conecte-se conosco


Na Capital

Ação em comemoração ao Dia da Árvore é realizado nesta terça-feira (21)

Publicado


Da assessoria

A distribuição de mudas de plantas será feita na Praça Ipiranga
Movimento de Arborização Comunitária já viabilizou mais de 40 mil mudas plantadas
Com o objetivo de propagar a ideia da preservação ambiental, nesta terça-feira, dia 21 de setembro, data em que é comemorada o Dia da Árvore, será realizado um evento de conscientização e distribuição de mudas de plantas na Praça Ipiranga, através do Projeto PlantAR – Movimento de Arborização Comunitária, idealizado pelo vereador professor Mário Nadaf.
Entendendo a importância das áreas verdes e melhoria das condições de vida da população cuiabana, desde 2013, com muito sucesso, o Movimento de Arborização Comunitária consiste em levar o plantio de mudas de árvores frutíferas, não frutíferas e ornamentais, do nosso cerrado a todas as comunidades do nosso município, tanto em praças públicas como em escolas e demais logradouros, o que já propiciou mais de 40.000 mudas plantadas, com o apoio do poder público, da iniciativa privada e da população local, com a participação maciça dos moradores e, sobretudo, das crianças e adolescentes do nosso município.
“Nossa finalidade é sensibilizar a população sobre o benefício da árvore nos nossos dias, por meio do envolvimento e mobilização da comunidade, no processo de implantação e implementação de áreas verdes, contribuindo para a melhoria de qualidade de vida das populações. Conto com apoio de toda população nesta terça-feira, em prol da nossa querida cidade.”, explanou o parlamentar Mário Nadaf.
Com práticas como esta, o intuito é continuar beneficiando a biodiversidade, de um ar cada vez menos poluído, das flores e frutos, da amenização da temperatura, das sombras que as árvores nos proporcionam, além de sua beleza paisagística.
DISTRIBUIÇÃO DE MUDAS DE PLANTAS&nbsp
Data: 21/09/2021
Horário: 07h30
Local: Praça Ipiranga, Centro

Paula Andrade/Assessoria Vereador Professor Mário Nadaf

Comentários Facebook
publicidade

Na Capital

Auxiliar administrativo relembra 32 anos de atuação dedicados ao serviço público

Publicado


Jose Ferreira

Clique para ampliar

A carreira pública de Valdirson Gonçalo Ribeiro Pires, 61 anos, teve início em 1989 como auxiliar administrativo no Progresso e Desenvolvimento da Capital, o extinto Prodecap, da Prefeitura de Cuiabá. Lá, atuou por cerca de seis anos e, logo após a extinção do órgão, passou a desempenhar atividades perante a então Secretaria de Agricultura. Logo depois, atuou em outras quatro pastas do Executivo, auxiliando à população.

“Estou aqui para servir e não para me servirem. Minha função é recepcionar e informar todos que procuram o município e tirar dúvidas. Lá fora há pessoas que pagam seus compromissos municipais e são elas a quem devemos enaltecer e engrandecer, pois são as verdadeiras sustentadoras da nossa vida”, afirmou, em tom de humildade, “Seo Pires”, como também é conhecido na Prefeitura de Cuiabá. 

 “Eu amo trabalhar no município, conversando e ajudando as pessoas. Se pegarem o meu histórico funcional nunca cheguei atrasado e faltei pouquíssimas vezes. E foi aqui que fiz amigos verdadeiros que serão levados para sempre comigo”, afirma.

Em 2003 fez o concurso do município para auxiliar de serviços gerais e passou, se tornando assim efetivo. Nesta época, ele conta que foi designado para ficar na recepção do Alencastro. Lá, fez amizade com os munícipes e funcionários. Depois de anos dedicados à recepcionar e informar quem necessitava de ajuda,  foi para a Secretaria de Gestão.

Orgulhoso, conta que por ser um dos primeiros a chegar recebeu as chaves do gabinete para que sempre pudesse manter a organização do espaço.

“É uma vida dedicada ao serviço público. Durante a minha carreira desempenhei diversas funções e sou muito grato a Deus por ter me dado esta oportunidade. Fiz da prefeitura minha segunda casa”, ressaltou o servidor.

Uma de suas recordações ao longo de anos de atuação, versa sobre quando  barrou o prefeito Emanuel Pinheiro na porta do gabinete da secretária de gestão. Ele recorda que naquele dia o gabinete estava cheio de pessoas que iriam despachar com a então titulr da pasta. “O prefeito chegou entrando, neste momento, pedi para Emanuel aguardar pois iria anunciar a chegada, já que existiam outras pessoas esperando. A atitude do prefeito foi a melhor, deu aquela risada e disse que eu estava correto, mas levei um puxão de orelha depois da gestora. Pouco depois gargalhamos com tudo isso”, pontua.

São quase 32 anos de casa e muitas histórias. Agora, aos 61 anos de idade Pires, já entrou com pedido de aposentadoria e está em abono permanência. 

“Não quero parar de trabalhar, quando me aposentar ou eu volto com um cargo de comissão ou vou desenvolver minha segunda paixão, que é a culinária. Meu mais conhecido prato é o peixe recheado que faço. Nada de ficar em casa, acredito que vou trabalhar até quando minha saúde me permitir”, reforça. Como cuiabano nato, nascido e criado no bairro ‘Cai-Cai’, o servidor mostra orgulhoso de sua contribuição ao desenvolvimento da cidade.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas