for comprovada a adulteração dolosa da vazão do bico reprovado, ou a prática de aumento abusivo de preços, os responsáveis legais pelos postos irão responder por crime contra a economia popular com até dois anos de prisão, e se for verificado a comercialização de combustível adulterado, os suspeitos responderão por crime contra as relações de consumo com pena que pode chegar aos 5 anos de prisão e multa.

Todas as denúncias encaminhadas à Polícia Civil, ao Ipem, Procon Estadual e Municipal e à Agência Nacional do Petróleo – ANP são investigadas, e os postos continuarão sendo fiscalizados constantemente em Cuiabá e em toda a região metropolitana da Capital.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas