conecte-se conosco


Esportes

América domina o Santos e vence fora de casa

Publicado


Na tarde deste sábado, o América conquistou mais uma bela vitória fora de casa. Diante do Santos-SP, o Coelhão foi superior durante os 90 minutos de jogo e venceu a equipe paulista por 2 a 0, com gols de Ademir e Alê. Com o resultado, o América dá um salto na tabela, passando a ser 9°, com 35 pontos.

O próximo desafio do time no Brasileirão será no sábado, às 22h, diante do Fortaleza-CE. A partida será disputada na Arena Independência.

O Jogo

O Coelhão criou a primeira chance de gol logo nos primeiros minutos de jogo, após falha do goleiro adversário João Paulo. Nos minutos seguintes, o Santos tentava trocar passes porém a linha defensiva da equipe americana estava sempre atenta. Nos acréscimos, quando tudo parecia apontar para um empate sem gols, Cavichiolli fez lançamento de seu gol para Ademir, e Jean Mota fez penalidade, sendo expulso. Na cobrança, o próprio camisa 10 converteu para abrir o placar.

O Coelhão voltou com tudo para a segunda etapa! E no primeiro minuto de jogo, após bom cruzamento de Juninho, o goleiro adversário saiu mal e a bola sobrou no pé de Alê, que só teve o trabalho de empurrar para as redes para marcar. Mesmo com a vantagem bem encaminhada no placar, o América não deixou de pressionar. O Santos investia nos chutes de fora da área mas a noite era do goleirão Matheus Cavichioli, responsável por belas defesas durante os 90 minutos de partida.

FICHA DO JOGO

Santos-SP 0×2 América

Motivo: Campeonato Brasileiro – Rodada 28
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Auxiliares: Eduardo Goncalves da Cruz e Márcia Bezerra Lopes Caetano
Árbitro de vídeo: Rodrigo Carvalhaes de Miranda

Gols: Ademir e Alê (América)
Cartões amarelos: Marlon e Juninho (América)

Cartão vermelho: Jean Mota (Santos)

Santos-SP

João Paulo; Pará (Madson), Emiliano Velázquez, Danilo Boza e Felipe Jonatan; Camacho (Jean Mota), Sánchez (Marcos Guilherme) e Vinicius Zanocelo (Moraes); Marinho (Ângelo), Diego Tardelli e Lucas Braga.

Técnico: Fábio Carrile

América
Matheus Cavichioli; Patric, Eduardo Bauermann, Lucas Kal (Zé Ricardo), Ricardo Silva e Marlon (João Paulo); Juninho (Juninho Valoura) e Alê; Ademir, Felipe Azevedo (Zárate) e Rodolfo (Geovane).

Técnico: Marquinhos Santos

fonte: https://www.americamineiro.com.br/2021/10/23/america-domina-o-santos-e-vence-fora-de-casa/

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Atlético-GO marca no fim e vence o Bahia em confronto direto da parte baixa da tabela

Publicado


Em jogo válido pela 35ª rodada, Dragão faz 2 a 1 no Tricolor, com o gol da vitória marcado por Janderson aos 48 da segunda etapa, e volta a vencer na Série A após sete jogos

foto: flickr atetico

O fim do jejum do Atlético-GO no Brasileirão Assaí foi com muita emoção. O Dragão bateu o Bahia por 2 a 1, nesta segunda-feira (29), jogando no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Marlon Freitas e Janderson – esse nos acréscimos – marcaram os gols do Rubro-Negro, enquanto Rodallega assinalou para o Tricolor em jogo válido pela 35ª rodada.

A vitória no confronto direto faz com que o Atlético-GO chegue aos 44 pontos e assuma a 13ª colocação. Já o Bahia fica em 16º, somando 40 pontos.

+Confira a tabela do Brasileirão Assaí!

O jogo

O primeiro tempo em Goiânia foi de muita intensidade física, com as duas equipes lutando pelos espaços, mas sem muitas oportunidades de gol. Os dois times dividiram a posse de bola e o número de finalizações.

A melhor chance do Dragão foi aos 15 minutos, quando João Paulo serviu André Luís pelo lado direito, o meia finalizou duas vezes e o goleiro Danilo Fernandes apareceu para fazer uma grande defesa e evitar o gol. Já o Tricolor teve seu melhor lance no primeiro tempo com Gilberto: aos 32, o centroavante foi lançado em profundidade, chutou forte, mas a bola foi por cima.

O ritmo no segundo tempo se manteve, porém, com melhor aproveitamento nas finalizações. Logo nos primeiros segundos, Ronald acertou a rede do Bahia pelo lado de fora. E quando o relógio marcava 13 minutos, Marlon Freitas, de pênalti, abriu o placar para o time rubro-negro.

O Tricolor, em desvantagem, aumentou seu volume ofensivo e aos 25, após um cruzamento desviado na defesa, Rossi lutou pela posse na área e a bola sobrou limpa para Rodallega, que chutou firme e deixou o placar empatado.

As duas equipes seguiram atacando e criando oportunidades de gol. Até que aos 48, em transição rápida, Lucão ajeitou para Janderson pelo lado direito, o atacante avançou e soltou um foguete para estufar as redes do Bahia e definir o placar. No fim, o Tricolor ainda perdeu Juninho Capixaba, expulso.

Fonte: https://www.cbf.com.br/futebol-brasileiro/competicoes/campeonato-brasileiro-serie-a-jogos/2021-42-1-350

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas