conecte-se conosco


Política Nacional

Alexandre Frota leva bolo ao Congresso para comemorar 1 ano do caso Queiroz

Publicado

source
Frota com bolo arrow-options
Reprodução

Alexandre Frota leva bolo ao Congresso para comemorar um ano do Caso Queiroz


O deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) aproveitou um momento de descontração durante depoimento de Joice Hasselmann (PSL-SP)na CPI das Fake News para lembrar que o caso Queiroz comemorou um ano nesta quarta-feira. O parlamentar levou um bolo e até acendeu vela, não sem antes lembrar o motivo.

O ato foi registrado pelo senador e líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), que estava ao lado do deputado.


Eleito pelo PSL, como apoiador de Jair Bolsonaro, Alexandre Frota rachou com o governo e foi expulso do partido, migrando depois para o PSDB. Desde então, o parlamentar virou um dos principais opositores da família Bolsonaro e um dos que cobram para que o ex-assessor de Flávio Bolsonaro na Alerj, Fabrício Queiroz, preste depoimento sobre transações bancárias suspeitas no período em que atuava na Assembleia.

Leia mais:  Sérgio Moro anuncia subprocuradora do MPF para Secretaria Nacional de Justiça

Leia também: Com 77% dos votos, Frota ganha prêmio de ‘maior arrependido com Bolsonaro’

A denúncia sobre as movimentações bancárias suspeitas de Fabrício Queiroz foram apresentadas pelo Coaf e, na época, divulgadas pelo jornal Folha de S. Paulo.

Fonte: IG Política
Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

“Ele dá grande liberdade aos jornalistas”, diz Moro em defesa de Bolsonaro

Publicado

por

source
sergio moro arrow-options
Agência O Globo / Zimel

O Ministro da Justiça e Segurança Publica, Sergio Moro, participa do programa Roda Viva da TV Cultura em São Paulo (SP), nesta segunda-feira (20)

O ministro da Justiça, Sergio Moro,  saiu em defesa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na noite desta segunda-feira (20) durante a entrevista no Roda Viva, da TV Cultura. O presidente chegou a mandar jornalistas calarem a boca durante alguns episódios, além de ter questionado a sexualidade de profissionais da imprensa durante o exercício da profissão. 

Leia mais: “Um monte de bobajarada”, diz Sérgio Moro sobre a Vaza Jato

“Nas eleições, um grupo disse que iria controlar a imprensa e o judiciário. Por outro lado, o presidente está dando grande liberdade para a imprensa. Não vim aqui para falar do presidente. Ele tem sido criticado e às vezes reage”.

Para evitar mais comentários sobre Bolsonaro , o ministro focou na sua atuação. “Eu tô dento do Ministério. Falo com meus subordinados”.

Na versão de Moro , durante as eleições um grupo queria regular a imprensa e do outro lado, havia o presidente dando ampla liberdade para a imprensa realizar o trabalho. “Não se vê qualquer iniciativa do presidente para cercear a imprensa”, reforçou.

Leia mais:  Sérgio Moro anuncia subprocuradora do MPF para Secretaria Nacional de Justiça


Fonte: IG Política
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas