conecte-se conosco


Policial

Ação da Polícia Civil em parceria com PRF resulta na apreensão de 186 quilos de pasta base

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio de investigação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) e a Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso apreenderam um carregamento de 180 tabletes de pasta base de cocaína e prenderam uma pessoa em flagrante no município de Ipiranga do Norte.

O carregamento, que totalizou 186,36 quilos do entorpecente, foi apreendido na manhã desta quinta-feira (30) após os policiais abordarem um veículo Ford F350 que seguia de Ipiranga do Norte para Sorriso.

No momento da abordagem, o veículo trafegava sem a placa dianteira e o condutor, de 31 anos, informou que havia saído de Juara e seguiria para a cidade de Itaberaí, no interior de Goiás. Contudo, o homem estava bastante nervoso ao ser abordado e os policiais iniciaram os procedimentos de busca no veículo e identificaram um fundo falso preparado sob a carroceria do compartimento de carga, onde estavam os tabletes da droga.

Após receber voz de prisão, o suspeito relatou aos policiais que fez o transporte de drogas em duas ocasiões anteriores e que em cada uma das viagens recebeu o valor de R$ 15 mil.

 

O delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, explica que a apreensão é fruto de uma  investigação que já vinha em andamento na unidade policial e contou com a parceria da PRF para que fosse possível abordar e prender o condutor do veículo e a droga. “Essa parceria que estamos firmando com a PRF para que possamos reforçar a atuação em prol da segurança pública de nosso estado e no combate ao tráfico de entorpecentes”.

Após a abordagem, o veículo com a droga e o traficante preso foram encaminhados em escolta até a sede da DRE em Cuiabá.

 

 

O diretor de Atividades Especiais da Polícia Civil, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, destaca a interação da DRE com as instituições, que tem resultado em apreensões constantes e trabalho investigativo de repressão ao crime de tráfico de entorpecentes. “A repressão qualificada ao tráfico de drogas no estado é constante, inclusive no tráfico doméstico, e a integração com as forças de segurança vem dando a resposta esperada pela sociedade”, destaca o diretor.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil em Barra do Bugres cria espaço para atendimento a vítimas de violência

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

 

A Delegacia da Polícia Civil em Barra do Bugres (168 km a médio-norte de Cuiabá) inaugurou nesta semana, em Homenagem aos 14 anos da Lei Maria da Penha uma sala exclusiva para atendimento à mulher.

A criação do novo espaço foi possível por meio de parcerias da unidade policial e o município, com o objetivo de atender de forma adequada mulheres vítimas de violência doméstica.

Ao chegar à delegacia, a vítima já recebe pronto atendimento no espaço reservado e privativo, para o registro de ocorrências, realização de oitivas, bem como o pedido de medidas protetivas e demais ações que fazem parte da Lei Maria da Penha.

O delegado de Barra do Bugres, Renato Resende, pontua que a mulher que passa por um momento de fragilidade não pode estar exposta ao movimento diário da delegacia. “A estratégia da sala é uma busca da Polícia Civil no enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher. Acrescenta-se que a sala se destina, também, ao atendimento de crianças e adolescentes, vítimas de abuso sexual. Por isso, essa sala reservada incentiva as vítimas a procurarem ajuda”.

A delegacia conta com profissionais qualificados e treinados para lidar com os casos envolvendo violência doméstica. O espaço é equipado com ar-condicionado, computador para oferecer mais conforto às vítimas. “Com essa estrutura prestamos o serviço de forma mais humanizada, sobretudo em um momento grave decorrente da pandemia, que estamos passando”, acrescentou o delegado. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Nacional

Entretenimento

Tecnologia

Mais Lidas